Centenas de escuteiros aprenderam a salvar vidas no Hospital de Braga

Atividade desenvolvida por médicos e enfermeiros.

Mais de 300 Escuteiros dos Agrupamentos de Braga participaram numa ação em Suporte Básico de Vida promovida pelo Hospital de Braga. Esta iniciativa, desenvolvida por dezenas de profissionais de saúde, pretendeu dotar os participantes de técnicas e conhecimentos para atuar numa situação de emergência, onde a rapidez e clareza de atuação são fundamentais.

Esta atividade, desenvolvida por médicos e enfermeiros, consistiu no ensino de procedimentos e técnicas para prestar uma primeira ajuda a quem tenha sofrido um episódio de paragem cardiorrespiratória. Nesta ação os participantes aprenderam que “gestos simples podem ajudar a fazer a diferença em situações de emergência, que ocorrem quando menos se espera”, explicou António Costa, Enfermeiro do Serviço de Urgência e Responsável pela Formação na área de Enfermagem do Hospital de Braga.

Foto: Divulgação

O enfermeiro refere, ainda, que o propósito desta iniciativa passou por “transmitir esse conhecimento para que os participantes sejam capazes de agir quando se depararem com uma situação destas. O que pretendemos é que as pessoas reconheçam a situação de emergência, façam o pedido de ajuda corretamente e ponham em prática alguns gestos fundamentais até a chegada da ajuda diferenciada”.

Os mais de 300 escuteiros mostraram-se bastante participativos nesta ação em Suporte Básico de Vida e consideram-na fundamental para o seu dia-a-dia e para a sociedade onde se inserem: “é muito importante para nós porque contribui para que possamos conhecer mais a comunidade e as suas necessidades e depois, efetivamente, consigamos intervir quando realmente importa”, afirmou Alexandra Gonçalves, Chefe do Núcleo de Braga do Corpo Nacional de Escutas.

De acordo com Armanda Pereira, Diretora de Recursos Humanos do Hospital de Braga, “o Hospital tem uma cultura muito forte no sentido de cuidar do próximo, queremos cuidar mais e estar envolvidos na comunidade e acreditamos que é um dever partilhar com todas as pessoas aquilo que de melhor fazemos no Hospital de Braga”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Minho sob aviso vermelho devido a furacão Leslie

Próximo Artigo

Lei da proibição do abate animal deixa 14 mil nas ruas

Artigos Relacionados
x