Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães investe mais de 1.7 milhões em apoio a 94 instituições de solidariedade

“Uma das prioridades é criar condições de dignidade e independência para quem de ajuda precisa, na medida do possível”

em

Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães. Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães vai investir 1,716 milhões de euros em apoios financeiros a 94 instituições de solidariedade que se destacaram ao nível de “qualidade e interesse dos projetos” ou de “criatividade e inovação”, anunciou hoje a autarquia.


Num comunicado enviado à Lusa, a Câmara Municipal de Guimarães aponta ainda como critérios para distinguir as instituições “a consistência e adequação do orçamento” e “a capacidade de angariar outras fontes de financiamento e o número potencial de beneficiários”.

“Um dos pilares das sociedades contemporâneas é o apoio a toda a população, nomeadamente nas idades mais frágeis que são as do berçário, jardins-de-infância e centros de dia e lares”, realça, no texto, o presidente da autarquia, Domingos Bragança.

Segundo o governante, “uma das prioridades é criar condições de dignidade e independência para quem de ajuda precisa, na medida do possível”.

Em relação ao trabalho das associações, o autarca elogiou a qualidade das propostas de intervenção contempladas com apoio financeiro e frisou a diversidade, desde intervenção social, o apoio a pessoas com fragilidades físicas e/ou mentais, a animação sociocultural à formação de jovens.

“Para nós, estes apoios são considerados não como uma despesa, mas como um investimento. Não sei se poderemos manter o nível de apoio nos próximos anos em tão elevada fasquia, mas não deixaremos de ter em conta o que consideramos essencial para cumprir as premissas da nossa política social”, concluiu.

Anúncio

Ave

Aluimento de estrada danifica viatura em Guimarães

Devido à chuva intensa

em

Foto: Reflexo Digital

Devido às fortes chuvas, o pavimento de uma estrada em Guimarães cedeu, no domingo, e provocou danos numa viatura que passava no local.


Segundo o jornal Reflexo Digital, que avança a notícia, o aluimento deu-se na Rua Padre Silva Gonçalves, junto ao recinto da feira semanal das Caldas das Taipas.

De acordo com aquela publicação, o piso naquele local já tinha aluído anteriormente.

“Foi um estrondo enorme, inimaginável. Vinha no carro com a família e, sem perceber como, senti o carro a bater no chão, felizmente consegui passar para o outro lado”, referiu, ao Reflexo Digital, o proprietário da viatura que sofreu danos.

A Junta de Freguesia de Caldelas informou que, por causa do aluimento do piso, o trânsito foi proibido a todo o tipo de veículos entre o cruzamento com a Rua Nova dos Bombeiros e a rotunda, com exceção de moradores (para acesso à Rua do Assento) e aparcamento de feirantes nos lugares definidos (à segunda-feira).

Continuar a ler

Guimarães

Obras no parque para apoio a igreja em Guimarães

Obras públicas

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães revelou hoje que a freguesia de Atães passará a contar uma área reformulada na zona envolvente à igreja de S. Cosme e S. Damião com o objetivo de facilitar o acesso da população que ali desloque.


“[Este projeto] tem em atenção as necessidades de todo o território e da população em geral. Fizemos e estamos a fazer diversas obras nas freguesias, em articulação com as juntas, no sentido de fortalecer a coesão territorial e garantir um desenvolvimento global do nosso concelho”, refere o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, citado numa nota da autarquia.

O autarca visitou as obras em Atães com o presidente da União de Freguesias de Atães e Rendufe, Patrício Araújo.

Em causa está a criação de uma zona de estacionamento para cerca de uma centena de viaturas, somando-se o alargamento da via, uma zona de lazer e obras de beneficiação no adro da igreja.

Continuar a ler

Guimarães

BMW de 92 mil euros, roubado em Guimarães, encontrado numa garagem em Gaia

Crime

em

Foto: Divulgação / GNR

Uma viatura de luxo furtada em Guimarães foi encontrada, na sexta-feira, numa garagem em Vila Nova de Gaia, após ação do Núcelo de Investigação Criminal da GNR.


Em comunicado, aquela polícia dá conta da recuperação da viatura, no valor de 92 mil euros, numa garagem de uma habitação em São Félix da Marinha, no concelho do distrito do Porto, após uma denúncia anónima.

Após diligências, os militares realizaram uma busca àquele domicílio, apreendendo a viatura, um pára-choques e duas matrículas alemãs falsificadas.

Foi identificado um homem de 31 anos, proprietário da habitação.

A viatura e o restante material foram recuperados e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia.

Continuar a ler

Populares