Seguir o O MINHO

Braga

Alunos de 28 universidades coloriram ruas de Braga na abertura do Europeu Universitário de Futsal

Universidades e politécnicos de Alemanha, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Geórgia, Israel, Itália, Noruega e Portugal, entre outros

em

Fotos: SASUM

Depois de ter recebido 7 mil bailarinos para o Campeonato do Mundo de Dança e mais de 1.800 jovens para os Jogos do Eixo Atlântico, Braga deu, esta terça-feira, as boas-vindas a centenas de estudantes de toda a Europa, que, durante uma semana – entre 16 e 23 de julho – irão disputar o Europeu Universitário de Futsal 2019 (EUCFutsal 2019), o primeiro de sempre.

A cerimónia de abertura do evento decorreu na Praça da República em Braga, e, para além dos participantes, juntou centenas de pessoas que não quiseram perder a oficial do grande desportivo internacional que fará da cidade dos arcebispos, também, a capital do Futsal durante os próximos oito dias.

Foto: SASUM

Foto: SASUM

Foto: SASUM

Foto: SASUM

Foto: SASUM

O Presidente do Comité Organizador, Nuno Reis, o presidente da FADU, Daniel Monteiro, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o representante da EUSA, Hovhannes Gabrielyan e o Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, deram as boas-vindas aos atletas provenientes da Alemanha, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Geórgia, Israel, Itália, Noruega e Portugal.

A cerimónia abriu com o hino de Portugal, durante o qual foi hasteada a bandeira nacional. Seguiu-se o desfile das 28 equipas participantes, o qual encerrou com as equipas da universidade organizadora, a UMinho.

Foto: SASUM

Rui Vieira de Castro deu as boas-vindas a todos os participantes, desejando o maior sucesso para o evento. O responsável destacou os vários campeonatos mundiais e europeus que a UMinho tem vindo a organizar ao longo dos últimos anos, salientando a importância do desporto na Academia. “A prática desportiva é uma dimensão essencial da vida comunitária na Universidade do Minho. A Universidade tem dado cada vez mais atenção ao desporto competitivo, que tem visto um crescimento notável nos últimos anos, com o alto nível de competição, indo de mãos dadas com uma base organizacional cada vez mais sólida”, disse. Afirmando que a UMinho está muito satisfeita por receber este primeiro europeu de futsal, transmitiu que tudo será feito “para proporcionar uma excelente experiência desportiva e social a todos os participantes”.

Foto: SASUM

Nuno Reis, Presidente da Associação Académica e do Comité Organizador, foi o primeiro a usar da palavra, salientando o desafio, prestígio e a grande responsabilidade que é organizar esta 12.ª edição do Europeu de Futsal. Nuno Reis afirmou que a organização quer que “todos os participantes se lembrem do evento por muito tempo”, sendo que para além de pretenderem criar uma “experiência desportiva fantástica”, desejam “deixar de prestígio para o ecossistema dos desportos da universidade portuguesa, para o futsal, para a cidade de Braga e para a Universidade do Minho”.

O presidente da FADU saudou todos os participantes, salientando o grande historial de organizações desportivas universitárias internacionais dos organizadores do evento. Realçando a importância do futsal no nosso país, Daniel Monteiro asseverou a sua confiança em mais uma excelente organização, afirmando que “este será certamente um grande evento”.

Foto: SASUM

Ricardo Rio manifestou a “grande honra e satisfação” de Braga ao receber este Europeu de Futsal, declarando ter a “certeza” de que este será um dos melhores campeonatos na história desta competição. Realçando que Braga tem estado na rota dos grandes eventos desportivos nos últimos anos, patenteou que “esta será mais uma excelente oportunidade para mostrar todo o nosso dinamismo”. Apelando a todos para que assistam aos jogos, o presidente do município de Braga disse que terão “a oportunidade de assistir a jogos memoráveis que irão encantar os amantes do futsal”.

O representante da EUSA agradeceu à cidade e à organização por receberem o Europeu, apelando ao “respeito e fairplay” entre todos os participantes.

Após declarado “aberto” o Campeonato, foi hasteada a bandeira da EUSA, a qual descerá e será entregue ao próximo país organizador no final deste.

Competição masculina já arrancou

Foto: SASUM

Conhecidos os grupos masculinos após a realização do sorteio no final da tarde de segunda-feira, a competição teve início esta terça-feira de manhã, tendo sido realizados ao longo do dia sete jogos. Todos os cinco grupos iniciaram a competição, sendo que neste primeiro dia a equipa anfitriã, a UMinho que encabeça o grupo A, ainda não competiu.

Resultados:

Grupo A: Universidade de Reims Champagne Ardenne (França) – Universidade Politécnica Nacional de Lviv (Ucrânia), 5-6

Grupo B: Escola Norueguesa de Economia (Noruega) – Universidade de Camerino (Itália), 2-7

Grupo C: Universidade de Varsóvia (Polónia) – Universidade de Munster (Alemanha),  4-3

Grupo D: Universidade Osijek (Croácia) – Academia de Estudos de Gestão (Israel), 5-1; Universidade Nacional de Karazin Kharkiv  (Ucrânia) – Instituto Politécnico de Leiria (Portugal), 4-3

Grupo E: Universidade Estatal Ivane Javakhishvili Tbilisi (Georgia) – Universidade de Malaga (Espanha), 1-2; Universidade de Coimbra (Portugal) – Universidade de Kiel (Alemanha), 13-1.

A competição feminina arranca na quarta-feira, pelas 12:00 horas, no Altice Fórum Braga e no Pavilhão Municipal de Lamaçães.

As informações sobre o campeonato estão acessíveis em https://futsal2019.eusa.eu/.

Anúncio

Braga

Atenção, Braga: Acesso viário da Robert Smith reabre esta quarta-feira após quase 2 anos interdito

Obras públicas

em

Foto: CM Braga / Divulgação

A espera foi muita mas as condições de segurança estão garantidas no acesso da Avenida Robert Smith a Avenida Frei Bartolomeu dos Mártires (circular de Braga, junto ao Minho Center).

A garantia é dada pela Câmara de Braga que pretende reabrir a via à circulação automóvel e pedonal já nesta quarta-feira, após quase dois anos de ‘embargo’ por condições de segurança.

Na origem das obras de requalificação esteve uma “rotura estrutural do aqueduto de águas pluviais”, refere a autarquia, rotura essa detetada após inspeção pelos técnicos municipais.

“Nessa altura, em dezembro de 2017, foi ordenada a interdição de tráfego automóvel”, acrescenta a  Câmara de Braga.

Segundo o vereador João Rodrigues, a complexidade da situação “exigiu a realização de estudos técnicos, nomeadamente estudos geológicos que permitiram a execução de um projeto de estrutura de contenção de terras”.

“Este foi um processo moroso, desde logo pelo facto de ter sido necessário proceder à realização de estudos especializados para resolver esta rotura estrutural. Só depois se avançou com o concurso público”, explica João Rodrigues.

Esta via acaba por ser de interesse fulcral para os residentes da região e para quem pretende aceder do Minho Center à circular urbana, tendo motivado várias críticas de moradores ao longo dos últimos dois anos.

Continuar a ler

Braga

Não consegue fazer chamadas? Rede NOS está com falhas em Braga e Viana

Tecnologia

em

Foto: DR

A rede de telecomunicações da marca NOS está com problemas de serviços a nível nacional, tanto a nível de utilização de dados móveis como de serviços de chamadas de voz, apurou O MINHO junto do portal “down detector“.

De acordo com o portal, que serve para que seja assinalado o mau funcionamento de serviços tecnológicos, perto de 1.000 utilizadores daquela rede já manifestaram ter tido problemas durante a manhã desta segunda-feira com os serviços.

Fonte: down detector

O mesmo portal indica que o distrito de Braga, assim como Lisboa, Porto e Leiria, são os locais onde se tem registado maior número de queixas, havendo já vários comentários a relatar os problemas em questão.

Também no distrito de Viana do Castelo foram registadas falhas nos serviços, apurou O MINHO com vários utilizadores.

Falha no serviço de internet, e impossibilidade de efetuar chamadas são os problemas mais apontados.

A NOS ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Continuar a ler

Braga

Detido em Braga com cerca de 8 mil euros em cocaína fica em prisão preventiva

Crime

em

Foto: Twitter

O homem de 53 anos que foi detido na cidade de Braga por agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP), na passada sexta-feira, ficou em prisão preventiva enquanto aguarda julgamento, disse a O MINHO fonte judicial.

O juiz considerou que havia a possibilidade do arguido incorrer no mesmo tipo de crime caso ficasse em liberdade, sendo que já estava conotado com o tráfico de estupefacientes antes desta detenção.

Na passada sexta-feira, agentes da esquadra de Braga da PSP, que vigiavam o suspeito, realizaram uma operação policial de forma a abordar o homem, tendo-lhe sido efetuada “uma revista de segurança”.

Os agentes encontraram elevada quantidade de cocaína na sua posse, detendo o suspeito e encaminhando-o para a esquadra, de forma a pesar o produto apreendido.

De acordo com a polícia, o produto dava para 742 doses, no valor de cerca de 7.425 euros, que ficaram sob apreensão da PSP.

O homem foi esta segunda-feira presente ao Tribunal de Famalicão, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva no estabelecimento prisional de Braga.

Continuar a ler

Populares