Seguir o O MINHO

Braga

Mecenas DST, Navarra e Primavera dão 30 mil euros ao Theatro Circo em Braga

em

Foto: Divulgação / CM Braga

O Theatro Circo, em Braga, e as empresas DST, Navarra e Primavera assinaram hoje protocolos de mecenato no valor de 30 mil euros anuais durante um período de três anos.

A administradora Cláudia Leite disse, durante a cerimónia de assinatura dos protocolos, que o mecenato representa cerca de 30 mil euros por ano para aquela casa de espetáculos, que conta com um orçamento total na ordem dos dois milhões de euros.

“É um apoio muito significativo que nos dá a hipótese de programar de uma forma mais descansada e trazer aqui nomes e projetos que de outra forma seria difícil”, salientou Claudia Leite.

Do lado dos mecenas, o representante da DST, José Teixeira, salientou que o mecenato tem retorno: “Fazemos isto por interesse económico, não estamos aqui a fazer um ato de caridade. A Cultura é importante para a competitividade das empresas e uma forma de retribuirmos à cidade aquilo que ela nos dá”, disse.

Por seu lado, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, que é por inerência o presidente do conselho de administração do Theatro Circo, destacou a importância do mecenato na organização do Theatro Circo: “Somos uma sala com condicionalismos, desde logo a limitação do número de espetadores (perto de 900) e não podemos exacerbar os preços. Vivemos com esta equação de difícil resolução que tem no mecenato alguma resposta”, referiu o autarca.

O Theatro Circo teve em 2018 o “melhor ano de sempre” em receitas de bilheteira e afluência de público, atingindo os 400 mil euros de receita e passando os 100 mil espetadores, segundo a administradora.

Cláudia Leite afirmou que aqueles números representam um “crescimento muito significativo” de receita e de público.

“Ainda estamos a acabar de apurar os dados financeiros mas atingimos os 101 mil espetadores e em termos de receitas foi o melhor ano de sempre, com exceção do ano de reabertura do Theatro. Conseguimos atingir 400 mil euros de bilheteira própria, o que é um crescimento muito significativo em relação aos anos anteriores”, afirmou.

Cláudia Leite referiu ainda que os números demonstram o “crescimento do número médio de público por evento”.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Braga

Acidente com quatro viaturas e duas vítimas encarceradas em Braga

Na Anevida João XXI

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Um choque em cadeia, que envolveu quatro viaturas, deixou duas vítimas encarceradas, esta segunda-feira à noite, cerca das 20:25 horas, na Avenida João XXI, em Braga.

Foto: João Paulo Magalhães / O MINHO

As mulheres, duas irmãs com 27 e 25 anos, seguiam no terceiro carro, um Opel Corsa, e sofreram ferimentos considerados ligeiros.

Foto: João Paulo Magalhães / O MINHO

No local, estiveram duas ambulâncias e um Veículo de Socorro e Assistência Táctico (VSAT) dos Bombeiros Sapadores de Braga e a VMER de Guimarães.

A PSP tomou conta da ocorrência.

Continuar a ler

Braga

UMinho bane sal comum das cantinas: “Os portugueses consomem o dobro do sal recomendado”

Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (SASUM) vão passar a cozinhar com sal iodado

em

Foto: DR

Os Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (SASUM) vão passar a cozinhar com sal iodado, ao invés do sal comum, com o objetivo de “melhorar as condições de saúde” da comunidade académica, anunciou hoje aquela academia.

Em comunicado enviado à Lusa, os SASUM referem que a mudança do tipo de sal entra em vigor “a 100%” em fevereiro.

“Os portugueses consomem o dobro do sal recomendado. Este excesso pode revelar-se fatal para a saúde, causando problemas de hipertensão e doenças cardiovasculares. Perante este facto, os SASUM tomaram a decisão de arrancar, no início do segundo semestre, com a adoção destas medidas que se revestem de enorme importância para as populações”, explica o texto.

Continuar a ler

Braga

Norte americano Micah P. Hinson toca no Theatro Circo, em Braga, a 01 de fevereiro

Músico apresenta disco mais recente

em

O norte-americano Micah P. Hinson vai tocar no Theatro Circo, em Braga, no próximo dia 01 de fevereiro. Os bilhetes custam entre cinco e dez euros.

O grande motivo deste regresso a Portugal é o seu mais recente álbum When I Shoot At You With Arrows, I Will Shoot To Destroy You editado em outubro passado, gravado em apenas 24 horas com 24 músicos.

O disco é inspirado em vários aspetos da sua vida como o amor pela sua família, pelas drogas, pelo acidente de carro que quase foi fatal, à perda de sensibilidade nos seus braços e costas, pelo tempo em que passou atrás de grades ou na companhia de doentes psíquicos.

Continuar a ler

Populares