Seguir o O MINHO

Desporto

FC Porto interessado no melhor marcador do Famalicão

em

Foto: Divulgação

O avançado Rui Costa, melhor marcador do Famalicão e terceiro da II Liga, pode estar de saída da equipa minhota. Segundo avança o jornal O Jogo, as negociações com o FC Porto estão perto do desfecho. 


Com 12 golos marcados até ao momento, Rui Costa não esteve na convocatória do passado fim de semana. Dito, treinador do Famalicão, alegou que o jogador não tinha condições psicológicas e esclareceu que as saídas não eram responsabilidade sua.

Rui Costa foi contratado no início da época pelo Portimonense depois de se ter destacado ao serviço do Varzim, e foi logo cedido ao Famalicão.

As negociações entre FC Porto, Portimonense e Famalicão já estarão em estado avançado, e Rui Costa deve seguir para a equipa B.

Anúncio

Futebol

Gil Vicente confirma Rui Almeida

I Liga

em

Foto: DR

O Gil Vicente anunciou esta segunda-feira que o novo treinador da equipa é Rui Almeida, confirmando a informação adiantada há meses pela imprensa desportiva e que até levou Vítor Oliveira a mostrar publicamente desagrado com a direção.

Rui Almeida abraça a primeira experiência em solo português como treinador principal.

“O Gil Vicente FC informa que Rui Almeida assume o comando técnico dos gilistas para a época 2020/21. Bem-vindo a Barcelos, ‘mister’!”, lê-se em comunicado publicado pela formação de Barcelos nas redes sociais.

Rui Almeida, de 50 anos, trabalhou cinco anos nos dois principais escalões franceses, com passagens por Red Star (2015-2017), Bastia (2017), Troyes (2018/19) e Caen (2019/20), e foi adjunto de Jesualdo Ferreira nos gregos do Panathinaikos e no Sporting (2012/13), no Sporting de Braga (2013/14) e nos egípcios do Zamalek (2014/15).

Natural de Lisboa, o técnico começou por orientar CAC Pontinha, Atlético e a formação do Benfica nos anos noventa, antes de assumir as funções de coordenador técnico da Associação de Futebol de Lisboa, coadjuvar as equipas técnicas de Estoril-Praia (2002-2008) e Trofense (2008-2010) e comandar a seleção sub-23 da Síria (2010-2012).

Rui Almeida estava desempregado desde setembro de 2019 e rende Vítor Oliveira, que conduziu o Gil Vicente a uma campanha tranquila na I Liga, culminada na 10.ª posição, com 43 pontos, 10 acima da zona de despromoção, numa temporada assinalada pelo regresso administrativo à elite, a partir do Campeonato de Portugal, após o ‘caso Mateus’.

Ainda sem reforços anunciados para a próxima época, os minhotos confirmaram o fim dos empréstimos do defesa Arthur Henrique (cedido pelos brasileiros do Ferroviária), do médio Bozhidar Kraev (regressou aos dinamarqueses do Midtjylland) e dos avançados Sandro Lima, Yves Baraye e Zakaria Naidji, que pertencem aos quadros de Grêmio Anápolis, dos italianos do Parma e dos argelinos do AC Paradou, respetivamente.

Continuar a ler

Futebol

Jorge Jesus quer recuperar “prestígio internacional” do Benfica, mas recusa ser “salvador”

Futebol

em

Foto: SL Benfica

O treinador Jorge Jesus assumiu hoje que regressou ao Benfica para “ganhar e para unir a nação benfiquista”, recusando, contudo, definir-se como o “salvador” de um projeto que tem como objetivo “recuperar o prestígio internacional” do clube.

“Aos benfiquistas, quero dizer que vim para ganhar, porque estou habituado a ganhar, mas também vim para unir a nação benfiquista. Vim para o Benfica com a mesma crença que tinha no dia 19 de junho de 2009, quando fui apresentado pela primeira vez. Venho com a mesma vontade de ganhar, com a mesma convicção, estou determinado e com muita vontade de ganhar coisas importantes”, afirmou Jorge Jesus, durante a apresentação como novo técnico dos ‘encarnados’.

Jorge Jesus recusou que tenha regressado ao Benfica para se “reformar” e revelou que vai “ganhar menos do que ganhava no Flamengo”, deixando uma certeza: “Vim para o Benfica porque acredito no projeto, nesta nação e nas condições para fazer do Benfica grande, para recuperar o prestígio internacional. É fundamental voltarmos a ganhar.”

O técnico, que assinou por duas temporadas com o Benfica, foi perentório e revelou alguma emoção no momento de abordar este regresso a Portugal, após um ano no Flamengo.

https://www.facebook.com/SLBenfica/posts/10164049964735716

“Não sou o salvador. Salvadores vamos ser todos nós. Cheguei de um grande clube, que se uniu à volta do seu treinador, da sua equipa e, por isso, é que ganhámos grandes títulos internacionais. Quero agradecer ao Flamengo, do fundo do coração, pela forma como me trataram, a amizade e amor que tiveram por mim. Agora, pensem: o Flamengo tem 50 milhões de adeptos. Para eu vir para o Benfica tinha de haver uma causa muito grande, que é voltar a ganhar”, observou.

Jorge Jesus, de 66 anos, está de regresso ao clube da Luz cinco anos depois de ter saído para o Sporting, tendo sido técnico principal do Benfica entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente, três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória SC, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e SC Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado ainda pelo Al-Hilal antes de chegar ao Flamengo, no qual arrecadou seis troféus em pouco mais de um ano, entre os quais o campeonato brasileiro e a Taça Libertadores.

Continuar a ler

Futebol

Jorge Jesus assina contrato como treinador do Benfica por dois anos

Futebol

em

Foto: SL Benfica

O treinador de futebol Jorge Jesus assinou hoje contrato com o Benfica por dois anos, até ao final da temporada 2021/22, anunciou o clube ‘encarnado’, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que acabou de formalizar o acordo para a contratação do treinador Jorge Jesus, ao abrigo de um contrato de trabalho desportivo para vigorar nas próximas duas épocas desportivas”, indica o comunicado.

Jorge Jesus, de 66 anos, já tinha sido confirmando como novo técnico dos ‘encarnados’ em 17 de julho, dia em que rescindiu com o Flamengo, após conquistar seis troféus em pouco mais de um ano, incluindo a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro.

O técnico luso regressa a um cargo que ocupou entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente, três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

https://www.facebook.com/SLBenfica/videos/311842780010203

No total dos seis anos, o treinador, nascido na Amadora, em 24 de julho de 1954, somou 321 encontros pelos ‘encarnados’, conseguindo 225 vitórias, 52 empates e 44 derrotas, com 674 golos marcados e 249 sofridos.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória SC, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e SC Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado, no estrangeiro, por Al-Hilal e Flamengo.

Jorge Jesus está a ser apresentado como novo treinador do Benfica, sucedendo a Nélson Verríssimo, o substituto temporário de Bruno Lage, numa cerimónia a decorrer no Benfica Campus, o centro de estágio das ‘águias’, no Seixal.

Continuar a ler

Populares