Seguir o O MINHO

Alto Minho

Caminha: Igreja na Serra d’Arga assaltada e profanada, polícia investiga

em

A igreja de Arga de Cima, em Caminha, foi assaltada e profanada, informou esta segunda-feira o pároco, em comunicado a que a agência Lusa teve acesso.

Igreja Paroquial de Arga de Cima. Foto: wikipedia

assalto terá ocorrido no sábado, sendo que as pessoas daquela paróquia foram confrontadas com o sucedido no domingo de manhã quando se deslocaram à igreja para preparar o andor de Nossa Senhora de Fátima para uma procissão.

“Chegaram lá e a porta da igreja estava fechada, mas não tinha o canhão da fechadura. Os ladrões estouraram a fechadura, entraram na igreja, e quando foram embora, fecharam a porta novamente, parecendo, ao longe, que nada tinha acontecido”, adiantou o padre Emanuel Martins Dias, acrescentando que na sacristia, “arrombaram o armário onde estavam guardadas as alfaias litúrgicas” e “roubaram o cálice e a patena, e só não levaram o cálice de Frei Bartolomeu dos Mártires porque se encontra em Braga para recuperação”.

“A sagrada custódia da paróquia que se encontrava escondida no armário, o turíbulo e a respetiva naveta e furtaram as âmbulas dos santos óleos” também foram furtados.

“A sacristia foi toda remexida, bem como a tribuna, o coro da igreja e até no sacrário do altar da Senhora do Rosário, que também tinha a chave guardada na sacristia”, cita a agência Lusa, que refere ainda que “com uma escada [os ladrões] abriram o forro do teto da sacristia a ver se havia alguma coisa escondida. Não levaram a cruz paroquial, nem qualquer imagem sacra”.

A Polícia Judiciária encontra-se a investigar o caso, em colaboração com a GNR.

 

Populares