Seguir o O MINHO

Braga

Mais de 700 ex-alunos da UMinho juntaram-se em Braga

em

Foto: DR

Mais de 700 antigos estudantes da Universidade do Minho juntaram-se na noite de sábado para o Encontro Caixa Alumni, na Escola Sá de Miranda, em Braga. “As memórias e amizades” – diz a Reitoria – foram brindadas com um concerto de Jorge Palma, que trouxe duas dezenas de sucessos, como “Encosta-te a mim”, “Dá-me lume” ou até “Don’t think twice it’s all right” de Bob Dylan. O cantor foi ladeado em palco pelo filho Vicente (guitarra, teclas) e por Gabriel Gomes (acordeão).


O programa centrou-se no pátio do edifício, com extensão pontual ao ginásio e ao teatro, incluindo cocktail, jantar volante, projeções multimédia, exposição, área deselfies, um divertido trio «clown» da responsabilidade da licenciatura em Teatro da UMinho e ainda oito ilhas de degustação com projetos de ex-alunos (Amavinhos, Alma d’Eça, APE Coffee, Bira dos Namorados, Cerveja Letra, Cheesecake Story, Groselha-espim, Loja dos Pastéis de Chaves e Mostarda & Chocolate). A animação coube à Tuna Universitária do Minho, aos Bomboémia, ao Jazz&Bossa Nova in Concert e ao DJ Emídio Meireles.

E anota a UMinho: “As conversas, abraços, sorrisos e recordações de várias gerações sucederam-se pela noite adentro”. Entre os presentes, muitos com carreiras ímpares, estiveram o arquiteto Nuno Torres, o humorista João Seabra, a gestora Silvina Alves ou os empresários José Teixeira, Belmiro Oliveira, Jorge Batista e Pedro Fraga. O reitor Rui Vieira de Castro destacou o tema desta edição, “A formar o futuro”, e a marca identitária que os mais de 60 mil ex-alunos da UMinho transportam e imprimem à sociedade. “Este Encontro permite reforçar e retomar laços de amizade, mas daqui também podem emergir novos projetos no sentido de projetar o futuro dos antigos alunos, seja a nível profissional ou mesmo a continuarem a sua formação na UMinho”.

O evento foi coordenado pela Reitoria da UMinho e teve apoio da Caixa Geral de Depósitos, Escola Sá de Miranda, dst, gen, Câmara Municipal de Braga, Associação dos Antigos Estudantes da UMinho e Associação Empresarial de Paços de Ferreira. O Encontro Alumni tem tido uma adesão crescente desde a primeira edição em 2014, tendo já sido realizado nos emblemáticos Largo do Paço, Mosteiro de Tibães e Paço dos Duques e recebido artistas como Sérgio Godinho, Miguel Araújo, Cuca Roseta, António Zambujo e Márcia.

Anúncio

Braga

Braga cancela oito concertos por causa do aumento de casos de covid-19

Pandemia

em

Foto: DR

O município de Braga anunciou esta sexta-feira o cancelamento de oito concertos agendados para a segunda quinzena de outubro, face ao agravamento da situação epidemiológica no concelho.

Em comunicado, a autarquia refere que o cancelamento destes eventos surge também por “respeito às normas emitidas pelas autoridades de saúde e proteção civil”.

Os concertos em causa estavam englobados nos ciclos de concertos comentados e de música de Câmara, a decorrer em vários espaços culturais do concelho.

No entanto, há ainda a possibilidade de os mesmos se realizarem noutro contexto, com transmissão através das redes sociais, mas essa hipótese está a inda a ser estudada pela autarquia.

Eventos cancelados

Concerto Comentados, pela Sinfonietta de Braga
16 de outubro | 21:30 | Museu dos Biscainhos
17 de outubro | 21:30 | Auditório da Junta de Freguesia de Guisande
18 de outubro | 17:00 | Igreja Paroquial de Crespos
23 de outubro | 21:30 | Auditório da Junta de Freguesia de Dume
24 de outubro | 21:30 | Auditório da Junta de S. Lucrécia de Algeriz
25 de outubro | 17:00 | Polivalente de Sobreposta

Temporada de Música de Câmara
17 de outubro | 19:00 | Quintetos de Clarinetes (Obras de W. A. Mozart e J. Brahms) | Basílica dos Congregados
31 de outubro | 19:00 | Trios com Piano (Obras de L. van Beethoven e J. Brahms) | Basílica dos Congregados

Continuar a ler

Braga

Comerciantes do Mercado de Braga vão doar excedentes a famílias carenciadas

Solidariedade

em

Foto: Divulgação / CM Braga

Os comerciantes do Mercado Municipal de Braga vão doar os excedentes diários a famílias mais carenciadas, no âmbito do projeto “Casa Solidária”, anunciou hoje a autarquia local.

Em comunicado, a Câmara de Braga nota que “o desperdício alimentar constitui um grave problema à escala mundial” e que, nesse sentido, é fundamental “recorrer a diversas estratégias”.

“Nesta conjuntura surge o projeto ‘Casa Solidária’ desenvolvido pelo Município de Braga, no âmbito do Dia Mundial da Alimentação que se assinala esta sexta-feira, 16 de outubro, e que envolveu a concepção e implementação de uma parceria ao projecto ‘Virar a Página’, iniciativa esta que nasceu na véspera da declaração do estado de emergência devido à covid-19 e da necessidade sentida junto de pessoas e organizações de apoiar famílias que, de forma muito repentina, ficaram desprovidas de recursos.

Foto: Divulgação / CM Braga

“Numa altura em que são servidas mais de cinco mil refeições semanais e sendo a única resposta existente no concelho durante todos os dias da semana, a autarquia bracarense lançou o desafio aos vários vendedores do Mercado Municipal para que doem os seus excedentes para que mais famílias de Braga possam ter em suas casas os bens de primeira necessidade”, esclarece a Câmara.

Para Sameiro Araújo, vice-presidente da Câmara de Braga, “este é um dos projetos mais gratificantes que o Município abraça”.

Foto: Divulgação / CM Braga

Foto: Divulgação / CM Braga

“Pretendemos que mais vendedores do Mercado Municipal ou outros comerciantes do concelho se associam a esta causa”, refere, esperando que esta iniciativa seja replicada em outros municípios de forma a “ajudar quem mais precisa e, simultaneamente combater o desperdício alimentar”.

Os comerciantes interessados em aderir a esta causa, poderão contactar o Município de Braga através do endereço [email protected]

Continuar a ler

Braga

Comparsa de cadastrado em fuga detido em Braga estava armado

GNR deteve dupla

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O comparsa de André Pirata, cadastrado que foi detido esta sexta-feira, em Adaúfe, Braga, pela GNR, após perseguição e fuga a pé, estava armado.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga, refere que, “na sequência de um acidente de viação que envolveu a viatura furtada, foi detido de imediato um dos suspeitos, que também transportava consigo uma arma proibida”.

A GNR dá conta de que os dois homens, de 23 e 29 anos, foram detidos pelos crimes de furto em interior de viaturas, condução perigosa e posse de arma proibida.

GNR deteve cadastrado que estava em fuga em Braga

“Após uma denúncia de furto em interior de viatura, os militares detetaram os suspeitos, que se deslocavam num veículo que tinha sido furtado, e tentaram abordá-lo. No seguimento dessa ação, os suspeitos colocaram-se em fuga, tendo sido desencadeada uma perseguição. Após diligências policiais e, na sequência de um acidente de viação que envolveu a viatura furtada, foi detido de imediato um dos suspeitos, que também transportava consigo uma arma proibida”, refere o comunicado.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Os dois indivíduos encontram-se detidos em instalações da Guarda e serão presentes ao Tribunal Judicial de Braga.

Também em comunicado, a PSP relata que, logo que teve conhecimento de que o suspeito estava em fuga às autoridades nas imediações da área da sua responsabilidade, de imediato montou um cerco policial com vista a evitar a fuga.

“Em simultâneo foram montadas operações de vigilância nos principais interfaces de transportes públicos da cidade de Braga”, acrescenta a PSP.

Como O MINHO noticiou, André Pirata, cadastrado que estava em fuga em Braga, foi detido, cerca das 12:30, pela GNR junto a uma capela, onde se encontrava escondido, perto do local onde o carro em que seguia se despistara.

André Pirata é o homem que em 24 de setembro abandonou a namorada à porta do Hospital de S. João da Madeira, no distrito de Aveiro, após ter sido baleada, alegadamente pela PSP.

A mulher, de 23 anos, acabou por morrer.

A perseguição de hoje da GNR aconteceu após ter ocorrido um furto numa viatura na Póvoa de Lanhoso.

A GNR terá dado ordem de paragem à viatura em que seguiam os dois suspeitos, mas a ordem não foi acatada.

Os suspeitos puseram-se em fuga e foram perseguidos pela GNR, mas acabaram por se despistar contra um muro em Adaúfe, em Braga, onde um deles foi detido.

Há registo de danos numa viatura da GNR, alegadamente provocados pelo veículo dos suspeitos.

Foram empenhados militares dos Destacamentos Territoriais de Póvoa de Lanhoso e de Braga, do Destacamento de Intervenção e do Destacamento de Trânsito de Braga.

Continuar a ler

Populares