Seguir o O MINHO

Alto Minho

Eixo Atlântico pode sair de entidade luso-galaica por não ter “voz e atenção”

em

O novo presidente do Eixo Atlântico, Ricardo Rio, afirmou hoje, em Viana do Castelo, que a associação transfronteiriça pode deixar de integrar a Comunidade de Trabalho Galiza/Norte de Portugal, por “não ter a voz e atenção que merece”.

“O Eixo Atlântico é membro pleno dessa comissão mas tem, de facto, sentido que não é um membro ativo. Parece não ser uma voz que quer ser escutada pelos demais representantes e, nesse sentido, estamos a equacionar se tem razão de ser, pertencer a essa comissão”, afirmou o também autarca de Braga, Ricardo Rio, hoje eleito presidente daquela estrutura.

O responsável, que falava aos jornalistas no final de uma reunião da comissão executiva do Eixo Atlântico, adiantou que o assunto vai ser “avaliada em futuras” reuniões, mas, decidiu hoje “expressar publicamente, a séria apreensão pela forma como esses trabalhos têm vindo a ser desenvolvidos”.

Até agora vice-presidente do Eixo Atlântico, Rio adiantou que a associação transfronteiriça, que reúne as 38 maiores cidades do Norte de Portugal e da Galiza integra, “por mérito próprio”, a Comunidade de Trabalho Galiza-Norte de Portugal.

“Ao longo dos anos demos um contributo para uma visão estratégica deste território, ajudámos a formatar um modelo de desenvolvimento para esta região, e obviamente queremos continuar a dar esse contributo”, disse.

Lembrou que o Eixo representa, “através das Câmaras Municipais, boa parte do território dessa comunidade” para justificar ” a voz e atenção” que reclama.

Além de Ricardo Rio foi ainda eleito o vice-presidente da estrutura, o ‘alcaide’ de Barco de Valdeorras, em Ourense. As mudanças na liderança da associação prendem-se com os resultados das eleições autárquicas espanholas que não reconduziram o ‘alcaide’ de A Corunha, Carlos Negreira, até agora presidente do Eixo Atlântico.

Rio anunciou ainda que está a ser elaborado um relatório preliminar com vista à apresentação, “no mais curto prazo de tempo possível”, de uma candidatura do Caminho Português a Santiago de Compostela a Património Imaterial da Humanidade.

Adiantou que o projeto já foi apresentado ao Turismo de Portugal, à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), ao governo português, e à Junta da Galiza.

“De todos recebemos um grande compromisso. Esse foi também um alento para nós, neste momento, decidirmos avançar com uma candidatura desse caminho português à Unesco”.

A comissão executiva decidiu ainda “reforçar o apoio” à campanha “Zero Roaming” para levar o Parlamento Europeu a eliminação das tarifas de ‘roaming’ a partir de dezembro.

“É uma preocupação de todos os europeus, em particular dos que vivem em territórios de fronteira, e que são, por via acidental, os que acabam por sofrer com os custos económicos desta tarifa”, sustentou.

A comissão executiva reuniu, de manhã, a bordo do navio Gil Eannes, e à tarde inaugura, também em Viana do Castelo, a Expocidades- Mostra de Turismo das Cidades do Eixo Atlântico.

Em homenagem aos 25 anos de cooperação transfronteiriça entre o Norte de Portugal e a Galiza, a Câmara de Viana do Castelo, cidade onde nasceu a associação transfronteiriça, inaugurou uma nova praça na cidade, onde está a partir de agora instalada uma escultura de Xose Luís Otero, artista plástico galego.

Anúncio

Alto Minho

Altominho TV nomeada para prémio de ciberjornalismo

Reportagem “Os últimos brandeiros de Val de Poldros”

em

Foto: Imagens Altominho TV

Uma reportagem da Altominho TV, webtv do distrito de Viana do Castelo, encontra-se entre as nomeadas para os prémios do Observatório de Ciberjornalismo (ObCiber), na categoria de “Ciberjornalismo de Proximidade”, anunciou hoje o observatório.

Em causa está um trabalho sobre “Os últimos brandeiros de Val de Poldros”, no concelho de Monção, da autoria da jornalista Andreia Ferreira e do operador de câmara Alexandre Ferreira.

Vídeo: “Era um dos exemplos de brandas no Alto Minho, povoados de montanha apenas habitados durante os meses quentes, para aproveitar os pastos verdes. Eva Teixeira e Valdemar Martins foram os últimos habitantes da Branda de Santo António de Val de Poldros, freguesia de Riba de Mouro, concelho de Monção. Há cerca de 20 anos renderam-se à solidão e nunca mais voltaram à aldeia. Hoje ainda recordam a festa de Santo António, uma das mais genuínas romarias do Alto Minho”

– YouTube de Altominho TV

Os nomeados, segundo explica o ObCiber, “foram selecionados entre as várias candidaturas apresentadas e a atribuição dos prémios é feita por um júri, havendo também uma votação online para o melhor em cada categoria”.

“Valentyna Bilous: Do sorriso lindo de princesa à força de um golpe no ringue”, do jornal Região de Leiria, e “O homem na lua visto há 50 anos da Beira Baixa”, do jornal Reconquista, são os outros dois trabalhos nomeados naquela categoria.

As votações para o prémio decorrem até à próxima sexta-feira, 22 de novembro, sendo os vencedores anunciados na quinta-feira da próxima semana, dia 28. Os internautas podem votar em https://obciber.wordpress.com/.

Fundada em 2012, a Altominho TV, que tem delegações em Paredes de Coura, Monção e Ponte de Lima, tem contribuído para registar imagens de acontecimentos, locais e tradições dos dez concelhos de Viana do Castelo, tendo guardado no seu site, em altominhotv.com, e no canal de YouTube, em youtube.com/user/altominhotv, todo o vasto património de imagens produzido desde então.

(notícia atualizada às 14h08)

Continuar a ler

Alto Minho

Bombeiros de Valença homenageados na Galiza

Confrades de honra de San Telmo

em

Foto: Cortesia de Radio Municipal de Tui

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valença foi, este sábado, alvo de uma homenagem na catedral da cidade vizinha de Tui, na Galiza (Espanha).

Esta homenagem, fruto de “uma histórica ligação” de apoio ao longo dos 100 anos da corporação portuguesa, foi proposta pela Confraria de San Telmo, baseada naquela cidade espanhola, que reconheceu não só a direção como todo o corpo de bombeiros como “confrades de honra de San Telmo”.

Esteve presente o presidente da direção, Fernando Oliveira, e o comandante do corpo de bombeiros, Miguel Lourenço, assim como outros elementos da direção, do corpo ativo e do quadro de honra daquela instituição.

“A todos os Tudenses, um enorme agradecimento pelo reconhecimento e importante nomeação, que será sem dúvida mais um marco no ano de cumprimento do nosso centenário de vida”, referiu a associação, em comunicado divulgado na sua página de Facebook.

Os Bombeiros de Valença, assim como os serviços de proteção civil, efetuam, ao longo do ano e sob várias valências, uma série de serviços em conjunto com os meios de socorro galegos.

A associação está a celebrar, em 2019, o seu centenário.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Viana: Emília Cerqueira e Jorge Mendes eleitos para a coordenação de comissões parlamentares

A deputada vai coordenar o Grupo Parlamentar do PSD nas matérias relacionadas com a problemática do Mundo Rural e do Mar

em

Emília Cerqueira e Jorge Mendes, deputados eleitos por Viana. Foto: Divulgação

Os deputados do PSD escolheram, na quinta-feira, os Coordenadores e Vice-coordenadores do partido nas Comissões Parlamentares Permanentes, tendo sido eleitos os deputados do PSD do distrito de Viana do Castelo, Emília Cerqueira e Jorge Mendes.

Emília Cerqueira foi eleita coordenadora da Comissão de Agricultura e Mar onde passa a coordenar o Grupo Parlamentar do PSD nas matérias relacionadas com a problemática do Mundo Rural e do Mar.

Jorge Mendes, por seu lado, foi eleito vice-coordenador na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação onde exercerá as funções de coadjuvação na coordenação do Grupo Parlamentar nas áreas da Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação.

“Com esta eleição para cargos de coordenação, os deputados do PSD, eleitos pelo Alto Minho, assumem um papel relevante na condução dos interesses da nossa região e reunirão condições privilegiadas para colocar o distrito na centralidade da agenda política”, referem os deputados em nota de imprensa.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares