Seguir o O MINHO

Alto Minho

Formalizada candidatura luso-galaica a Património Cultural Imaterial da UNESCO

Conclusão do processo prevista para 2022

em

Foto: DR

O presidente da associação ‘Ponte…nas Ondas!’, Santiago Veloso, anunciou hoje a apresentação, junto da UNESCO, de uma candidatura luso-galaica ao Registo de Boas Práticas com o Património Cultural Imaterial, estimando a conclusão do processo em 2022.

“O que apresentamos foi o trabalho da ‘Ponte…nas Ondas!’ como modelo de boas práticas de salvaguarda do Património Imaterial que partilhamos, galegos e os portugueses. A língua e a cultura. Todas as expressões do Património Imaterial. As lendas, contos, artesanato e música tradicional que trabalhamos nas escolas dos dois países”, especificou.

Contactado pela agência Lusa, a propósito de uma nota hoje enviada à imprensa a informar da apresentação “pelos Estados de Portugal e Espanha daquela candidatura, o responsável galego adiantou que a associação “levou três anos a preparar o processo, em coordenação com a Comissão Nacional da UNESCO de Portugal, Ministério da Cultura de Espanha e a Junta da Galiza”.

“Agora a candidatura vai ser avaliada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) que, no final de 2022 tornará pública a inscrição da candidatura na lista das Boas Práticas”, referiu o responsável da associação “criada há 25 anos e constituída por professores de escolas primárias, secundárias e universidade dos dois países”.

Na nota hoje enviada, a associação adiantou que o “Ministério da Cultura e Desporto de Espanha confirmou a candidatura ao Registo de Boas Práticas de Salvaguarda, na categoria de Património Cultural Imaterial, assinada na quinta-feira pelos embaixadores de Portugal e Espanha na UNESCO”, António da Nóvoa e Juan Andrés Perelló Rodríguez.

“A candidatura multinacional apresentada por Portugal e Espanha, com o apoio da Xunta da Galiza, é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela Associação Cultural e Pedagógica Ponte?nas Ondas! desde há 25 anos pelo seu compromisso com o património comum à Galiza e a Portugal”, refere o documento.

“Temos uma grande notícia. Foi apresentada à UNESCO a candidatura de Ponte nas Ondas como Registo de Boas Práticas para ser debatida no próximo Comité, anunciou o Ministério da Cultura de Espanha nas redes sociais, citado na nota.

“A inscrição do modelo ‘Ponte…nas Ondas!’ na UNESCO permitirá dar a conhecer uma experiência única criada e desenhada no território da eurorregião Galiza/Norte de Portugal. Para a associação trata-se de um feito fundamental para uma trajetória que vem a cumprir nos 25 anos de história e que vai contribuir para sensibilizar para o trabalho desenvolvido pela comunidade educativa e o âmbito cultural galego-português com o património partilhado”, sustenta o documento.

Após a formalização da candidatura, seguem-se “as fases de estudo e de documentação até o 30 de setembro de 2021, e uma última fase de avaliação entre dezembro e junho do ano 2022”, acrescenta.

“No mês de novembro de 2022, após todos os trâmites prévios, o Comité deve fazer a inscrição no Registo das Boas Práticas com o Património Cultural Imaterial”.

Populares