Seguir o O MINHO

Região

Limiano Miguel Maria reforça o Benfica

em

Foto: DR/Arquivo

O basquetebolista internacional português Miguel Maria, que alinhou no Vitória de Guimarães na época passada, assinou contrato para representar o Benfica, anunciou hoje o clube lisboeta, sem divulgar a duração do vínculo.

“Sem dúvida que vejo como um passo muito importante na minha carreira desportiva. Depois de representar o Vitoria SC na época passada, o qual recordarei para sempre com muito carinho e a quem estou agradecido, poder representar agora o Benfica é sempre uma marca especial para qualquer profissional. É um orgulho muito grande e um desafio enorme fazer parte desta instituição, que luta para ganhar todos os títulos quer nacionais, quer internacionais”, referiu.

Na época passada, Miguel Maria, de 25 anos, foi o sexto jogador mais valioso da Liga portuguesa, tendo alcançado uma média de 7,4 assistências por jogo – a melhor do campeonato – e de 15,5 pontos, em 40 partidas pela equipa vimaranense.

O internacional português confessou estar “ansioso por começar” e mostrou-se consciente da responsabilidade que é representar as cores encarnadas.

“As expectativas são grandes. Quando se é jogador do SL Benfica tem de se ganhar sempre e isso é algo que motiva qualquer jogador. Ansioso por começar e desfrutar do processo”, concluiu o novo reforço das águias.

Recorde-se Miguel Maria fez sua formação na Escola Desportiva Limiana, dos quatro aos 13 anos, e depois dos 14 aos 19 no FC Porto, antes de ir jogar em França e Alemanha. Regressou a Portugal esta época para o Vitória SC.

Miguel Maria acabou por ser um dos destaques da Liga Placard. Foi escolhido para o cinco inicial do “All-Star Game”, e ficou em segundo nos destaques nacionais na votação do MVP da primeira fase, e foi convocado diversas vezes para a Seleção Nacional.

Um dos momentos de mais inspiração foi no jogo frente ao Galitos, quando assegurou o triunfo no último suspiro da partida com um cesto de antes do meio-campo quando o jogo estava empatado.

Anúncio

Alto Minho

Solar do Alvarinho, em Melgaço, vai sofrer requalificação profunda

Casa mãe do vinho Alvarinho

em

Foto: Divulgação / CM Melgaço

O espaço interior do Solar do Alvarinho, em Melgaço, vai ser alvo de uma intervenção profunda, anunciou a autarquia.

Esta é uma das várias resoluções aprovadas no orçamento municipal e plano de investimentos para 2020.

Com projeto orçado em cerca de 222 mil euros, o  financiamento está já assegurado para garantir a renovação do museu do Alvarinho, da sala de provas, do bar e do espaço de venda de produtos locais.

De acordo com o jornal Voz de Melgaço, o espaço estará encerrado, ainda sem data certa, mas a intervenção ocorrerá “durante alguns meses”.

Inaugurado em 1997 como Solar do Alvarinho, o espaço, uma casa seiscentista, também apelidado de “Edifício dos Três Arcos”, albergava anteriormente albergava a sede da Câmara Municipal e a cadeia.

Segundo a autarquia, o espaço surgiu para suprir a necessidade de um local que promovesse e divulgasse o famoso vinho Alvarinho.

Continuar a ler

Braga

Governo quer baixar preços de estacionamento no Hospital de Braga

Empresa privada detém concessão até 2039

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

O Governo está a avaliar a possibilidade jurídica de intervir junto da entidade gestora do edifício do Hospital de Braga, de forma a baixar os preços praticados no parque de estacionamento daquela unidade, anunciou o Ministério da Saúde.

Em documento enviado à Assembleia da República, em resposta ao grupo parlamentar do Bloco de Esquerda, “o Governo reconhece as queixas de utentes e profissionais, relativamente aos preços praticados no parque de estacionamento do Hospital de Braga e admite intervenção junto da Entidade Gestora do Edifício”.

“Os preços praticados pela empresa que está a explorar o parque têm sido motivo de queixa, quer por parte dos utentes, quer por parte dos profissionais, estando presentemente a ser avaliada a possibilidade jurídica de intervir junto da EGE”, refere o órgão que tutela a saúde em Portugal.

Sobre o pedido de tornar gratuito o estacionamento, feito pelos deputados do BE, eleitos pelo círculo eleitoral de Braga (José Maria Cardoso e Alexandra Vieira), o Governo diz ser inmpossível, uma vez que a concessão do estacionamento a uma empresa privada é válido até 2039.

Continuar a ler

Famalicão

CDS Braga: Nuno Melo sai dos órgãos nacionais do partido

Presidente da distrital

em

Foto: Divulgação

O eurodeputado centrista Nuno Melo, que é presidente da distrital de Braga do CDS, vai apoiar a candidatura de João Almeida à liderança do partido e retirou a moção de estratégia global que subscreveu a favor do deputado.

Numa intervenção inflamada no 28.º congresso nacional, em Aveiro, Nuno Melo pediu a quem vencer, que deseja ser João Almeida, que “chame” os seus dois adversários, Filipe Lobo d´Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos, para “reconstruir o partido”, que é de todos.

O vice-presidente dos centristas, natural da vila de Joane e presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão, anunciou ainda que, por sua opção, vai ficar de fora dos órgãos nacional do partido, que serão eleitos no domingo.

Continuar a ler

Populares