Seguir o O MINHO

Cávado

Esposende recupera casas com mais de 2.000 anos de existência

em

O Município de Esposende está a proceder à recuperação das casas do Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, num investimento de cerca de 10.600 euros, foi hoje anunciado.


Além da reconstrução de cinco habitações, pertencentes a dois núcleos habitacionais, a intervenção contempla a reconstituição dos espaços de circulação daquele espaço que remonta ao século III A.C..

Em comunicado, a autarquia de Esposende diz estar focada “na concretização do projeto de desenvolvimento delineado para o território concelhio”, com este castro a afigurar-se “como elemento fundamental na consciencialização da população, principalmente junto dos mais novos, do ponto de vista da transmissão histórica sobre o contexto da fundação de Esposende”.

“Neste espaço decorre, anualmente, a Galaicofolia, 2000 anos de festa – (um evento cultural, de lazer e entretenimento promovido pelo Município de Esposende, com o objetivo de afirmar o património local).

Foto: Divulgação / CM Esposende

“Os trabalhos agora desenvolvidos no Castro de S. Lourenço obedeceram a critérios fundamentados pela experiência adquirida nas intervenções realizadas em outros castros nacionais e galegos e, sobretudo, nos resultados obtidos com as intervenções arqueológicas realizadas no próprio castro”, refere a nota enviada às redações.

“Assim, os edifícios foram reconstruídos maioritariamente com a pedra das sucessivas campanhas de escavação, obedecendo ao desenho dos seus alicerces, recuperados nas intervenções arqueológicas”, acrescenta.

Foram recuperados três edifícios circulares, uma estrutura oblonga, sendo a restante de planta irregular. No interior de uma delas respeitou-se o banco de pedra corrido encostado a uma das paredes.

“A manutenção e recuperação das coberturas dos cinco edifícios exige uma ação consistente, garantindo a qualidade do serviço público prestado por este local icónico do Município de Esposende, reconhecido a nível nacional e internacional”, diz a mesma fonte.

De realçar que o Castro de S. Lourenço, integrado na Rede de Castros do Noroeste, consta como o maior fator atrativo do concelho, tendo obtido o certificado de excelência pela maior plataforma de viagens do mundo que ajuda milhões de viajantes a potenciarem ao máximo cada viagem, a Tripadvisor.

Entre 2014 e 2019 foram registados mais de 68 mil visitantes, incluindo alunos e participantes em atividades de Serviço Educativo, crescimento resultante do investimento que o Município de Esposende tem feito no Castro de S. Lourenço, sublinha a autarquia.

A aquisição de terrenos, num investimento de 150 mil euros, permitiu requalificar o espaço envolvente à segunda linha de muralhas. Posteriormente foi construída a área de merendas e o circuito pedonal, zonas de estacionamento, reflorestação com espécies autóctones, recuperação do muro de pedra solta para delimitação do recinto, criação de espaço informal de anfiteatro naturalizado, instalações sanitárias e ilha ecológica, num investimento de cerca de 250 mil euros.

No CISL os visitantes têm à sua disposição o documentário “Quem somos e de onde vimos…”, que permite conhecer o Castro de S. Lourenço no contexto do Noroeste Peninsular, refletindo as vivências do castro ao longo de 20 séculos de ocupação. Os mais novos podem assistir ao filme “Caturo, o pequeno guerreiro” e os especialistas têm à sua disposição o livro “Memórias Arqueológicas do Castro de S. Lourenço” uma publicação com dois volumes.

“IDENTIDADE(S): o Homem e o Território Esposende nas origens da Cultura Castreja” é a mais recente exposição do Centro Interpretativo de S. Lourenço e, tal como a exposição “Mar Histórias”, pode ser visitada gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00 e aos fins-de-semana e feriados, entre as 14:00 e as 18:00.

Encontra-se, ainda, em execução as ações previstas para o “Circuito Megalítico do Planalto de Vila Chã, num investimento de cerca de 30 mil euros, financiadas pela candidatura PROVERE MINHO Inovação.

Para mais informações poderá entrar em contacto com o Serviço de Património Cultural, através do 253 960 179 ou do e-mail [email protected]

Anúncio

Barcelos

Mulher em estado grave após colisão frontal em Barcelos

EN 205

em

Foto: DR

Uma mulher de 40 anos sofreu ferimentos graves na sequência de uma colisão entre duas viaturas ligeiras, esta noite de sexta-feira, na EN 205, em Barcelos.

Ao que apurou O MINHO, as duas viaturas colidiram frontalmente, por razões ainda desconhecidas, em frente ao restaurante Taberna O Manhoso, em Tamel São Veríssimo.

Para além da vítima grave, outros dois homens, de 40 e 45 anos, sofreram ferimentos ligeiros.

As três vítimas foram transportadas ao Hospital de Braga pelos Bombeiros de Barcelos, que estiveram no local com três ambulâncias, viatura de desencarceramento e uma viatura tática com dois elementos do comando.

A vítima grave foi acompanhada para o hospital pela equipa médica da VMER de Barcelos.

O Destacamento de Trânsito da GNR registou a ocorrência.

O alerta foi dado às 23:02.

Pelas 00:10 horas, o trânsito encontra-se condicionado para limpeza da via.

Continuar a ler

Barcelos

Intermarché de Barcelos abre na próxima quinta-feira com posto de combustíveis

Junto ao Estádio Cidade de Barcelos

em

Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

A inauguração do Intermarché de Barcelos vai realizar-se na próxima quinta-feira, 24 de setembro, anunciou hoje a empresa.

O hipermercado, localizado na Rua do Faial, freguesia de Vila Boa, junto ao Estádio Cidade de Barcelos, conta também com um posto de combustíveis.

Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

O Intermarché é a primeira insígnia do Grupo Os Mosqueteiros a atuar há mais de 40 anos por toda a Europa.

Em Portugal há mais de 20 anos, conta com mais de 240 pontos de venda, espalhados por mais de 180 concelhos, nos 18 distritos do país.

O grupo é dirigido diretamente por empresários independentes, que são donos e responsáveis, na íntegra, pela gestão de cada loja, e que beneficiam de um conjunto de estruturas comuns de vendas, logística, direção comercial, desenvolvimento e qualidade.

No caso de Barcelos, a gerência é a mesma dos hipermercados de Ponte de Lima e Prado (Vila Verde).

“Depois de Ponte de lima (15 anos) de Vila de Prado (4 anos) chegamos a Barcelos. A mesma qualidade, o mesmo serviço de excelência, o foco em si, o foco desta feita nos barcelenses, são para nós bandeiras inegociáveis”, lê-se no anúncio de abertura do Intermarché de Barcelos nas redes sociais.

Continuar a ler

Barcelos

Homem sofre queimaduras graves com soda cáustica em Barcelos

Transportado para o Hospital de S. João no Porto

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem na casa dos 50 anos sofreu queimaduras graves quando manuseava soda cáustica, na tarde desta sexta-feira, na freguesia de Aguiar, concelho de Barcelos.

Ao que O MINHO apurou, a vítima estava a diluir soda cáustica com água e o líquido saltou-lhe para a cara e olhos.

O acidente deu-se na residência do homem, que foi transportado para o Hospital de S. João, no Porto, com ferimentos considerados graves.

O alerta foi dado às 15:03.

Os Bombeiros de Barcelos prestaram socorro com dois operacionais e uma viatura e tiveram o apoio da VMER de Barcelos.

Continuar a ler

Populares