João Mário deixa a seleção

Foto: Twitter

O médio João Mário anunciou a despedida da seleção portuguesa de futebol, na véspera de Roberto Martínez anunciar os convocados para os jogos com Bósnia-Herzegovina e Islândia.

“Atendendo à fase que atravesso na carreira e depois de profunda reflexão, do foro pessoal, ponderada e honesta, entendo que este é o momento indicado para me despedir da seleção nacional”, lê-se no comunicado.

Um dia depois de se ter sagrado campeão nacional pelo Benfica, João Mário disse que “jogar por Portugal sempre foi um privilégio e uma honra importante”.

“Uma palavra de agradecimento também aos adeptos portugueses que sempre me apoiaram em todos os momentos em que vesti esta camisola. Sempre estarei na fila da frente a apoiar a seleção nacional. Serei sempre mais um a vibrar com os sucessos da equipa de todos nós. É um momento emotivo e peço que respeitem a minha decisão”, considerou.

Pela equipa das quinas, o médio, de 30 anos, fez 56 jogos e marcou três golos, tendo participado nos Mundiais de 2018 e de 2022.

João Mário integrou a primeira convocatória do novo selecionador de Portugal, o espanhol Roberto Martínez, para os jogos com Liechtenstein, no qual foi utilizado nos instantes finais, e Luxemburgo, no qual foi suplente não utilizado.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Bruxelas garante 2 milhões para dois meios aéreos para combate aos incêndios em Portugal

Próximo Artigo

Proença frisa competitividade interna e confia em retoma lusa no ranking da UEFA

Artigos Relacionados
x