Seguir o O MINHO

Braga

GNR detém dois suspeitos de mais de 40 assaltos em Braga

GNR

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Dois homens, de 30 e 49 anos, foram detidos por militares do Núcleo de Investigação de Braga da GNR, esta segunda-feira, anunciou a guarda em comunicado.

A investigação policial decorria há seis meses quando, esta manhã, os militares puderam fazer cumprir mandados de detenção a estes indivíduos que são suspeitos, diz a GNR, de 40 crimes de furto dentro de estabelecimentos de restauração e talhos nos concelhos de Amares, Braga, Vieira do Minho e Vila Verde.

Na nota divulgada à imprensa, aquela polícia informa que o método dos suspeitos passava pelo “arrombamento”, introduzindo-se posteriormente nos estabelecimentos com “intuito de furtar dinheiro, álcool, bens alimentares, combustível e eletrodomésticos”.

Os detidos, com antecedentes criminais pelos mesmos crimes, serão presentes ao Tribunal Judicial de Braga nesta terça-feira, para aplicação de medidas de coação.

Anúncio

Braga

Braga investe um milhão para reabilitar maior túnel da cidade

Obras

em

Foto: Divulgação / CM Braga

A Câmara de Braga vai investir um milhão de euros na reabilitação do túnel da Avenida da Liberdade, o maior da cidade, devendo a empreitada arrancar até ao final do ano, anunciou hoje o município.

Em comunicado, o município acrescenta que aquele túnel vai estar encerrado ao trânsito na segunda-feira, entre as 09:30 e as 12:30, para a realização de uma vistoria que servirá de base à elaboração do caderno de encargos para a reabilitação.

O planeamento dos trabalhos implicará o corte dos acessos ao túnel a partir da Avenida António Macedo e da Rua Conde Agrolongo (Campo da Vinha).

A realização da vistoria acontece numa altura em que a circulação automóvel está substancialmente reduzida, face ao estado de emergência que o país vive por causa da pandemia de covid-19.

“Vamos aproveitar esta contingência para fazer o levantamento das patologias existentes e, desta forma, minorar o impacto que o encerramento do túnel teria numa situação normal”, explicou João Rodrigues, vereador das Obras Municipais e Conservação do Espaço Público.

Até ao arranque da obra de reabilitação, o município irá proceder a reparações no piso e melhorar a iluminação.

A intervenção no túnel da Avenida da Liberdade terá, depois, continuidade com a repavimentação da Avenida da Liberdade em toda a sua extensão, bem como da Avenida Imaculada Conceição.

Continuar a ler

Braga

Hospital de campanha no Fórum Braga “é hipótese”, diz a Câmara

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

Os vereadores do Partido Socialista na Câmara de Braga apresentaram ao executivo municipal uma proposta, a ser debatida, segunda-feira em reunião de Câmara, no sentido de preparar o pavilhão de feiras do Altice Fórum Braga para acolher um hospital de campanha.

O socialista Artur Feio adiantou, em comunicado, que, o objetivo é o de reforçar a capacidade de resposta à situação epidemiológica vivida no concelho, que “constitui uma enorme preocupação”.

A secção de Braga do PS salienta que na área do município, não obstante já haver mortes a lamentar, a situação “tem-se mantido, felizmente, sob total controlo das autoridades sanitárias”, mas é necessário “precaver situações incontroláveis ou de difícil resolução”.

“O PS/Braga entende que, principalmente nestes momentos difíceis, em situações tão extraordinárias quanto esta, é mais avisado precaver, avançando com soluções de recurso que possam evitar males maiores, do que reagir posteriormente para tentar resolverproblemas derivados da inação”, afirmam os socialistas.

NÃO PRIORITÁRIO

Contactada a propósito, fonte camarária disse a O MINHO que a solução proposta pelo PS “não é prioritária, de momento, para as autoridades de saúde, embora, também, não seja descartável”.

Nos últimos 15 dias, o Município começou a concentrar camas, colchões e equipamentos médicos no Altice, para criar um centro de acolhimento ou um hospital se a crise sanitária se agravar.

As escolas e creches bracarenses – e conforme O MINHO noticiou – enviaram para o local, os colchões e camas de que dispõem, mas o processo parou precisamente pelo facto de não ter sido considerada prioritária a sua criação.

Continuar a ler

Braga

‘Cadeia’ de Braga desmente presos com covid-19: “É boato”

Covid-19

em

Estabelecimento Prisional de Braga. Foto: O MINHO / Arquivo

É boato. Não há coronavírus na prisão de Braga. E, mesmo a nível nacional, as cadeias têm apenas uma estrangeira detida na fronteira na posse de drogas e que acusou positivo no teste à covid-19.

O MINHO contactou o diretor do estabelecimento prisional de Braga e a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais tendo, ambos, desmentido “em absoluto e forma taxativa que, até ao momento, se encontre algum recluso com a covid 19 ou, tão pouco, com alguma sintomatologia que permita levantar essa possibilidade”. O desmentido é feito “com veemência”!

A Direção-Geral adiantou, também, que, até ao momento, e no que respeita a reclusos, “a única situação positiva para o novo coronavírus diz respeito a uma cidadã estrangeira (oriunda de Madrid) que foi detida por órgão de polícia criminal, numa fronteira terrestre, na posse de estupefacientes e que se encontrava positiva para a covid-19”.

E acrescenta o organismo estatal”: O órgão de polícia criminal que a deteve desencadeou os procedimentos previstos pela saúde pública nestas circunstâncias, pelo que a reclusa foi transportada pelo INEM para o Hospital Prisional de São João de Deus em Caxias onde se encontra em isolamento e tratamento. Os restantes reclusos a quem, por precaução, as autoridades de saúde pública têm feito os testes e cujos resultados nos foram comunicados, até ao presente momento, deram negativo”.

Continuar a ler

Populares