Ofereceu boleia para raptar e tentar violar peregrina em Viana

Está acusado de rapto e tentativa de violação

O homem de 78 anos que foi esta quinta-feira detido pela Polícia Judiciária, por alegada tentativa de violação a uma peregrina.

Terá oferecido boleia à mulher de 35 anos, de nacionalidade alemã, por esta estar “debilitada” pelo percurso do Caminho de Santiago, disse a O MINHO fonte da PJ.

A mulher estaria parada num local, em Viana do Castelo, por não conseguir andar, tendo o agora arguido oferecido boleia para que esta pudesse ir até uma farmácia para tratar as maleitas dos pés.

O homem acabou por conduzir ao longo de 10 quilómetros, até um local ermo, ainda em Viana do Castelo, tentando de seguida investir de forma violenta contra a mulher, numa alegada tentativa de violação sexual.

A vítima conseguiu sair da viatura e entrou por um trilho pedestre, impossibilitando que o idoso a perseguisse na viatura. O homem terá tentado seguir a peregrina a pé mas, por ser coxo, não a terá conseguido alcançar, pese embora o débil estado em que a mesma se encontrava.

A mulher conseguiu encontrar ajuda e terá feito queixa na PJ, que investigou o caso durante três meses e meio, até chegar ao suspeito principal, agora detido.

Em comunicado, a PJ de Braga refere que os factos remontam a 12 de julho, tendo o suspeito, de 78 anos, sido detido na quarta-feira.

Segundo a PJ, o homem está “fortemente indiciado” pela prática de crime de rapto e violação na forma tentada.

O suspeito, com antecedentes criminais por crimes contra a liberdade sexual, foi hoje presente à autoridade judiciária competente para aplicação das respetivas medidas de coação.

Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Primeira sala de consumo vigiado de drogas começa a funcionar em 2020

Próximo Artigo

Famalicão deu as boas-vindas à International Week

Artigos Relacionados
x