Seguir o O MINHO

Desporto

É de Guimarães a nova vice-campeã ibérica de triatlo meia distância

Triatlo

em

Foto: Facebook de Rita Lopes

Rita Lopes, natural de Caldas das Taipas, Guimarães, é a nova vice-campeã ibérica de triatlo meia distância, dias 25 aos 29 anos, depois de se classificar em segundo lugar na categoria de triatlo longo, numa prova realizada no sábado, em Caminha.


A representar o Boavista, a ‘pantera’ taipense percorreu a prova em 4h46m, dividindo 21 quilómetros de corrida, 90 de ciclismo e 1,9 de natação.

“A prova começou com 1.900 metros de natação com bastantes dificuldades em encontrar o meu ritmo, mas nadei dentro do meu record pessoal; nos 90km de ciclismo imperou alguma prudência, pois tínhamos de enfrentar vento em parte das voltas, e ainda haveria uma meia maratona para correr. E assim chegada ao último segmento, as sensações foram muito boas, e sem qualquer tipo de indicação de tempo, já que o meu relógio deixou de funcionar ainda antes da partida, fiz uma corrida apenas por sensações, e saiu muito perto do meu record pessoal à distância dos 21km”, escreveu Rita na página pessoal da rede social Facebook.

“Não foi fácil gerir tanto a motivação como adequar os treinos para um objetivo em concreto, ainda assim consegui manter uma boa forma física e preparar minimamente”, vincou.

Anúncio

Futebol

Italiano Daniele Orsato arbitra Braga-Leicester

Liga Europa

em

Foto: DR

O árbitro italiano Daniele Orsato foi escolhido pela UEFA para o jogo entre SC Braga e Leicester, enquanto o romeno Radu Petrescu estará no Rangers-Benfica, ambos da Liga Europa, informou hoje o organismo regulador do futebol europeu.

Orsato, de 45 anos, árbitro internacional desde 2010, arbitra na ‘Pedreira’ de Braga o jogo da quarta jornada do grupo G da Liga Europa, na quinta-feira, a partir das 17:55, no qual os bracarenses ocupam o segundo lugar, a três pontos da equipa inglesa.

O árbitro italiano, com larga experiência em competições da UEFA, foi o escolhido na época passada para dirigir a final da Liga dos Campeões, no Estádio da Luz, em Lisboa, num jogo em que o Bayern Munique venceu o Paris Saint-Germain, por 1-0.

No agrupamento G, atrás de Leicester (nove pontos) e Sporting de Braga (seis) seguem os gregos do AEK Atenas (três) e os ucranianos do Zorya Luhansk (zero).

Também na Liga Europa, mas no grupo D, o Benfica terá o árbitro romeno Radu Petrescu, de 38 anos, num jogo com início às 20:00 e em que as duas equipas discutem a liderança isolada, num momento em que dividem o topo da classificação, ambas com sete pontos.

Ainda no grupo D, os polacos do Lech Poznan são terceiros, com três pontos, e os belgas do Standard Liège os últimos, ainda em ‘branco’.

Em outros jogos da Liga Europa, o árbitro português Fábio Veríssimo foi indicado pela UEFA para o embate entre os búlgaros do CSKA Sofia e os suíços do Toung Boys, e Tiago Martins para a receção dos israelitas do Maccabi Telavive aos espanhóis do Villarreal.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga pode ficar a um ponto do apuramento

Liga Europa

em

Foto: SC Braga / Arquivo

O Benfica pode selar na quinta-feira o apuramento para os 16 avos de final da Liga Europa em futebol, enquanto o SC Braga tem a oportunidade de ficar a um ponto, mas ambos enfrentam jogos muito complicados.

Na quarta jornada da fase de grupos, as ‘águias’ deslocam-se ao reduto dos escoceses do Rangers, face ao qual salvaram ‘milagrosamente’ um ponto na Luz (3-3), e os ‘arsenalistas’ recebem o Leicester, após a goleada (0-4) sofrida em Inglaterra.

O ‘onze’ de Jorge Jesus qualifica-se, no Grupo D, se ganhar e o Lech Poznan não triunfar face ao Standard, em Liège, e, no Grupo G, quem se pode apurar são os ingleses, bastando-lhes derrotar o conjunto comandado por Carlos Carvalhal.

Os bracarenses são os primeiros a entrar em ação, pelas 17:55, e o melhor que podem conseguir é colocar-se a um escasso ponto dos 16 avos de final, necessitando para isso de um triunfo e também da vitória do Zorya em Atenas, face ao AEK.

O cenário será substancialmente diferente se os resultados forem os opostos, mas, mesmo nesta situação, o conjunto bracarense não perderia o segundo lugar, pois conta mais três pontos e um 3-0 caseiro face aos helénicos.

Independentemente do que suceder na Grécia, o SC Braga ficará sempre bem lançado para conseguir o apuramento em caso de triunfo, mas o empate também não será um mau resultado, face a um conjunto que soma três triunfos e 9-1 em golos.

Na sua história europeia, os ‘arsenalistas’ já bateram em casa o Liverpool ou o Arsenal, ambos em 2010/11, sendo que o Leicester não tem as melhores recordações da única visita a solo luso, já que foi goleado no Dragão por 5-0, em 2016/17, ainda que num jogo em que, já apurado, apresentou uma equipa de ‘reservas’.

A anteceder o confronto, os bracarenses sofreram para vencer fora o Trofense (2-1, com um golo nos descontos), do terceiro escalão, e atingir a quarta ronda da Taça de Portugal, enquanto o Leicester perdeu a segunda posição da Premier League, ao cair por 3-0 na casa do campeão Liverpool.

Pelas 20:00, arranca o encontro na Escócia, onde o Benfica pode garantir o apuramento, mas do qual sairia, certamente, feliz com uma igualdade, face a um conjunto que ‘não faz ideia’ do que é perder em 2020/21 – 18 vitórias e três empates.

O Rangers tem sido particularmente demolidor em casa, onde venceu os 10 encontros disputados e só sofreu um golo, na receção ao Galatasaray, para o ‘play-off’, e já marcou 31, incluindo 12 nos últimos dois jogos (8-0 ao Hamilton e 4-0 ao Aberdeen).

Os comandados de Steven Gerrard são favoritos, para um embate em que Jesus não terá à disposição o central argentino Otamendi, expulso no jogo da Luz.

Com as ‘reservas’, no sábado, o Benfica bateu fora o Paredes, do Campeonato de Portugal, por apenas 1-0, para acabar com uma série de três jogos sem ganhar e que só não era de três derrotas seguidas devido ao empate caseiro face ao Rangers.

Em 05 de novembro, os escoceses – beneficiando da expulsão de Otamendi, aos 19 minutos, quando perdiam por 1-0 – estiveram a vencer por 3-1 e quase fizeram o 4-1, antes de se deixarem empatar (3-3) aos 90+1, ‘culpa’ do suplente Darwin.

Será ainda a pensar como falhou o triunfo que o Rangers receberá o Benfica, numa altura em que tudo lhe ‘corre sobre rodas’, sobretudo internamente, com mais 11 pontos – embora mais dois jogos – do que o Celtic, na luta por vencer um campeonato que lhe foge desde 2010/11 – os católicos ganharam os últimos nove.

Na primeira vez no Ibrox Park, o Benfica vai tentar o que a época passada o FC Porto (0-2) e o Sporting de Braga (2-3) não conseguiram, sendo que, na Escócia, não vence e não marca desde o 2-1 ao Hearts, em 1960/61. Depois, com o Celtic, somou dois desaires por 3-0 e um por 1-0 e empatou 0-0 em 2012/13, com Jesus.

Como o Benfica, o Rangers também se pode qualificar, sendo que também não depende só de si, tal como a Roma, de Paulo Fonseca, no Grupo A, o Granada, no E, e o Lille, no H.

Por seu lado, e além do Leicester, de viagem à ‘pedreira’, só dependem de si próprios para atingir a fase seguinte, o Arsenal, no Grupo B, o Villarreal, no I, e o Hoffenheim, no L, num total de oito possíveis apuramentos, de nove equipas.

Continuar a ler

Futebol

Sporting goleia Sacavenense por 7-1

Taça de Portugal

em

Foto: Sporting CP

O Sporting goleou o Sacavenense por 7-1, no Estádio do Jamor, em encontro referente à 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

Sebastián Coates e o jovem Pedro Marques marcaram dois golos cada. Nuno Santos, Jovane Cabral e Gonçalo Inácio também faturaram para o Sporting.

Iaquinta assinou o tento de honra do Sacavenense.

Continuar a ler

Populares