Seguir o O MINHO

Braga

Eleições no PSD/Braga com dois candidatos unidos por um Rio – e separados por outro

Ex-administrador do PEB apresenta-se a eleições contra o atual líder da estrutura

em

Humberto Carlos (à esquerda), Hugo Soares (à direita). Foto: Arquivo

Humberto Carlos, ex-administrador do Parque de Exposições de Braga (atual Altice FORUM) e Hugo Soares, deputado e atual líder da comissão política, são candidatos à liderança da concelhia de Braga do PSD. Os dois apoiam Ricardo Rio, o presidente da Câmara de Braga mas Carlos é um apoiante desde a primeira hora de Rui Rio, em contraponto com Soares um crítico “feroz” da actual liderança e pró Luís Montenegro.

As eleições estão marcadas para 15 de março e segundo nota enviada por Hugo Soares às redacções, os ‘pesos pesados’ do partido estão com ele a começar pelo próprio Ricardo Rio que aparece como mandatário a que se acrescentam nomes como João Granja, Rui Morais, Américo Afonso ou Carlos Alberto Pereira.

Esta eleição assume alguma importância estratégica a nível político, já que será a comissão eleita que terá o ‘poder’ de escolher o nome do candidato a integrar a lista para deputados nas eleições legislativas.

No entanto, Hugo Soares lembra que “serão três as eleições que o nosso partido disputará. As eleições europeias e as eleições legislativas são atos eleitorais que mobilizarão o nosso PSD local. Nas eleições europeias – que deverão servir de alavanca para a vitória nas eleições legislativas -, o PSD de Braga tem a obrigação de estar comprometido em mobilizar todos os nossos concidadãos para os desafios europeus na certeza que os nossos candidatos são aqueles que melhor representarão os interesses nacionais no parlamento europeu”.

Adiantando ainda que “e se estas não fossem razões bastantes para pedir o voto, soma-se a circunstância de do nosso distrito estar como candidato um dos melhores eurodeputados no hemiciclo europeu”, referindo-se a José Manuel Fernandes.

Mas a verdade é que serão as eleições legislativas a motivar maior atenção por parte de todos os militantes bracarenses e onde se irão esgrimir todos os argumentos.

Antes ainda há umas eleições concelhias com duas diferentes fracções em disputa: de um lado, os apoiantes da continuidade e do trabalho desenvolvido por Hugo Soares e por outro, uma candidatura afecta à direcção nacional do partido.

Populares