Seguir o O MINHO

Futebol

Jacob Maddox e Bruno Duarte estreiam-se nos convocados do Vitória

I Liga

em

Foto: DR

O médio Jacob Maddox e o avançado Bruno Duarte são as estreias nos convocados do Vitória sendo opções para defrontar domingo o Rio Ave, na segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol.


O médio inglês, de 21 anos, contratado ao Chelsea no mercado de transferências em curso, e o ponta de lança brasileiro, de 24, melhor marcador vitoriano na época anterior, com 10 golos em jogos oficiais, recuperaram das lesões com que se debatiam e foram chamados para o encontro de domingo, em Vila do Conde, segundo a lista publicada no sítio oficial dos vimaranenses.

Em sentido inverso, o treinador Tiago Mendes retirou da convocatória os médios Kim Jung-Min e Abouchabaka e o avançado Noah Holm, internacional sub-19 norueguês que se estreou na I Liga na jornada anterior, num embate frente ao Belenenses SAD (derrota por 1-0) em que esteve em campo durante 27 minutos.

Os defesas Yann Bisseck e Mascarenhas e os médios Wakaso e Joseph continuam lesionados, ao passo que o extremo angolano Nélson da Luz, o mais recente dos 16 reforços vitorianos contratados para esta época, permanece afastado das opções após ter acusado positivo à covid-19, aquando da chegada a Portugal, na primeira quinzena de setembro.

O encontro entre Vitória e Rio Ave começa às 21:00 de domingo, no Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde, com arbitragem de Tiago Martins, da Associação de Futebol de Lisboa.

Lista de 21 convocados

– Guarda-redes: Bruno Varela, Matous Trmal e Celton Biai.

– Defesas: Sacko, Sílvio, Jorge Fernandes, Abdul Mumin, Suliman e Jonas Carls.

– Médios: Pepelu, Mikel Agu, Dénis Poha, André André, Janvier, André Almeida e Jacob Maddox.

– Avançados: Marcus Edwards, Rochinha, Ricardo Quaresma, Lyle Foster e Bruno Duarte.

Anúncio

Futebol

Ricardo Horta e Paulinho na luta para bater recorde de golos europeus de Alan

Liga Europa

em

Foto: SC Braga

Os avançados portugueses Ricardo Horta e Paulinho terão na quinta-feira, caso joguem, mais um capítulo na luta por destronarem o brasileiro Alan do topo da lista de marcadores do SC Braga nas taças europeias de futebol.

Em encontro da segunda jornada do Grupo G da Liga Europa, no reduto dos ucranianos do Zorya, Ricardo Horta, já com os mesmos 11 golos de Alan, e Paulinho, com apenas menos um, podem ‘apagar’ da lista o atual Diretor das Relações Externas do clube.

Os dois jogadores lusos estrearam-se da melhor forma na edição 2020/21 da Liga Europa, já que Paulinho marcou, aos 78 minutos, o segundo golo dos ‘arsenalistas’, na receção aos gregos do AEK Atenas (3-0), e Ricardo Horta fechou a contagem, aos 88.

No SC Braga desde 2016/17, proveniente dos espanhóis do Málaga, que o haviam contratado ao Vitória de Setúbal, Ricardo Horta estreou-se a marcar pelos ‘arsenalistas’ na Europa na primeira época, num 3-1 caseiro aos turcos do Konyaspor.

O avançado ‘arsenalista’, agora com 26 anos, não marcou mais nessa temporada e, na segunda (2017/18), também só faturou uma vez, no que foi o último golo da equipa, num insuficiente 1-0 ao Marselha, nos 16 avos de final, após 0-3 em França.

Por seu lado, e acabado de chegar do Gil Vicente, no qual alinhou de 2012/13 a 2016/17, Paulinho, agora com 27 anos, conseguiu três golos, todos ao Hafnarfjordur, no ‘play-off’ da Liga Europa, um na Islândia (2-1) e dois em Braga (3-2).

Em 2018/19, o SC Braga só cumpriu dois jogos nas taças europeias e Ricardo Horta aproveitou para ultrapassar Paulinho, já que marcou nos dois jogos com o Zorya – que vai reencontrar -, um fora (1-1) e outro em casa (2-2).

Na época passada, os dois jogadores estiveram de pontaria afinada e marcaram cada qual seis golos – contribuindo com 12 para os 27 dos ‘arsenalistas’, mantendo-se Ricardo Horta na frente, com 10, contra nove de Paulinho.

Paulinho marcou dois ao Brondby, na terceira pré-eliminatória, e dois ao Besiktas, um ao Wolverhampton e um ao Slovan Bratislava, na fase de grupos, e Ricardo Horta apontou um aos dinamarqueses, três aos russos do Spartak Moscovo, no ‘play-off’, um aos ingleses e um aos turcos.

Com estes registos, o ‘21’ isolou-se no segundo lugar, com 10 tentos, enquanto o ‘20’ juntou-se no último lugar do pódio ao brasileiro Lima, ambos com nove.

Já na presente temporada, ambos marcaram ao AEK e estão muito perto de afastar do primeiro lugar do ‘ranking’ o brasileiro Alan, que marcou os seus 11 golos entre 2008/09 e 2015/16, incluindo seis na ‘Champions’, competição que Ricardo Horta e Paulinho nunca disputaram e os ‘arsenalistas’ não jogam desde 2012/13.

O encontro entre Zorya e SC Braga, da segunda jornada do Grupo G da Liga Europa, realiza-se na quinta-feira, em Zaporizhia, pelas 17:55 (em Lisboa).

Continuar a ler

Futebol

SC Braga procura consolidar posição de apuramento

Liga Europa

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O Benfica e o SC Braga procuram na quinta-feira dar sequência às convincentes estreias na fase de grupos da Liga Europa em futebol e colocarem-se desde já, à segunda jornada, na rota do apuramento.

Com um ‘hat-trick’ de um inspirado Darwin Núñez, os comandados de Jorge Jesus venceram por 4-2 no reduto do Lech Poznan, a mais ‘frágil’ equipa do Grupo D, e vão agora ‘medir forças’ na Luz com o Standard Liège, derrotado em casa pelo Rangers (0-2).

Por seu lado, o ‘onze’ de Carlos Carvalhal viaja ao reduto do Zorya Luhansk – derrotado por 3-0 no reduto do favorito Leicester -, depois um convincente 3-0 caseiro ao AEK Atenas, teoricamente o seu mais forte opositor na luta pelo segundo lugar do Grupo G.

Os ‘arsenalistas’ são a primeira equipa lusa a entrar em ação, em Zaporizhia, pelas 19:55 locais (17:55 em Lisboa), face a um adversário frente ao qual foram eliminados na terceira pré-eliminatória da edição 2018/19.

Nas últimas seis épocas (desde 2015/16), foi a única vez que o SC Braga falhou a fase de grupos e nem sequer perdeu nenhum dos jogos com os ucranianos: depois de um positivo empate fora a um golo, seguiu-se uma igualdade caseira a dois.

Os bracarenses, então comandados por Abel Ferreira, estiveram a vencer por 1-0 e 2-1, com tentos de João Novais (65 minutos) e Ricardo Horta (73), que já havia faturado em Zaporizhia, mas Ratão (70) e Oleksandr Karavaev (82) eliminaram os portugueses.

Desta vez, a formação lusa chega por cima, depois de uma entrada muito positiva na prova, materializada com golos de Galeno, Paulinho e Ricardo Horta, e, entretanto, nova vitória, sempre moralizadora, no dérbi, em Guimarães (1-0), para a I Liga.

A equipa de Carlos Carvalhal já está no quarto lugar do campeonato luso, após ter arrancado com duas derrotas, enquanto o Zorya é apenas oitavo na Ucrânia, mesmo depois do 4-0 ao Rukh Vynnyky, penúltimo, que teve dois expulsos ainda com 0-0.

Em caso de triunfo, os ‘arsenalistas’ podem dar um passo de ‘gigante’ rumo aos 16 avos de final, sobretudo se, no outro jogo, o Leicester confirmar o ‘papel’ de favorito e vencer no reduto do AEK, de Hélder Lopes, André Simões e Nélson Oliveira.

Pelas 20:00, o Benfica cumpre o primeiro encontro em casa, com a grande novidade de poder contar com o apoio de alguns adeptos, não os cerca de 65.000 que cabem na Luz, mas os quase 4.900 permitidos pelo ministério da Saúde e Direção-Geral da Saúde.

Invicto em jogos da Liga Europa no seu estádio (19 vitórias e quatro empates) e na receção a belgas nas taças europeias (sete triunfos e duas igualdades), o Benfica é favorito na receção ao Standard Liège, do ex-benfiquista Mehdi Carcela-Gonzalez.

A formação ‘encarnada’ venceu os últimos seis jogos, depois do desaire a entrar no reduto do PAOK, que custou a Liga dos Campeões, e é líder destacado da I Liga, enquanto, na Bélgica, o Standard é quinto, embora a apenas dois pontos do primeiro.

O conjunto comandado pelo francês Philippe Montanier chega à Luz na pior série da época, com dois desaires consecutivos, o último no domingo, por 2-0, na visita ao St. Truiden, para a ronda 10 do campeonato belga, e três jogos sem vencer.

Caso o Benfica derrote os belgas, o cenário mais provável é que fique na frente ao lado do Rangers – claramente favorito na receção ao Lech Poznan -, já seis pontos à frente da concorrência.

Quanto aos outros agrupamentos, o Tottenham, de José Mourinho, vija a Antuérpia, a Roma, de Paulo Fonseca, recebe o CSKA Sófia, e o PAOK Salónica, de Abel Ferreira, joga em Granada. Destaque ainda para receção da Real Sociedad ao Nápoles.

Continuar a ler

Futebol

Giorgi Kruashvili arbitra Zorya – SC Braga

Liga Europa

em

Foto: DR

O árbitro francês François Letexier foi indicado para o jogo de quinta-feira entre Benfica e Standard Liège, e o georgiano Giorgi Kruashvili para a receção do Zorya Luhansk ao SC Braga, informou hoje a UEFA.

François Letexier, de 31 anos, estreia-se num jogo do Benfica, na segunda jornada do grupo D da Liga Europa, situação idêntica à de Giorgi Kruashvili em relação ao SC Braga, em encontro do grupo G.

Benfica e Sporting de Braga lideram os respetivos grupos da Liga Europa, os lisboetas acompanhados dos escoceses do Rangers e os bracarenses dos ingleses do Leicester, que também triunfaram na ronda inaugural.

Na quinta-feira, o Sporting de Braga é o primeiro a entrar em campo, na Ucrânia, em jogo agendado para as 17:55 (hora de Lisboa), enquanto o Benfica recebe os belgas do Standard Liège a partir das 20:00.

Nesta segunda jornada da Liga Europa, a UEFA nomeou também árbitros portugueses, com Fábio Veríssimo no Estrela Vermelha-Slovan Liberec, e Tiago Martins no Granada-PAOK, jogo que tem o guarda-redes Rui Silva e Domingos Duarte nos espanhóis e o treinador Abel Ferreira nos gregos.

Continuar a ler

Populares