Seguir o O MINHO

Alto Minho

Apreendidos 400 quilos de pescado fresco em Caminha e na Póvoa de Varzim

Parte foi vendida em lota e o restante doado a IPSS

em

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos apreendeu, na terça-feira, 394 quilos de pescado fresco nos concelhos de Caminha e Póvoa de Varzim, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à imprensa, a GNR informa que a apreensão ocorreu durante uma ação de fiscalização rodoviária dirigida ao transporte de pescado fresco.

“(…) os militares da guarda fiscalizaram dois veículos ligeiros de mercadorias que transportavam pescado fresco que não cumpria as regras referentes ao regime de primeira venda e rastreabilidade, por fuga a lota, com um valor estimável de cerca de 4 mil euros”, salienta a Guarda.

Foram identificados os condutores dos veículos e o mestre da embarcação com idades compreendidas entre os 37 e os 64 anos, tendo sido elaborados os respetivos autos de contraordenação, cuja coima pode ascender aos 12.500 euros, dá conta a mesma autoridade.

Após inspeção higiossanitária, parte do pescado apreendido foi doado a várias instituições de solidariedade social, sendo que uma parte foi vendido em lota, ficando assim o valor da venda cativo à ordem do processo.

A GNR salienta que a prática de uma pesca sustentável, que respeite a natureza e a integridade dos ecossistemas, contribui para a conservação das unidades populacionais de peixes e, ao mesmo tempo, para a criação de condições de prosperidade e emprego no setor das pescas.

EM FOCO

Populares