Seguir o O MINHO

Ave

Alunos desenvolvem protótipo de Fórmula 1 com tecnologia de ponta

em

A equipa “Inv1ctus F1 Team“, constituída por alunos da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, em Famalicão, está a construir um protótipo de Fórmula 1 com recurso a tecnologia de ponta, auxiliada por duas Startups sediadas em Braga, a Sketchpixel e os Creative Lemons.

O projecto destina-se à participação no concurso mundial “F1 In Schools”, que desafia os jovens a desenhar, construir e correr com o carro de Fórmula 1 do futuro impulsionado com botijas de ar comprimido. A final do evento decorrerá em Singapura, entre os dias 13 e 16 de Setembro, coincidindo com a data da realização do Grande Prémio de F1 nesse país. Nesta iniciativa, estão envolvidos cerca de 40 países e mais de um milhão de alunos de 20 mil escolas.

As duas empresas disponibilizaram-se, sem qualquer contrapartida, a ceder o seu know-how, tecnologia e funcionários para apoiar o projecto, fazendo assim uma ligação à escola com cedência de recursos que de outra forma os jovens não teriam acesso. O apoio será efectivado através da concepção de avançados modelos virtuais do protótipo, integrados numa pirâmide holográfica, bem como de toda a imagem e grafismo associado à equipa.

Segundo António Paiva, professor acompanhante do projecto, esta ligação ao mundo empresarial constitui uma excelente forma de os alunos aprenderem pela prática e com autonomia, conhecerem a realidade do mercado de trabalho e abrirem portas para o seu futuro profissional.

“Os jovens têm possibilidade de ganhar experiência relevante em áreas como a modelação 3D, marketing, inglês, engenharia, física, design ou aerodinâmica, entre outras. O auxílio das empresas permite ao projecto subir a um patamar superior de qualidade e é de louvar esta cooperação com os alunos, que têm tudo a ganhar com a partilha de conhecimentos”, refere, garantindo que os alunos estão “empolgados e mais entusiasmados do que nunca” na construção do protótipo.

Como sublinhou Miguel Abreu, CEO da Sketchpixel, o repto lançado pela equipa “Inv1ctus F1 Team” foi prontamente aceite pela empresa.

“Sabemos a importância que tem para os mais novos esta aproximação às tecnologias de ponta, até como forma de os motivar para, no futuro, se lançarem no seu próprio negócio ou desenvolverem aptidões que lhes permitam integrar empresas de renome que actuam nestas áreas”, afirmou, adiantando ainda que “este é o projecto ideal para os alunos terem contacto com o que de mais inovador se faz nas vertentes abordadas”.

Já Daniel Martins, CEO dos Creative Lemons, enalteceu o espírito de iniciativa dos jovens e o seu empenho no desenvolvimento do projecto.

“Temos todo o prazer e orgulho em associar-nos a esta ideia, que reúne condições para ser um sucesso. Ver estes jovens em Singapura, junto dos pilotos do circuito de Fórmula 1, seria também para nós uma enorme vitória”, disse.

Anúncio

Ave

Criada equipa para incluir hospital de Guimarães na Rede de Referenciação Hemodinâmica

Hospital da Senhora da Oliveira

em

Foto: Arquivo

O presidente da câmara de Guimarães anunciou hoje que “será criada” uma equipa de trabalho para alterar a Rede de Referenciação Hospitalar para integrar a Unidade de Hemodinâmica do Hospital da Senhora da Oliveira, que está sem funcionar.

“A senhora ministra da Saúde vai nomear uma equipa técnica de saúde e jurídica para avaliar o funcionamento que se pretende para o Centro de Hemodinâmica do Hospital de Guimarães. Esse trabalho consistirá em alterar as redes de referenciação hospitalares como propor uma parceria entre os Hospitais de Guimarães e Braga”, explicou Domingos Bragança na reunião do executivo municipal desta segunda-feira.

A equipa terá ainda como objetivo “resolver o financiamento em falta porque os contributos dados pelos vimaranenses através de mecenato correspondem a cerca de 30 a 40% do custo do Centro de Hemodinâmica, sendo os restantes 60% financiados por um acordo que não pode ser classificado como mecenato e terá de ser anulado por não ter enquadramento legal”.

Em novembro de 2019 foi dado a conheceu que o Hospital de Guimarães tem laboratório de hemodinâmica [que permite o diagnóstico e tratamento invasivo de doenças cardíacas] pronto a utilizar há um ano e meio, pago por mecenas tendo custado cerca de dois milhões de euros, mas que não estava a ser utilizado por falta do aval do ministério da Saúde.

À data a Administração Regional de Saúde explicou que aquela unidade ainda não estava a ser utilizada por necessidade de “reorganização da Rede de Referenciação Hospitalar”, após o fim da parceria público-privada com o Hospital de Braga.

O Presidente da Câmara destacou a “abertura” do Ministério da Saúde para resolver “0 impasse”, dando conta que o Governo assumirá o pagamento do valor em falta: “Queremos que este Centro de Hemodinâmica seja colocado a funcionar, depois da equipa de técnicos de saúde e jurídica ultrapassar as questões que atrasaram este processo”, disse.

Segundo Domingos Bragança, “não está em causa a generosidade dos vimaranenses, o problema é que há 60% do custo deste Centro que resulta de um “acordo comercial” que não cumpre as regras da concorrência e terá de ser o Ministério da Saúde a assumir essa verba”.

A entrada em funcionamento do novo laboratório de Hemodinâmica permitirá, por exemplo, que os doentes coronários a área geográfica do Hospital de Guimarães possam ali realizar cateterismos cardíacos e angioplastias.

Continuar a ler

Ave

Levado ao hospital de Braga para remover ouro ingerido durante roubo

Insólito aconteceu durante um assalto em Famalicão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem engoliu um fio e uns brincos em ouro, roubados a uma idosa de 81 anos, durante um assalto a uma residência em Vale de S. Cosme, Vila Nova de Famalicão, este domingo de manhã, tendo posteriormente sido interceptado, identificado e transportado ao Hospital de Braga para que as peças lhe fossem retiradas do corpo.

Segundo a rádio Cidade Hoje, que conta a história, o assaltante foi surpreendido no interior da habitação pela mulher, altura em que lhe retirou brincos e fio e se colocou em fuga.

Contudo, acabou por ser localizado pelos familiares da vítima, quando se preparava para apanhar um táxi.

Após ser identificado pela polícia, chamada ao local, foi transportado ao hospital.

As peças de ouro já foram, entretanto, devolvidas à proprietária.

 

Continuar a ler

Ave

Homem morre em parque de estacionamento em Guimarães

Terá sido vítima de “doença súbita”

em

Foto: Ilustrativa / Google

Um homem, com idade entre 50 e 60 anos, foi encontrado morto dentro do carro, no parque de estacionamento de um concessionário de automóveis, na rua de Santa Apolónia, em Silvares, Guimarães, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

Segundo a fonte, o homem terá sido vítima de “doença súbita”.

O alerta foi dado cerca das 13:11.

O óbito foi declarado no local.

A PSP tomou conta da ocorrência.

 

Continuar a ler

Populares