Seguir o O MINHO

Futsal

Fafe recebe finais da Taça de Portugal de futsal masculino e feminino

A 21, 22 e 23 de junho

em

Foto: Twitter

A Federação Portuguesa de Futebol deliberou, esta quarta-feira, que as Taças Nacionais de futsal serão discutidas em Fafe nos dias 21, 22 e 23 de junho, anunciou a Associação de Futebol (AF) de Braga. Como habitualmente, os três troféus serão disputados na vertente masculina (Juniores A, B e C) e dois na feminina (Seniores e Juniores A).

Numa nota enviada a O MINHO, na quinta-feira à noite, a AF Braga cita Pompeu Martins, vereador do Desporto da Câmara Municipal de Fafe, que não esconde a importância deste evento para o município.

“É com grande satisfação que recebemos esta notícia. Todos os clubes de futsal de Fafe, tanto os que participam nas provas profissionais como os que integram as provas locais, têm uma enorme expressão na cidade e em todo o concelho. Temos quase 1000 praticantes de futsal e este número revela bem o trabalho que está a ser feito por inúmeros agentes desportivos para promover a modalidade. Penso que estamos no bom caminho e estou absolutamente convicto que vamos continuar a crescer a este nível”, pode ler-se.

O responsável camarário perspetiva grande adesão popular às Taças Nacionais de futsal: “Os fafenses são pessoas simpáticas e acolhedoras. Há um historial longo de grande adesão a todo o tipo de eventos. Como há muita gente com grande paixão pelo futsal, estou convicto que vai haver muita gente interessada em assistir aos jogos que vão decorrer durante os três dias de competição. Tudo nos leva a crer que será um evento de grande envergadura.”

A satisfação por esta decisão da FPF é partilhada por Manuel Machado, presidente da AF Braga.

“É um momento importante e pode ajudar-nos a estimular o crescimento da modalidade no distrito de Braga. Estamos felizes por nos terem atribuído a este evento, cujo caderno de encargos foi realizado em parceria entre a CM de Fafe e a AF Braga.”

O presidente elogia ainda a política de descentralização da FPF.

“A Federação tem desenvolvido um importante papel na descentralização destas iniciativas e os resultados têm sido muito positivos, nomeadamente no crescimento do número de praticantes nos últimos anos. Nós cá estaremos para ajudar nesse propósito”, concluiu.

Populares