Seguir o O MINHO

Futsal

Fafe recebe finais da Taça de Portugal de futsal masculino e feminino

A 21, 22 e 23 de junho

em

Foto: Twitter

A Federação Portuguesa de Futebol deliberou, esta quarta-feira, que as Taças Nacionais de futsal serão discutidas em Fafe nos dias 21, 22 e 23 de junho, anunciou a Associação de Futebol (AF) de Braga. Como habitualmente, os três troféus serão disputados na vertente masculina (Juniores A, B e C) e dois na feminina (Seniores e Juniores A).


Numa nota enviada a O MINHO, na quinta-feira à noite, a AF Braga cita Pompeu Martins, vereador do Desporto da Câmara Municipal de Fafe, que não esconde a importância deste evento para o município.

“É com grande satisfação que recebemos esta notícia. Todos os clubes de futsal de Fafe, tanto os que participam nas provas profissionais como os que integram as provas locais, têm uma enorme expressão na cidade e em todo o concelho. Temos quase 1000 praticantes de futsal e este número revela bem o trabalho que está a ser feito por inúmeros agentes desportivos para promover a modalidade. Penso que estamos no bom caminho e estou absolutamente convicto que vamos continuar a crescer a este nível”, pode ler-se.

O responsável camarário perspetiva grande adesão popular às Taças Nacionais de futsal: “Os fafenses são pessoas simpáticas e acolhedoras. Há um historial longo de grande adesão a todo o tipo de eventos. Como há muita gente com grande paixão pelo futsal, estou convicto que vai haver muita gente interessada em assistir aos jogos que vão decorrer durante os três dias de competição. Tudo nos leva a crer que será um evento de grande envergadura.”

A satisfação por esta decisão da FPF é partilhada por Manuel Machado, presidente da AF Braga.

“É um momento importante e pode ajudar-nos a estimular o crescimento da modalidade no distrito de Braga. Estamos felizes por nos terem atribuído a este evento, cujo caderno de encargos foi realizado em parceria entre a CM de Fafe e a AF Braga.”

O presidente elogia ainda a política de descentralização da FPF.

“A Federação tem desenvolvido um importante papel na descentralização destas iniciativas e os resultados têm sido muito positivos, nomeadamente no crescimento do número de praticantes nos últimos anos. Nós cá estaremos para ajudar nesse propósito”, concluiu.

Anúncio

Futsal

Lyon, da ex-SC Braga Jéssica Silva, vence ‘Champions’ de futebol feminino

Futebol feminino

em

Foto: Dr / Arquivo

As francesas do Lyon reforçaram hoje a sua hegemonia no futebol feminino europeu ao tornarem-se pentacampeãs, depois de vencerem as alemãs do Wolfsburgo por 3-1, na final da Liga dos Campeões, em San Sebastián, Espanha. A portuguesa Jéssica Silva, que alinhou no SC Braga, também foi campeã.

O sétimo título europeu das gaulesas começou a ser construído com tentos da experiente avançado Eugénie Le Sommer, aos 25 minutos, e da japonesa Saki Kumagai, aos 44.

Alexandra Pop, logo após o intervalo, aos 48, ainda reduziu para 2-1 para as tetracampeãs alemãs, presentes na quinta final da sua história, contudo, aos 88, a islandesa Sara Björk Gunnarsdóttir, com um desvio na pequena área, selou o 3-1 final para as francesas, que não contaram com a internacional portuguesa Jéssica Silva.

Com este ‘penta’ consecutivo, conquistado na nona final disputada, o Lyon lidera o ‘ranking’ de vencedores da Liga dos Campeões feminina, com sete títulos europeus, seguido das alemãs do Frankfurt com quatro e as compatriotas do Wolfsburgo e Turbine Potsdam, com os mesmos dois das suecas do Umea, enquanto as germânicas do Duisburgo e as inglesas do Arsenal foram campeãs uma vez.

Ainda assim, em 19 edições, a Alemanha lidera com nove troféus, seguida da França com sete, Suécia com dois e Inglaterra com um.

Continuar a ler

Desporto

SC Braga apurado para as ‘meias’ da Taça de futsal

Futsal

em

Foto: DR / Arquivo

O SC Braga garantiu hoje o apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal de futsal, ao vencer o Ladoeiro, por 3-2, numa partida cujo marcador só tomou um ritmo eletrizante depois do intervalo.

No dia de abertura da final a 8, no Centro de Congressos e Desportos de Matosinhos, Coelho (21 minutos), Allan Guilherme (24) e Cássio (27) concretizaram os golos dos minhotos, enquanto Caio Santos (28 e 29) bisou pela formação de Idanha-a-Nova.

O jogo decorreu à porta fechada por determinação da Federação Portuguesa de Futebol, em resposta à pandemia de Covid-19, que já provocou mais de 4.500 mortos e 124 mil infeções em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

Finalista da prova ‘rainha’ em 2006/07 e 2012/13 e sétimo na fase regular do campeonato, o Sporting de Braga vai defrontar no sábado o vencedor do embate entre os primodivisionários Portimonense e Eléctrico, que medem forças às 17:00 de hoje.

O Ladoeiro fechou a melhor prestação de sempre na Taça de Portugal, ao deixar cinco emblemas pelo caminho, e concentra agora as atenções para o ‘play-off’ de acesso ao principal escalão do futsal português, após o segundo posto na Série D da II Divisão.

Sem qualquer ponta de favoritismo, os idanhenses subiram à quadra com maior intensidade nos duelos e transições prometedoras, assentes nos atrevidos Renato Rodrigues e Eskerda, perante a desinspiração bracarense no ataque ao último terço.

O técnico David Lopes solicitou uma pausa técnica para subir a clarividência na circulação, mas os minhotos só encontraram caminho para testar o guarda-redes Gaza em alguns remates exteriores de Márcio, insuficientes para beliscar o nulo ao intervalo.

O reatamento teve o condão de acrescentar emotividade e vincar as diferenças teóricas entre os dois conjuntos, já que Coelho precisou de poucos segundos para concluir uma bola parada às três tabelas e disfarçar a apatia bracarense aos 21 minutos.

Obrigado a arriscar na frente, o Ladoeiro perdeu consistência defensiva, foi apanhado em contrapé e concedeu mais dois golos, com destaque para o toque de calcanhar de Allan Guilherme, aos 24, três minutos antes de Cássio ‘fuzilar’ na zona dos 10 metros.

Só um misto de crença e desatenção alheia permitiu que o sonho albicastrense não descambasse por completo, tendo como protagonista Caio Santos, que materializou duas saídas rápidas na cara de Leandro Costa entre os 28 e os 29 minutos.

Os idanhenses reentraram na discussão, criaram situações para empatar e forçaram a reação final com o guarda-redes avançado Marquito, obrigando os minhotos a recorrerem à experiência do recém-entrado guarda-redes Vítor Hugo para segurar o triunfo.

Ficha de Jogo

Jogo no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos, em Matosinhos.

SC Braga – Ladoeiro, 3-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Coelho, 21 minutos.

2-0, Allan Guilherme, 24.

3-0, Cássio, 27.

3-1, Caio Santos, 28.

3-2, Caio Santos, 29.

Equipas:

– SC Braga: Leandro Costa, Coelho, Nilson, Bruno Cintra e Allan Guilherme. Jogaram ainda Vítor Hugo, Márcio, Amílcar, Douglas, Ricardinho, Daniel Rosa e Cássio.

Treinador: David Lopes.

– Ladoeiro: Gaza, Gonçalo Gonçalves, Markito, Eskerda e Renato Rodrigues. Jogaram ainda Paulo Ferreira, Caio Santos, Diogo Ferreira, Fábio Faria e Kilson Santos.

Treinador: Vítor Caramelo.

Árbitros: José Moreira e Rúben Santos.

Ação disciplinar: Nada a assinalar.

Assistência: Sem espetadores por determinação da Federação Portuguesa de Futebol, em resposta à pandemia de Covid-19.

Continuar a ler

Futsal

Custódio “recupera” André Horta e Wilson Eduardo

I Liga

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O novo treinador do SC Braga, Custódio Castro, chamou, esta quinta-feira, André Horta e Wilson Eduardo para a receção ao Portimonense, sexta-feira, da 24.ª jornada da I Liga de futebol, mas não pode contar com Sequeira.

O grande destaque é o regresso aos eleitos, quase um mês depois, de Wilson Eduardo, que tinha deixado de ser opção para Rúben Amorim, que justificou a ausência com o facto do avançado estar em final de contrato.

Bruno Wilson e André Horta ficaram de fora do jogo com o Marítimo (vitória por 2-1), o primeiro por castigo e o segundo por opção, e fazem ambos parte da primeira convocatória de Custódio Castro.

De fora, ficou Sequeira, que se lesionou na Madeira e se juntou a Wallace e Tormena nos indisponíveis por motivos físicos, tendo o novo treinador chamado ainda Pedro Amador e prescindido de Anthony, também habitual titular na equipa B.

SC Braga, terceiro classificado, com 43 pontos, e Portimonense, 17.º, com 16, defrontam-se a partir das 20:30 de sexta-feira, no Estádio Municipal de Braga, num jogo que vai ser arbitrado por Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.

Lista dos 20 convocados:

– Guarda-redes: Matheus, Tiago Sá.

– Defesas: Pedro Amador, David Carmo, Bruno Viana, Bruno Wilson, Esgaio, Raul Silva e Diogo Viana.

– Médios: André Horta, Fransérgio, João Novais, Palhinha.

– Avançados: Wilson Eduardo, Abel Ruiz, Ricardo Horta, Paulinho, Trincão, Rui Fonte e Galeno.

Continuar a ler

Populares