Seguir o O MINHO

Braga

Jovem atingido a tiro em Braga terá denunciado venda de droga

Crime

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO / Arquivo

O responsável pelos dois disparos que atingiram um jovem em Braga terá atuado num quadro de vingança depois de ter conhecimento de uma denúncia levada a cabo pela vítima.

Conforme noticiou O MINHO, na madrugada de terça-feira, Carlos Galiano foi baleado por um indivíduo com a alcunha de “Max”, numa esplanada da Rua Monsenhor Airosa no Fujacal, em Braga, por volta da 01:30.

Fonte próxima do processo afirmou a O MINHO que o agressor e o agredido eram amigos, desde a infância, e que as disputas começaram quando Carlos Galiano  “chibou” o “Max” às autoridades na sequência de um processo por tráfico de droga.

Nos últimos tempos, “Max” estava a trabalhar em França quando houve uma rixa em Portugal, entre Carlos Galiano e um dos colegas de trabalho do atirador. A tensão entre os dois escalou desde então.

“Max” já se entregou na PSP, confessando-se autor dos disparos e alegando que tinha contas a ajustar com a vítima, Carlos Galiano. Depois de cometer o crime deitou a pistola fora, não indicando o local onde abandonou a arma.

A dupla já havia sido condenada com penas de ano e meio de prisão suspensa num julgamento por tráfico de droga em Amares, de onde são ambos naturais.

Até ao momento, Galiano continua hospitalizado e Max aguarda as medidas de coação.

EM FOCO

Populares