Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Administração e trabalhadores da Europac Viana retomam esta semana negociações salariais

em

Foto: DR/Arquivo

A administração e os trabalhadores da Europac Kraft Viana deverão retomar esta semana as negociações salariais, após a recusa pelos funcionários das propostas de acordo a dois ou três anos avançada pela empresa, disse esta segunda-feira fonte sindical.

Em declarações à agência Lusa, José Augusto Silva, do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (Site Norte), disse aguardar que a administração da antiga Portucel Viana agende nova reunião “para durante esta semana”, de forma a retomar a agenda do último encontro, que decorreu no dia 22.

Nesse dia, a empresa colocou em cima da mesa uma nova proposta de atualização salarial para três anos com aumentos de 50 euros em 2018, de 30 euros em 2019 e de 30 euros em 2020 e uma outra, a dois anos, com aumentos de 50 euros em 2018 e de 30 euros em 2019.

“Chegados a este ponto os representantes da empresa informaram que estes valores eram os propostos para se negociar e que a maior margem para negociação se encontrava nos valores apresentados para três anos, sendo que uma revisão apenas para 2018 seria sempre com valores inferiores”, informa o sindicato.

Em plenário realizado no dia seguinte, em 23 de janeiro, os trabalhadores reafirmaram, contudo, pretender que a atualização salarial seja acordada apenas para o ano 2018, rejeitando a pretensão da Europac Kraft Viana de uma negociação a dois ou a três anos.

Populares