Clássicos da Alfa Romeo sobressaíram no centro de Esposende

ExpoAlfa

O centro de Esposende recebeu este sábado a ExpoAlfa, exposição de Alfa Romeo GT Bertone para assinalar os 111 anos da marca italiana.

Este evento marcou a reabertura dos eventos para o público, depois das restrições provocadas pela pandemia, conforme disse o presidente da Câmara, Benjamim Pereira, citado em comunicado enviado à imprensa.

O autarca apontou que este evento está empenhado não só na” salvaguarda de um património, neste caso os carros, mas que tem associada uma componente ecológica, porque serão plantadas árvores, no mesmo número do aniversário da Alfa Romeo: 111”.

Segundo Benjamim Pereira, a realização desta Expo Romeo tem lugar garantido na programação de eventos do Município de Esposende durante os próximos anos, inserida da “projeção turística do município, captando colecionadores nacionais, mas também de Espanha”.

Para o vereador com a área funcional do Desporto, Rui Losa, também citado em comunicado, “este evento pretende alargar o leque de ofertas que o Município disponibiliza à população, com um evento de elevado nível e que dinamiza o comércio e restauração locais”.

O organizador Silvestre Carvalho explicou que à componente gastronómica foi associada, este ano, a vertente histórica, com uma preleção de Nino Romeo, estudioso da marca italiana e que apresentou a evolução da Casa Bertone, ao longo dos tempos.

“A Bertone está associada às marcas de carros italianos como a Alfa Romeo, Ferrari, Fiat, e Lamborghini, mas também da BMW, Opel e Volvo. Lembre-se que as empresas Pininfarina, Bertone e Italdesign, de Giugiaro, destacam-se entre as mais conceituadas por criar autênticas obras-primas automóveis”, disse, citado na nota de imprensa.

Entre os modelos expostos no centro da cidade de Esposende destacavam-se o modelo 1750 gtv, de 1972, totalmente restaurado pelo antigo piloto de velocidade Domingos José Casimiro, depois de cerca de 20 anos sem circular. Ou o 2000 gtv, de 1974 que teve a primeira matrícula de Angola (AAH – 55-13) e o 1600 gt junior, adquirido novo, em 1967, por uma senhora inglesa, radicada em Cascais e o 1750 gtv, de 1969 que, segundo arquivo histórico da Alfa Romeo, foi produzido em Arese, Itália. Esteve patente, também, um modelo 1300 gt Júnior que entrou num filme francês rodado no Porto.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Levam ao veterinário o que pensavam ser um cão, mas era um lobo-ibérico

Próximo Artigo

Ex-líder de gangue detido em Braga paga 80 mil euros e sai em liberdade

Artigos Relacionados
x