Seguir o O MINHO

Braga

Morreu motociclista que caiu ao rio Vade em Vila Verde

Óbito

em

Foto: O MINHO / Henrique Sousa

O homem que caiu este domingo de uma altura de 13 metros na ponte do Boco, em Covas, concelho de Vila Verde, não resistiu aos ferimentos, com o óbito a ser declarado no local pela equipa médica do INEM.

O óbito foi confirmado a O MINHO por José Freitas, comandante dos Bombeiros de Ponte da Barca, que resgataram a vítima ainda com vida de uma zona de campo na margem escarpada do rio Vade.

“À nossa chegada a vítima ainda estava viva, imobilizamos e estabilizámos a vítima em conjunto com a SIV de Arcos de Valdevez e retirámos para a ambulância com a nossa equipa de resgate em grande ângulo, mas a vítima entrou em paragem cardiorrespiratória e não foi possível a reversão”, disse o comandante.

O acidente ocorreu por volta das 18:00 horas quando a motorizada em que seguia a vítima, com cerca de 60 anos, entrou em despiste e embateu contra um rail da ponte do Boco, num local ermo que divide os concelhos de Ponte da Barca e Vila Verde, na Estrada Nacional 101.

A vítima acabou projetada face ao embate e caiu nas zonas escarpadas do rio Vade, que passa naquele local em estado bastante selvagem.

Para prestar assistência à vítima estiveram os Bombeiros de Ponte da Barca e a ambulânciância de Suporte Imediato de Vida do INEM, sediada em Arcos de Valdevez.

O trânsito esteve cortado durante mais de meia hora para o resgate da vítima, que foi transportada para o Instituto de Medicina Legal de Braga.

EM FOCO

Populares