Seguir o O MINHO

Braga

Adiado julgamento de disputa entre empresários António Salvador e Domingos Correia

Domingos Correia terá perseguido Salvador por causa de uma dívida de negócio em Moçambique.

em

Domingos Correia pôs um camião a circular na cidade e junto ao Estádio Municipal. Foto: Facebook / Arquivo

O diferendo judicial que opõe os empresários bracarenses António Salvador e Domingos Correia tinha julgamento marcado para esta quinta-feira, mas foi adiado sine die.

Fonte judicial disse a O MINHO que o juiz titular do processo no Tribunal criminal decidiu apensar um outro processo semelhante, devendo a nova data ser marcada para o final do primeiro trimestre de 2019.

No caso vertente, Domingos Correia, que ficou conhecido pela alcunha de “camião do fraque”, está acusado por quatro crimes de perseguição à família de António Salvador. O caso envolve, ainda, um funcionário de Correia.

A acusação do Ministério Público (MP), na origem das perseguições está uma alegada dívida de 1,2 milhões de Salvador a Correia – com duas ações em curso no Tribunal de Famalicão – derivada de um negócio de venda de uma quota na empresa Britalar Moz, em que ambos eram sócios.

Correia pôs um camião a circular na cidade e junto ao Estádio Municipal, com os dizer “Caloteiro! Paga o que deves!” aludindo àquela dívida. Pôs, também, a circular duas carrinhas, com frases semelhantes, que se terão postado, ainda, à porta de casa de Salvador e de um hotel da cidade, seguindo, também, membros da família.

Populares