Seguir o O MINHO

Canoagem

Pimenta defende o ouro em K1 5000, em dia com seis finais lusas nos Mundiais de canoagem

Emanuel Silva, João Ribeiro, Hélder Silva e Rui Lacerda também sonham fazer algo especial em Montemor.

em

Foto: Facebook de Fernando Pimenta

O canoísta Fernando Pimenta defende hoje o título mundial de K1 5000, no encerramento da competição em Montemor-o-Velho, dia em que Portugal disputa seis finais.

O atleta de Ponte de Lima, de 29 anos, participa na derradeira prova do evento, procurando juntar o ouro ao inédito título mundial conquistado sábado, em K1 1000, neste caso distância olímpica.

O tricampeão da Europa compete às 16:50, depois de Márcia Aldeias (K1), Rui Lacerda, do Clube Náutico de Ponte de Lima (C1) e Ana Rodrigues (C1), tudo em finais diretas, sem necessidade de eliminatórias ou semifinais.

João Ribeiro, de Esposende, e Emanuel Silva, de Braga, são fundamentais para as aspirações do K4 nacional. Foto: Facebook de FP Canoagem

Antes, o K4 500 de Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Batista e David Varela vai tentar manter o prometedor desempenho de sábado, com duas regatas de elevado nível.

Ainda é muito cedo para atingir o nível que levou o K4 1000 português ao título europeu em 2011 e à prata mundial em 2013, porém o treinador Rui Fernandes parece ter matéria prima capaz para uma embarcação a lutar pelo apuramento olímpico, que decorrerá em 2019, na Hungria.

O olímpico Hélder Silva, do Clube Náutico de Prado, será o primeiro a disputar final, às 12:32, em C1 200, a sua distância favorita [NDR Terminou em sexto].

EM FOCO

Populares