Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória vence na Alemanha e despede-se da Liga Europa com reviravolta épica

Frente ao Eintracht Frankfurt,

em

O Vitória SC despediu-se hoje da Liga Europa de futebol com um triunfo na Alemanha, diante do Eintracht Frankfurt (3-2), graças a uma reviravolta consumada em dois minutos, na reta final.

Depois de se terem adiantado no marcador por Rochinha, aos oito minutos, e de terem concedido a reviravolta ainda na primeira parte, após golos de Danny da Costa (31) e de Daichi Kamada (38), os vimaranenses continuaram a lutar pelo primeiro triunfo no grupo F e foram ‘felizes’, graças aos tentos de Al Musrati (85) e de Marcus Edwards (87).

Os minhotos venceram uma equipa germânica pela primeira vez na sua história e terminaram a prova com cinco pontos, no último lugar do grupo, ao passo que o Eintracht aguentou a segunda posição (nove pontos) e apurou-se à mesma para os 16 avos de final, atrás do Arsenal, de Inglaterra, que empatou na Bélgica com o Standard de Liège (2-2).

Já arredados da fase seguinte da Liga Europa, os vitorianos apareceram em Frankfurt com um ‘onze’ renovado face ao triunfo sobre o Portimonense, na I Liga (2-0) – apenas Pedro Henrique e Pepê continuaram a titulares – e tentaram aproveitar, desde cedo, o balanceamento ofensivo do adversário para criarem perigo em contra-ataque.

Essa estratégia resultou em cheio logo aos oito minutos de jogo, quando Dénis Poha iniciou um contra-ataque com uma bola recuperada no meio-campo e isolou Rochinha, que ‘disparou’ rasteiro e cruzado para bater Frederik Ronnow.

A partir daí, os vimaranenses recuaram e preocuparam-se mais em fechar os espaços para a construção ofensiva do Eintracht, que se apresentou em campo com os avançados portugueses Gonçalo Paciência e André Silva.

Intensa fisicamente, mas ‘desastrada’ no passe, a formação treinada por Adi Hütter só criou a primeira oportunidade aos 30 minutos, quando Gonçalo Paciência cabeceou para defesa de Miguel Silva, mas chegou ao empate logo no minuto seguinte.

Na sequência de um canto, a bola sobrou para a entrada da área, onde apareceu Danny da Costa a cabecear uma bola que Miguel Silva parecia agarrar facilmente, mais deixou escapar entre as mãos.

Os vimaranenses perderam confiança e não resistiram à pressão germânica até ao intervalo: Daichi Kamada fez a reviravolta, na conclusão a um cruzamento de Filip Kostic, ao minuto 38, e o terceiro golo poderia ter surgido em tentativas de Hinteregger (41) e de André Silva (45+1).

A toada da partida mudou na segunda parte, com os alemães a recuarem e a darem a iniciativa ofensiva ao Vitória, equipa que assumiu uma ‘face’ mais ofensiva na segunda parte e quase empatou aos 55 minutos, num remate de longe de Florent à barra.

Apesar das dificuldades em penetrar na área contrária, os vimaranenses mantiveram a postura ofensiva até ao apito final e, ao contrário de outros jogos do grupo, foram recompensados, mesmo com ‘sorte’ à mistura: Al Musrati empatou num remate desviado por Gonçalo Paciência e, dois minutos volvidos, Marcus Edwards bateu Ronnow de fora da área, com um ‘disparo’ que embateu em Gelson Fernandes.

O Arsenal, que empatou 2-2 no reduto do Standard Liège, ganhou o Grupo F, com 11 pontos, contra nove dos alemães, também qualificados, oito dos belgas e cinco dos portugueses, vencedores pela primeira vez de um jogo fora numa fase de grupos.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Commerzbank, em Frankfurt.

Eintracht Frankfurt – Vitória de Guimarães, 2-3.

Ao intervalo: 2-1.

Marcadores:

0-1, Rochinha, 08 minutos.

1-1, Danny da Costa, 31.

2-1, Daichi Kamada, 38.

2-2, Al Musrati, 85.

2-3, Marcus Edwards, 87.

Equipas:

– Eintracht Frankfurt: Frederik Ronnow, Makoto Hasebe, Martin Hinteregger, David Abraham, Danny da Costa, Sebastian Rode (Gelson Fernandes, 78), Djibril Sow, Daichi Kamada, Filip Kostic, Gonçalo Paciência e André Silva (Mijat Gacinovic, 73).

(Suplentes: Jan Zimmermann, Almamy Touré, Evan N’Dicka, Erik Durm, Gelson Fernandes, Dominik Kohr e Mijat Gacinovic).

Treinador: Adi Hütter.

– Vitória de Guimarães: Miguel Silva, Victor Garcia, Frederico Venâncio, Pedro Henrique, Florent, Al Musrati, Pepê, Dénis Poha (Bruno Duarte, 82), Rochinha (Marcus Edwards, 70), Davidson e André Pereira (Léo Bonatini, 66).

(Suplentes: Miguel Oliveira, Bondarenko, Rafa Soares, Mikel Agu, Marcus Edwards, Bruno Duarte e Léo Bonatini).

Treinador: Ivo Vieira.

Árbitro: Gediminas Mazeika (Lituânia).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Martin Hinteregger (18), Al Musrati (35), Dénis Poha (52), Sebastien Röde (76) e Makoto Hasebe (82).

Assistência: cerca de 50.000 espetadores.

Anúncio

Futebol

Santa Clara em Famalicão sem Bruno Lamas

I Liga

em

João Henriques, treinador do Santa Clara. Foto: Divulgação / Arquivo

O Santa Clara, da I Liga de futebol, anunciou, esta quarta-feira, que irá emprestar o jogador Bruno Lamas ao Khorfakkan Sports&Cultural Club, dos Emirados Árabes Unidos, até ao final da época.

“A Santa Clara Açores, Futebol S.A.D informa que chegou a acordo com o Khorfakkan Sports&Cultural Club para a cedência, a título temporário, do passe do atleta Bruno José Pavani Lamas até 30 de junho de 2020”, lê-se na nota de imprensa divulgada pelo clube açoriano.

Na época passada, Lamas foi uma das principais figuras do conjunto açoriano, tendo feito um total 36 jogos, em que apontou três golos.

Na presente temporada, perdeu a titularidade, mas ainda registou 18 participações e um golo marcado.

O médio brasileiro de 25 anos ingressou no Santa Clara na temporada 2018/19 proveniente do Leixões, onde tinha estado quatro épocas.

Esta é a terceira saída do plantel insular neste mercado de ‘inverno’, após Pablo Lima ter sido emprestado ao Guarani e do guarda-redes João Lopes ter regressado à Portuguesa, ambas equipas brasileiras.

No sentido inverso, a equipa açoriana já assegurou duas transferências neste mercado de transferências: o avançado de 23 anos Cryzan Barcelos, ex-Atlético Paranaense, e o médio atacante Costinha, de 27 anos, proveniente do Desportivo de Chaves.

O Santa Clara está na 14.ª posição, com 17 pontos, e vai defrontar o Famalicão no próximo domingo, dia 26, no início da segunda volta do campeonato.

Continuar a ler

Futebol

Dortmund atento a Tomás Esteves

Avança o jornal A BOLA

em

Foto: Divulgação / FC Porto

Tomás Esteves, jovem futebolista de Arcos de Valdevez, a representar o FC Porto, está na mira do Borussia de Dortmund.

Segundo o jornal A Bola, o lateral direito, é visto como uma pérola da formação dos dragões perante os alemães, que têm referenciados vários jogadores jovens a alinhar na formação de grandes clubes europeus.

O arcuense tem uma cláusula de rescisão de 10 milhões de euros e um contrato que termina em junho, o que poderá facilitar a saída.

O jovem portista integrou uma lista de 50 jogadores que a UEFA considera serem os jovens que irão merecer ser seguidos com maior atenção ao longo do ano que agora começa.

Continuar a ler

Futebol

Vitória quer juntar-se ao Braga na final da Taça da Liga

Vitória-FC Porto, a partir das 19:45, em Braga

em

Foto: DR / Arquivo

O Vitória SC vai tentar juntar-se ao SC Braga na final da Taça da Liga de futebol, quando defrontar esta quarta-feira, em Braga, o FC Porto, na segunda meia-final da prova.

Depois de o SC Braga ter assegurado na terça-feira a primeira vaga, ao derrotar o Sporting por 2-1, vitorianos vão tentar conquistar a segunda vaga, em encontro agendado para as 19:45, no Estádio Municipal de Braga.

Os conquistadores, sextos no campeonato, ambicionam chegar pela primeira vez à final, que vai ser disputada no sábado.

Já os dragões, segundos classificados da I Liga, procuram a sua quarta presença no encontro decisivo, depois das derrotas em 2009/10, 2012/13 e 2018/19, frente a Benfica, SC Braga e Sporting, respetivamente.

 

Continuar a ler

Populares