Seguir o O MINHO

Guimarães

Multidão em Guimarães gera polémica: “Queriam que fosse medir a febre a cada um?”

Polémica

em

Fonte. Instagram

O Pavilhão Multiusos de Guimarães recebeu ontem um espetáculo de comédia com os humoristas Hugo Sousa, Nilton e A Pipoca Mais Doce, com esta última a gerar polémica após partilhar uma fotografia do recinto.

Através da sua conta do Instagram, a influencer, que dá agora os primeiros passos na comédia, partilhou uma fotografia onde é possível ver a plateia do espetáculo, dando impressão de que se encontram aglomeradas e em número elevado.

As críticas não tardaram, com seguidores da humorista a criticarem este tipo de ação num concelho que está a ser dos mais fustigados pela pandemia a nível nacional, ao longo das últimas semanas.

Mas a Pipoca, de nome Ana Garcia Martins, não se ficou, e respondeu aos comentários críticos dos seguidores, chegando mesmo a questionar se estes queriam que ela fosse “medir a febre a cada um” dos estectadores para saber se estavam em condições de assistir ao espetáculo.

Fonte. Instagram

Fonte. Instagram

Esta foi a primeira grande sessão de comédia a decorrer no Minho desde que começou a pandemia de covid-19. Com produção da Meio Termo, Lda, as entradas custaram entre 16 a 18 euros e estavam proibidas a menores de 16 anos.

Depois de meio ano sem espectáculos, o Multiusos de Guimarães recebeu ontem o Stand-Up Sessions com os humoristas Nilton, Ana Garcia Martins e Hugo Sousa.

Em comunicado, os responsáveis pela gestão do espaço asseguram que o evento cumpriu “todas as orientações e medidas de segurança impostas pela DGS e pela Resolução do Conselho de Ministros n. 70-A/2020”.

“Num layout de sala com capacidade para 2466 lugares, só foram ocupados 964 lugares correspondendo a 40% da lotação”, referem.

(notícia atualizada às 14h40 com declarações da administração do Multiusos de Guimarães)

Populares