Seguir o O MINHO

Região

Nova ‘esperança olímpica’ da natação do SC Braga bate recorde nacional absoluto

Caloiro de Engenharia e Gestão Industrial, no pólo da UMinho

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

Esperança olímpica da natação portuguesa. Chama-se José Paulo Lopes, é do SC Braga e está inserido no projeto de futuro da modalidade. O primeiro objectivo, “difícil”, é conseguir os mínimos para Tóquio ou então atingir a meta, quatro anos depois, em Paris. Especialista em 400 metros estilos, está neste momento nas Universíadas a representar Portugal.

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

Este fim de semana, José Lopes bateu o recorde nacional absoluto nos 800 metros livres com 08:03.80, apurando-se para a final da 30.ª edição das Universíadas, que decorrem em Nápoles, Itália.

O atleta acabou a meia-final com um tempo de 8.03,80 minutos, quase dois segundos melhor do que Fernando Costa, que tinha fixado a anterior marca em 2007, e segue para a final, agendada para segunda-feira.

https://twitter.com/SCBragaOficial/status/1147874682521235458

Quatro segundos são o que separa José Lopes do sonho olímpico. Na piscina desde que se lembra, “a minha mãe sempre gostou da natação” e irmão mais novo de outro nadador, João Lopes, o atleta do SC Braga treina 11 vezes por semana na água e mais duas no ginásio.

Caloiro de Engenharia e Gestão Industrial, no pólo da UMinho, em Guimarães, estuda em regime parcial para “poder dedicar mais tempo à natação”. Chega à piscina da Rodovia às 07:00 e sai às 09:00 e regressa às 18:00 até às 21:00. Tem ainda treinos na Póvoa de Varzim, “o que altera os horários”.

Treinar mais

Consciente do trabalho que tem pela frente, José Paulo não perde o foco: “quatro segundos podem parecer muito mas requer muito trabalho. Se calhar, tenho que treinar melhor e mais específico”. Pupilo de Luís Cameira, o treinador dos mais recentes campeões do clube, o nadador reconhece que “o treinador é uma referência e é por ele que ando aqui”.

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

A verdade é que José Paulo vai perceber o caminho até maio do próximo ano, data limite para obter mínimos para Tóquio, para decidir o futuro: “vou pensar no que vou fazer. Paris pode ser um objectivo até porque terei 22/23 anos e margem de progressão”.

Universíadas

Atualmente a representar Portugal nas Universíadas que se realizam em Nápoles, o estudante universitário não esconde o “nervosismo normal” destas provas. “Espero fazer bons resultados. É a primeira vez que vou competir a este nível, com atletas mais velhos e na primeira prova posso sentir algum nervosismo, o que é normal”.

Para já, continua inserido no projeto “Esperança Olímpica” e com quatro segundo como principal ‘inimigo a abater”.

Anúncio

Braga

IPMA coloca Braga em aviso laranja: Rua propícia a inundações interdita

IPMA

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A rua Maria Amélia Bastos Leite, em Ferreiros, cidade de Braga, foi interdita ao trânsito esta noite, pelas forças de proteção civil e autoridades, devido ao agravamento das condições meteorológicas a partir das 03:00 desta sexta-feira, apurou O MINHO no local.

Os Bombeiros Sapadores de Braga colocaram baias e fitas de sinalização para impedir a circulação de carros na rua, face às constantes inundações que se registam quando chove de forma mais persistente.

Bombeiros rebocam 15 carros nas cheias em Braga

A PSP garantiu que ninguém da laboração noturna do complexo Max Grundig, iniciada às 23 horas, estacionasse na referida rua, de forma a evitar possível submersão parcial (ou até total) das viaturas.

Aviso laranja

Os distritos de Braga e Viana do Castelo encontram-se sob aviso laranja entre as 03:00 e as 09:00 desta sexta-feira, de acordo com o Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA), devido a períodos de chuva, por vezes forte e persistente. Também o distrito do Porto estará em grau laranja.

O aviso baixa à intensidade de amarelo, mantendo-se até às 12:00.

Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Roubam 16 mil euros de moradia e deixam proprietário em estado grave

Em Ribeirão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 65 anos, ficou com ferimentos graves na sequência de um violento assalto na moradia onde reside com a esposa, de 62, em Ribeirão, concelho de Famalicão, na terça-feira.

Os larápios entraram na moradia de forma violenta, dá conta o jornal Correio da Manhã, esta quinta-feira, relatando que os quatro assaltantes surpreenderam o casal no quarto, sequestraram a mulher na casa de banho e agrediram o companheiro, de forma a obter o código de um cofre.

Imagem via Correio da Manhã

A vítima acabou por revelar o código, não evitando ter sofrido ferimentos graves que o levaram a ser transportado diretamente para o Hospital de São João, no Porto.

Os ladrões, que ainda não foram alvo de detenção, terão levado 16 mil euros em dinheiro e várias peças em ouro. O mesmo jornal dá conta de que alguns documentos levados pelos assaltantes foram encontrados, na quarta-feira, em Lisboa.

A GNR de Famalicão registou a ocorrência que passou para investigação da Polícia Judiciária.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Grupo francês negocia novo hotel de 13 milhões no centro de Viana do Castelo

Hotelaria e turismo

em

Foto: DR / Arquivo

Um grupo francês está em “negociações” com a Câmara de Viana do Castelo para instalar, no centro da cidade, um hotel de três estrelas, anunciou o presidente da autarquia, citado pela Rádio Alto Minho. De acordo com José Maria Costa, o investimento será entre “12 a 13 milhões de euros” e a nova unidade terá 80 quartos.

O edil avançou com a informação no primeiro dia do 31.º Congresso Nacional de Hotelaria e Turismo, que decorre na capital do Alto Minho, depois de já ter assegurado que são necessários mais hotéis em Viana.

Explicou que foi necessário recorrer a um navio, com 60 quartos, para acomodar todos os visitantes deste evento nacional. José Maria Costa mostra-se preocupado porque estão previstos mais “nove congressos” na cidade, e não há alojamento.

O edil disse ainda que a autarquia está, atualmente, em negociações com outras três unidades hoteleiras, num total de 300 quartos, em investimento de 25 milhões de euros.

Continuar a ler

Populares