Seguir o O MINHO

Ave

José Barros foi de Braga a Fafe agradecer aos bombeiros que lhe salvaram a vida

Vítima de acidente

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

José Barros, de 60 anos, não ganhou para o susto quando, em julho do ano passado, foi vítima de um violento acidente que quase lhe roubou a vida, numa estrada de Fafe.


Passados 12 meses, o bracarense visitou o quartel dos Bombeiros Voluntários de Fafe para agradecer pessoalmente ao comandante Paulo Ferreira e aos operacionais que o auxiliaram no brutal sinistro.

Bombeiros de Fafe na assistência a José Barros após acidentes. Foto: Ivo Borges (2019)

A O MINHO, o homem conta que, por várias vezes, tinha demonstrado o desejo à família de ir a Fafe fazer um agradecimento aos bombeiros que o ajudaram. Assim, a filha entrou em contacto com o comandante e conseguiram agendar uma data para o reencontro.

Comandante Paulo Ferreira recebeu José Barros e família. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Ontem foi o dia que a família visitou o quartel, uma surpresa para José Barros que, ao sair de casa, não sabia que seria esse o destino.

“Eles são uns heróis, salvaram-me a vida e gostava de poder dar um forte agradecimento pessoal a cada um deles, homens e mulheres que me ajudaram”, disse José.

“Hoje estou aqui graças a eles e aos elementos do INEM e do Hospital de Braga”, sublinhou.

José Barros foi desencarcerado pelos bombeiros fafenses. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Algumas sequelas do acidente vão permanecer com José para o resto da vida: nove costelas fraturadas, pulmão perfurado, danos em quatro pontos da cervical, derrame interno na cabeça, fratura de vários ossos da face e perda de alguma percentagem da visão e da audição.

Foram várias as intervenções cirúrgicas e próteses que teve de colocar, mas está “vivo e agradecido” por isso.

O comandante Paulo Ferreira, em nome dos Bombeiros de Fafe, agradeceu o reconhecimento e o gesto de José Barros apresentando-lhe todos os elementos que estiveram no salvamento.

Bombeiros responsáveis pelo salvamento, José Barros e família. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Ofereceu ainda umas lembranças dos bombeiros e o encontro foi celebrado com uma merenda entre amigos.

Anúncio

Ave

Dominado e em resolução grande incêndio que lavrou em Cabeceiras de Basto

Incêndio

em

Foto cedida a O MINHO

O grande incêndio que lavrou durante esta tarde na localidade de Cavez, em Cabeceiras de Basto, está, pelas 22:00 horas desta sexta-feira, dominado e em resolução, disse a O MINHO o CDOS de Braga.

O forte vento e a dificuldade de acessos fez com que o combate fosse prolongado até ao cair da noite, mas os cerca de 200 bombeiros de várias corporações do distrito (apoiados pela Força Especial de Bombeiros e pelos militares da UPES da GNR) conseguiram pôr cobro ao pior.

Para além dos operacionais, estiveram no combate 68 viaturas e, pelo menos, cinco meios aéreos.

Continuar a ler

Ave

Condutor encarcerado após capotar em Famalicão

Acidente

em

Foto: Facebook de Bombeiros de Famalicão

Um homem ficou encarcerado dentro da viatura que conduzia depois de ter entrado em despiste, ao final da manhã desta sexta-feira, em Famalicão.

O acidente ocorreu na rua António Vinhas, que liga Outiz a Ribeirão, por motivos que estão ainda por apurar.

Para o local acorreram os Bombeiros de Famalicão com uma ambulância e uma viatura de desencarceramento.

Fonte dos bombeiros disse a O MINHO que foi necessário desencarcerar o homem por este ter ficado preso no lugar do condutor.

Depois de resgatado e estabilizado, o homem foi transportado para o Hospital de Famalicão com ferimentos considerados ligeiros.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Ave

Grande incêndio em Cabeceiras de Basto ameaça habitações

Incêndio florestal

em

Foto cedida a O MINHO

O incêndio florestal que deflagrou na quinta-feira em Cavez, concelho de Cabeceiras de Basto, voltou a reacender durante a tarde desta sexta-feira, tomando proporções descontroladas.

No local estão mais de 100 operacionais apoiados por 31 viaturas e quatro meios aéreos.

Foto cedida a O MINHO

Foto cedida a O MINHO

Segundo disse a O MINHO fonte dos bombeiros, as chamas rondam habitações que estão a ser protegidas pelos bombeiros,

(em atualização)

Continuar a ler

Populares