Seguir o O MINHO

Guimarães

Mulher encontrada cadáver e em estado de decomposição em Guimarães

Óbito

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

O cadáver de uma mulher de 81 anos foi encontrado em estado de decomposição dentro de uma habitação, esta tarde de domingo, na cidade de Guimarães.


Ao que apurou O MINHO, a mulher estaria há, pelo menos, mais de 24 horas em estado de óbito dentro da residência situada na Rua Alexandre Herculano, em Azurém.

Desconhece-se os motivos do óbito mas tudo indica que tenha sido acometida de uma doença súbita.

O alerta foi dado para a PSP de Guimarães que solicitou a presença dos bombeiros.

No local esteve a PSP e quatro elementos dos Bombeiros de Guimarães com duas viaturas.

O corpo da vítima foi transportado para o gabinete médico-legal do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Desconhece-se se a vítima morava sozinha.

Anúncio

Guimarães

Guimarães é o quinto concelho do país com maior número de novos casos

Covid-19

em

Foto: CM Guimarães / Arquivo

Guimarães é o quinto concelho do país – e o primeiro da região Norte – com mais novos casos confirmados de covid-19 na última semana. O presidente da Câmara, que apela ao uso da máscara na rua para conter a transmissão comunitária, lamenta falta de infirmação. Há mais de uma centena de alunos e dezenas de professores em isolamento. Instituições, como os Bombeiros Voluntários e o Vitória SC, também foram afetadas. E um surto em lar já provocou três mortes.

De acordo com o último boletim epidemiológico com os dados por concelho da Direção-Geral de Saúde (DGS), Guimarães somou na última semana 129 novos casos – total de 1.302 desde o início da pandemia.
Na região do Norte, é o concelho com maior número de novas infeções pelo novo coronavírus e, a nível nacional, só fica atrás de quatro concelhos mais populosos: Lisboa (467), Sintra (339), Loures (179) e Cascais (156).

Presidente da Câmara critica falta de informação por parte das autoridades de saúde

O presidente da Câmara, Domingos Bragança, alertou que no concelho a transmissão do vírus já era comunitária e fez um apelo forte ao uso da máscara na rua.

Covid-19: Guimarães continua a crescer acima dos 100 novos casos por semana

O autarca lamenta a falta de informação das autoridades de saúde, o que condiciona a ação da Câmara. “As Autoridades de Saúde têm de me dar a informação necessária para eu decidir, e o que não está a acontecer é essa informação chegar ao presidente da Câmara”, criticou na última Assembleia Municipal.

Domingos Bragança propôs a criação de uma equipa multidisciplinar no âmbito da Protecção Civil Municipal, à feição do foi feito na área metropolitana de Lisboa.

Guimarães quer uso obrigatório de máscara na via pública

Mais de cem alunos em quarentena

Classificada como uma das áreas mais “críticas”, Guimarães teve um conturbado início de ano letivo.

Registaram-se casos em quatro escolas que colocaram em quarentena mais de 100 alunos e dezenas de professores.

Esta semana, a EB 2,3 Egas Moniz dois alunos testaram positivo colocando duas turmas e cerca de 20 professores em quarentena. No mesmo agrupamento, já tinha havido outro caso de uma turma em isolamento.

Covid-19: Escola em Guimarães com 55 alunos e 20 professores em quarentena

Na Escola EB 2/3 de Caldas das Taipas outros casos colocou uma turma, do 9.º ano, em isolamento profilático.

Na Escola Secundária Martins Sarmento os 28 alunos e seis docentes de uma turma de 12.º ano estão ter aulas à distância após caso positivo.

E na EB 2,3 D. Afonso Henriques uma turma com 20 alunos que frequentam o 8.º ano está em isolamento profilático depois de confirmado um caso.

Equipa sub 23 do Vitória SC em isolamento

Também as instituições foram afetadas. Os Bombeiros Voluntários de Guimarães tiveram um surto com nove operacionais infetados.

No Vitória SC, a equipa de sub 23 suspendeu temporariamente a sua atividade, após a deteção de dez casos positivos no grupo de trabalho. Todo o plantel e equipa técnica estão em quarentena.

Surto em lar provocou três mortes

Há ainda um surto no Lar do Centro Social S. Torcato, com 34 utentes e nove funcionários, que já provocou três mortes.

No Lar Alcide Felgueiras nas Taipas um utente testou positivo e está internado no Hospital da Senhora da Oliveira.

Dois utentes do Lar de S. Paio, da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, também estão infetados.

Surto em lar de Guimarães provoca terceira morte

O Centro de Dia da Casa do Povo de Creixomil foi encerrado após ter sido detetado um caso.

Portugal contabiliza esta quarta-feira mais oito mortos relacionados com a covid-19 e 825 novos casos de infeção com o novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.971 mortes e 75.542 casos de infeção, estando hoje ativos 25.041 casos, mais 480 do que na terça-feira.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 33,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo o último balanço feito pela agência francesa AFP.

Continuar a ler

Guimarães

Três plantas de canábis apreendidas em Guimarães

GNR

em

Foto: GNR

A GNR apreendeu três plantas de canábis e constituiu arguido um homem de 26 anos, esta terça-feira, em Guimarães.

A apreensão culminou uma investigação que decorria há dois meses, tendo o Núcleo de Investigação Criminal de Guimarães apurado que “no interior de um anexo à residência estava localizada uma estufa devidamente equipada e em funcionamento”.

Após busca domiciliária, foram apreendidas três plantas de canábis, sementes cultivadas ainda não germinadas, bem como embalagens com sementes, fertilizantes e objetos relacionados com o cultivo de estupefaciente.

No decorrer da ação foi identificado e constituído arguido um homem de 26 anos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Famalicão.

Continuar a ler

Ave

ASAE apreende artigos contrafeitos em empresas de Barcelos e Guimarães

Fiscalização

em

Foto: Ilustrativa / DR

Mais de 24 mil artigos contrafeitos, avaliados em 22.000 euros, foram apreendidos pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica em fiscalizações em empresas sediadas em Santiago do Cacém, Vila do Conde, Guimarães e Barcelos, informou hoje a ASAE.

No decurso dessas ações – precisou a ASAE – foram apreendidos 24.397 artigos contrafeitos, designadamente vestuário, bijuteria, relógios, malas, carteiras, perfumes, máquinas de bordar, ‘pen drives’, entre outros, ostentando marcas registadas e de prestígio internacional, e um equipamento de suporte digital.

A ASAE realça que foram desmanteladas as atividades que lesavam os consumidores que adquiriam erroneamente produtos de origem contrafeita, salvaguardando-se, desta forma, a imagem das marcas e a leal concorrência entre operadores económicos.

Foram constituídos arguidos e sujeitos a Termo de Identidade e Residência dois implicados na contrafação, rondando o valor total das apreensões cerca de 220.000 euros.

A ASAE adverte que “continuará a desenvolver ações de fiscalização, no âmbito das suas competências, em todo o território nacional em prol de uma sã e leal concorrência entre operadores económicos”.

Continuar a ler

Populares