Seguir o O MINHO

Alto Minho

Detido em Cerveira com mais de 250 quilos de material explosivo ilegal

Entre outros artefactos pirotécnicos

em

Foto: Divulgação / GNR

Um homem de 57 anos foi nesta quinta-feira detido pela GNR do Porto em Vila Nova de Cerveira (Viana do Castelo) pelo crime de tráfico e mediação de armas, tendo na sua posse quatro mil artigos pirotécnicos, informou a Guarda.

A detenção resultou de uma investigação que decorria há cinco meses e na qual “foi possível apurar que o suspeito procedia, não só ao acondicionamento e manuseamento de material explosivo de elevada instabilidade (pólvoras) sem qualquer tipo de condições de segurança, como também se dedicava ao fabrico e venda ilegal de artefactos pirotécnicos, feitos a partir da sua residência, e dos paióis de uma antiga fábrica de pirotecnia”.

“O cumprimento de dois mandados de busca resultou ainda na apreensão de 250 quilos de pólvora, 4.744 foguetes e outros artefactos pirotécnicos, 10 metros de cordão detonante, 10 metros de cordão lento e outros materiais utilizados para o fabrico de artefactos pirotécnicos”, lê-se ainda na informação da GNR.

Tendo em conta “o grau de perigosidade e instabilidade dos materiais apreendidos, bem como a elevada quantidade, a Equipa de Inativação de Explosivos do Porto, seguindo os protocolos de segurança estipulados, efetuou a eliminação em segurança dos materiais no local”, refere a nota de imprensa.

O detido será presente na sexta-feira ao Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos para aplicação de medidas de coação.

Anúncio

Viana do Castelo

Campeão do mundo agredido após evitar colisão entre canoas em Viana

Em Darque

em

Foto: DR / Arquivo

Sérgio Maciel, campeão mundial de maratonas C1 sub-23, em canoagem, foi agredido neste sábado junto a um hangar em Darque, Viana do Castelo, depois de um treino.

A situação foi denunciada pela equipa do atleta vianense, o Viana Garças Clube (VGC), que já apresentou queixa junto das autoridades policiais para que se iniciem diligências para identificar o agressor.

Em comunicado, o emblema refere que as agressões partiram do pai de um atleta do Darque Kayak Clube (DKC), que terá abordado Sérgio Maciel com uma “forma agressiva”.

Segundo a nota, durante o treino deste sábado, esteve em iminência uma colisão entre canoístas do DKC, ocorrência que terá sido imputada a Sérgio Maciel e ao pai, após se terem cruzado com esses atletas de formação no rio Lima.

“Os nossos atletas tentaram explicar a situação, em que o aparecimento súbito da margem direita do canal, de jovens e um treinador do DKC, potenciou uma colisão entre todos, mas que foi evitada pela destreza de Sérgio Maciel e pai”, argumenta o clube.

Mas o pai do atleta do DKC não colheu os argumentos e terá partido para uma agressão física contra os dois elementos do VGC, provocando-lhes ferimentos.

As vítimas acabaram por ser avaliadas com ferimentos ligeiros, no Hospital de Viana do Castelo.

(notícia atualizada às 23h44)

Continuar a ler

Viana do Castelo

PSP procura responsável por agressões no centro histórico de Viana

Agressões

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem foi agredido, ao final da tarde deste sábado, no centro histórico de Viana do Castelo, sofrendo ferimentos que o levaram ao hospital, disse a O MINHO fonte da PSP.

A vítima terá sido agredida à porta de um estabelecimento comercial junto à Rotunda dos Pescadores, cerca das 19:30.

O alegado agressor, depois de consumado o ato, acabou por se colocar em fuga, não esperando pela chegada das autoridades, depois de alerta de populares para a polícia.

Foram acionados os Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo para transportar a vítima para a unidade hospitalar local, com vários ferimentos, considerados ligeiros.

Segundo disse fonte da PSP a O MINHO, aquela polícia iniciou um procedimento criminal para efetuar diligências de modo a identificar o agressor, uma vez que se trata de um crime de natureza pública.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Acidente violento condiciona trânsito na A28 em Viana e faz três feridos

Acidente

em

Bombeiros Viana do Castelo. Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO (Arquivo)

Um despiste automóvel seguido de capotamento condicionou o trânsito na A28, sentido Sul-Norte, junto à saída para Vila Praia de Âncora, disse a O MINHO fonte dos bombeiros. O alerta foi dado cerca 11:25 para um despiste que resultou em três feridos, um dos quais em estado grave.

Pelo que foi possível apurar, a vítima que ficou em estado grave era a condutora, uma mulher com cerca de 40 anos. Os dois feridos ligeiros são as crianças que seguiam na mesma viatura, com idades entre os 6 e os 8 anos.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Viana, com dez operacionais e quatro viaturas, os Bombeiros Sapadores, com seis elementos e duas viaturas, a VMER de Viana, a concessionária Norte Litoral, com dois elementos, e uma patrulha da GNR.

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Viana do Castelo.

(notícia atualizada às 12h48)

Continuar a ler

Populares