Seguir o O MINHO

Braga

Braga investe 1,6 milhões para recuperar Pavilhão das Goladas

Obras públicas

em

Foto: Wikicomons

A Câmara de Braga vai investir 1,6 milhões de euros na requalificação e ampliação do Pavilhão das Goladas, uma intervenção que duplicará a capacidade do equipamento, passando de 430 lugares sentados para 854, anunciou hoje o município.

Em comunicado, o município refere que aquele pavilhão é “de extrema importância” para a prática desportiva no concelho, uma vez que é o palco regular dos jogos do Hóquei Clube de Braga e da atividade da escola de Patinagem Artística do clube, além de servir a comunidade escolar de São Victor.

Com a intervenção, acrescenta o município, o pavilhão será “completamente adaptado às necessidades dos seus utilizadores”.

“Esta era uma das nossas prioridades de intervenção e optámos por uma requalificação integral em vez de uma mera intervenção paliativa que não ia resolver os problemas estruturais. Passaremos a contar com um pavilhão de futuro, adaptado às exigências desportivas e sociais e com todas as condições para continuar a ser um estímulo à atividade desportiva da comunidade”, refere o presidente da Câmara.

Citado no comunicado, Ricardo Rio lembra que em 20 anos o pavilhão “não foi alvo de nenhuma intervenção de fundo com vista à sua requalificação ou conservação, apresentando já uma notória degradação estrutural e funcional”.

Com um prazo de execução de 18 meses, o projeto prevê a ampliação das bancadas norte e sul e a criação de instalações sanitárias, assim como a remodelação do acesso ao edifício, que irá incluir a entrada principal, foyer, bilheteira e bar.

O pavilhão passará a contar com mais um piso, onde será criada uma sala polivalente destinada à escola de Patinagem Artística, sendo que a intervenção envolve a substituição da cobertura e a requalificação do revestimento da área de jogo, assim como trabalhos de conservação do equipamento.

O projeto contempla ainda a ampliação dos balneários no piso térreo e a criação de mais um balneário de uso exclusivo de modalidades amadoras, assim como balneários destinados aos árbitros e monitores, sala de primeiros socorros, gabinete de observações, ginásio, áreas técnicas e de serviço, sala de reuniões e secretaria.

Populares