Grupo DST vai oferecer obras de arte à UMinho e está à procura de artistas

Foto: UMinho

A zet gallery e o dstgroup vão ceder duas obras de arte à Universidade do Minho – em Braga e Guimarães – no âmbito das comemorações dos seus 50 anos, e vai convocar os artistas, quer portugueses quer internacionais, plásticos e visuais, através de uma ‘Open Call’ que encerra a 14 de fevereiro de 2024.

O júri, composto por um representante da zet gallery, outro da Universidade do Minho e a artista visual Sandra Baía, analisará as propostas e selecionará os dois melhores projetos de um mesmo autor ou de autores diferentes.

A cada uma das obras, destinadas ao Campus de Gualtar, em Braga, e ao Campus de Azurém, em Guimarães, será atribuído um apoio de 15.000 euros.

A partir do próximo dia 26 de dezembro e até 30 de janeiro de 2024, os candidatos poderão solicitar mais informação ou visita técnica ao local, juntamente com a equipa da zet gallery, através do e-mail [email protected].

“A zet gallery terá a seu cargo a produção e a implementação das obras de arte, devendo o vencedor acompanhar, ativamente, todo o processo de produção e de implementação, bem como fornecer todas as informações técnicas necessárias à sua correta produção e implementação”, explica a promotora, em comunicado.

As candidaturas poderão ser feitas já a partir de hoje e o respetivo Regulamento do ‘Open Call’, poderá também ser consultado nas redes sociais da zet gallery, do dstgroup e da Universidade do Minho.

A Open Call ficará aberta até às 23:59 de sexta-feira, 02 de fevereiro de 2024, as propostas deverão ser enviadas para o e-mail [email protected] e os resultados serão anunciados até às 23:59 de quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Mulher gravemente ferida após ser atropelada em Valença

Próximo Artigo

Licenciamentos de obras em Vila Verde passam a ser exclusivamente 'online'

Artigos Relacionados
x