Seguir o O MINHO

Braga

Guarda prisional apanhado a assaltar casa em Amares foi agora suspenso

Pela Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais

em

Foto: O MINHO

O guarda prisional de Vila Verde apanhado recentemente em flagrante delito enquanto assaltava uma mansão em Amares, com um comparsa, foi agora suspenso de funções pela Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, dado que na ocasião estava de licença.

Filipe Ribeiro, de 43 anos, residente em Lajg e guarda prisional na Cadeia Regional de Braga, conhecido pela alcunha de “Fire”, teve de ser tratado à fratura de ambas as pernas, após em julho deste ano, ter sofrido lesões na fuga à GNR depois de se lançar para uma ravina.

“Fire” está em liberdade provisória com uma pulseira eletrónica, enquanto continua o seu processo, a cargo do Núcleo de Investigação Criminal (NIC), do Destacamento Territorial da Póvoa de Lanhoso da GNR.

Populares