Seguir o O MINHO

Braga

Vítima de queda em cascata no Gerês é um jovem turista francês que não conhecia o local

Autoridades pedem prudência: “Não se deixem deslumbrar pela beleza natural” das cascatas” (atualização)

em

Foto: O MINHO

A vítima de uma queda na cascata da Rajada, em Vilar da Veiga, no Gerês, ao final da tarde desta quinta-feira, é um turista francês, de 25 anos [NDR. e não uma mulher, como fora inicialmente avançado].

Ao que O MINHO apurou, o jovem, que não conhecia a zona, um local “bastante sinuoso, de difícil acesso”, escorregou e sofreu vários ferimentos, considerados ligeiros.

Após o alerta, recebido cerca das 18:10, foram acionados para o local, através do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS), uma Viatura Médica de Emergência e de Reanimação (VMER), a partir do Hospital de Braga, uma equipa de militares de busca e de resgate em montanha do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da Guarda Nacional Republicana e os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, num total de 12 operacionais e quatro meios terrestres, que prestaram socorro.

No início desta semana, na sequência de mais uma ocorrência do género, também com uma jovem, o GIPS apelou, através de uma publicação no Facebook, para que os visitantes “não se deixem deslumbrar pela beleza natural” das cascatas no Gerês.

EM FOCO

Populares