Seguir o O MINHO

Braga

Alunos de 28 universidades coloriram ruas de Braga na abertura do Europeu Universitário de Futsal

Universidades e politécnicos de Alemanha, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Geórgia, Israel, Itália, Noruega e Portugal, entre outros

em

Fotos: SASUM

Depois de ter recebido 7 mil bailarinos para o Campeonato do Mundo de Dança e mais de 1.800 jovens para os Jogos do Eixo Atlântico, Braga deu, esta terça-feira, as boas-vindas a centenas de estudantes de toda a Europa, que, durante uma semana – entre 16 e 23 de julho – irão disputar o Europeu Universitário de Futsal 2019 (EUCFutsal 2019), o primeiro de sempre.

A cerimónia de abertura do evento decorreu na Praça da República em Braga, e, para além dos participantes, juntou centenas de pessoas que não quiseram perder a oficial do grande desportivo internacional que fará da cidade dos arcebispos, também, a capital do Futsal durante os próximos oito dias.

Foto: SASUM

Foto: SASUM

Foto: SASUM

Foto: SASUM

Foto: SASUM

O Presidente do Comité Organizador, Nuno Reis, o presidente da FADU, Daniel Monteiro, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o representante da EUSA, Hovhannes Gabrielyan e o Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, deram as boas-vindas aos atletas provenientes da Alemanha, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Geórgia, Israel, Itália, Noruega e Portugal.

A cerimónia abriu com o hino de Portugal, durante o qual foi hasteada a bandeira nacional. Seguiu-se o desfile das 28 equipas participantes, o qual encerrou com as equipas da universidade organizadora, a UMinho.

Foto: SASUM

Rui Vieira de Castro deu as boas-vindas a todos os participantes, desejando o maior sucesso para o evento. O responsável destacou os vários campeonatos mundiais e europeus que a UMinho tem vindo a organizar ao longo dos últimos anos, salientando a importância do desporto na Academia. “A prática desportiva é uma dimensão essencial da vida comunitária na Universidade do Minho. A Universidade tem dado cada vez mais atenção ao desporto competitivo, que tem visto um crescimento notável nos últimos anos, com o alto nível de competição, indo de mãos dadas com uma base organizacional cada vez mais sólida”, disse. Afirmando que a UMinho está muito satisfeita por receber este primeiro europeu de futsal, transmitiu que tudo será feito “para proporcionar uma excelente experiência desportiva e social a todos os participantes”.

Foto: SASUM

Nuno Reis, Presidente da Associação Académica e do Comité Organizador, foi o primeiro a usar da palavra, salientando o desafio, prestígio e a grande responsabilidade que é organizar esta 12.ª edição do Europeu de Futsal. Nuno Reis afirmou que a organização quer que “todos os participantes se lembrem do evento por muito tempo”, sendo que para além de pretenderem criar uma “experiência desportiva fantástica”, desejam “deixar de prestígio para o ecossistema dos desportos da universidade portuguesa, para o futsal, para a cidade de Braga e para a Universidade do Minho”.

O presidente da FADU saudou todos os participantes, salientando o grande historial de organizações desportivas universitárias internacionais dos organizadores do evento. Realçando a importância do futsal no nosso país, Daniel Monteiro asseverou a sua confiança em mais uma excelente organização, afirmando que “este será certamente um grande evento”.

Foto: SASUM

Ricardo Rio manifestou a “grande honra e satisfação” de Braga ao receber este Europeu de Futsal, declarando ter a “certeza” de que este será um dos melhores campeonatos na história desta competição. Realçando que Braga tem estado na rota dos grandes eventos desportivos nos últimos anos, patenteou que “esta será mais uma excelente oportunidade para mostrar todo o nosso dinamismo”. Apelando a todos para que assistam aos jogos, o presidente do município de Braga disse que terão “a oportunidade de assistir a jogos memoráveis que irão encantar os amantes do futsal”.

O representante da EUSA agradeceu à cidade e à organização por receberem o Europeu, apelando ao “respeito e fairplay” entre todos os participantes.

Após declarado “aberto” o Campeonato, foi hasteada a bandeira da EUSA, a qual descerá e será entregue ao próximo país organizador no final deste.

Competição masculina já arrancou

Foto: SASUM

Conhecidos os grupos masculinos após a realização do sorteio no final da tarde de segunda-feira, a competição teve início esta terça-feira de manhã, tendo sido realizados ao longo do dia sete jogos. Todos os cinco grupos iniciaram a competição, sendo que neste primeiro dia a equipa anfitriã, a UMinho que encabeça o grupo A, ainda não competiu.

Resultados:

Grupo A: Universidade de Reims Champagne Ardenne (França) – Universidade Politécnica Nacional de Lviv (Ucrânia), 5-6

Grupo B: Escola Norueguesa de Economia (Noruega) – Universidade de Camerino (Itália), 2-7

Grupo C: Universidade de Varsóvia (Polónia) – Universidade de Munster (Alemanha),  4-3

Grupo D: Universidade Osijek (Croácia) – Academia de Estudos de Gestão (Israel), 5-1; Universidade Nacional de Karazin Kharkiv  (Ucrânia) – Instituto Politécnico de Leiria (Portugal), 4-3

Grupo E: Universidade Estatal Ivane Javakhishvili Tbilisi (Georgia) – Universidade de Malaga (Espanha), 1-2; Universidade de Coimbra (Portugal) – Universidade de Kiel (Alemanha), 13-1.

A competição feminina arranca na quarta-feira, pelas 12:00 horas, no Altice Fórum Braga e no Pavilhão Municipal de Lamaçães.

As informações sobre o campeonato estão acessíveis em https://futsal2019.eusa.eu/.

Anúncio

Braga

Três feridos após colisão em Vieira do Minho

Em Tabuaças

em

Foto de Anabela Bras no grupo de Facebook: "Moina na Estrada"

Três pessoas ficaram com ferimentos na sequência de uma colisão rodoviária na freguesia de Tabuaça, em Vieira do Minho, disse a O MINHO fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS).

Foto: Eduardo Ferreira / Rio Longo e Notícias

No local, estão os Bombeiros de Vieira do Minho com três ambulâncias e uma viatura de desencarceramento.

Foto: Eduardo Ferreira / Rio Longo e Notícias

Desconhece-se, ainda, a gravidade dos ferimentos, apenas que há vítimas encarceradas.

O alerta foi dado às 14:44.

(em atualização)

Continuar a ler

Braga

Braga: PetroCávado compra sede da AIMinho por 1,5 milhões de euros

Tribunal de Contas validou aquisição em Viana

em

Foto: Google Earth

A empresa PetroCávado- Investimentos Imobiliários, de Braga, do grupo Ilídio Mota, que cresceu em torno do negócio dos combustíveis , vai adquirir o edifício-sede da extinta Associação Industrial do Minho (AIMinho) por 1,5 milhões de euros.

Fonte ligada ao processo revelou a O MINHO que o negócio vai ser formalizado “em breve”.

No caso de Braga desconhece-se o uso que a PetroCávado dará ao imóvel, enquanto que, no de Viana, a Câmara quer reaproveitá-lo para os mesmos fins, os de promover a atividade empresarial no Alto Minho.

A sede de Braga, em São Lázaro, com cave, rés-do-chão e dois andares, foi, inicialmente, posta à venda pelo administrador judicial Nuno Albuquerque, por 2,36 milhões, através de leilão eletrónico. Que ficou vazio.

Entretanto, e ao que apurámos de fonte ligada ao processo, o Tribunal de Contas deu luz verde ao município de Viana do Castelo para a aquisição do antigo prédio da AIMinho, por 1,3 milhões de euros.

Em Viana do Castelo, e tal como sucedeu em Braga, o prédio, situado no Campo da Agonia e com três pisos e logradouro, foi negociado diretamente entre a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e a câmara.

Ambos os bens imóveis são propriedade da massa falida da AIMinho, mas a CDG tem hipotecas sobre eles.

A Caixa é credora de 6 milhões (48 por cento) dos 12,3 milhões de créditos reclamados, ao organismo que está em liquidação. Já o Novo Banco, com 5,8 milhões (45 por cento), é o segundo maior credor, ou seja, as duas entidades detêm 94 por cento dos débitos da Associação.

A falência foi votada em setembro de 2018 no Tribunal de Famalicão.

Continuar a ler

Braga

Braga: Concurso de fotografia sobre o Bom Jesus com mais de 50 inscritos

Concurso Municipal de Fotografia

em

Foto: Divulgação / CM Braga

O Bom Jesus do Monte – Património Mundial da Humanidade é o tema do XVI Concurso Municipal de Fotografia que se realiza nos próximos dias 13, 14 e 15 de dezembro, anunciou, esta terça-feira, a Câmara de Braga.

Organizado pela autarquia, o concurso conta com cerca de 50 inscritos que são desafiados a fotografar o Bom Jesus do Monte. O concurso conta com o apoio dos Transportes Urbanos de Braga e da Confraria do Bom Jesus que irão assegurar o transporte dos concorrentes, quer de autocarro, quer de funicular.

O concurso incluirá a habitual exposição pública, a inaugurar em fevereiro de 2020 na Fonte do Ídolo, e na qual estarão patentes os trabalhos premiados pelo júri, bem como uma fotografia de cada um dos concorrentes, nos termos do regulamento do concurso.

O tema proposto visa reconhecer e homenagear a atribuição do Santuário do Bom Jesus do Monte a Património Cultural Mundial da UNESCO, bem como “estimular o interesse, a sensibilidade dos concorrentes em particular e dos turistas e cidadãos em geral, no que respeita ao seu valor histórico, artístico, cultural, religioso e paisagístico”.

Continuar a ler

Populares