Seguir o O MINHO

Barcelos

“Verdes” exigem ao Governo que apure “falhas” em passagens de nível em Barcelos

Nas freguesias de Quintiães e Aguiar

em

Foto: Facebook de António Pereira

O Partido Ecologista Os Verdes exigiu ao Governo o apuramento das alegadas falhas no funcionamento de passagens de nível em três freguesias de Barcelos.

Em pergunta dirigida ao Ministério das Infraestruturas e Habitação, Os Verdes referem há relatos de onze situações de “alegadas” avarias na sinalização e no funcionamento das três passagens de nível existentes nas freguesias de Quintiães e Aguiar.

Os habitantes, continua o documento, descrevem situações em que, à passagem do comboio, as luzes de sinalização e os sinais sonoros não funcionam e as barreiras não descem.

Diz ainda que na freguesia de Carapeços haverá “longos períodos de tempo em que as barreiras ficam fechadas”, induzindo comportamentos de risco de peões e condutores.

Os Verdes dizem que isto gera um clima “de grande insegurança” e perguntam ao ministério da tutela se tem conhecimento da situação e se foi levado a cabo algum processo preliminar de investigação.

Perguntam ainda se está a ser equacionada a monitorização contínua das passagens de nível em causa.

Em dezembro, e face à contestação de autarcas locais, que promoveram mesmo uma manifestação de protesto, a Infraestruturas de Portugal (IP) referiu que não foi detetada qualquer anomalia naquelas passagens de nível (PN).

A IP esclareceu que o sistema de aviso automático da aproximação de comboios instalados nas PN efetua o registo automático de todos os eventos, “não tendo sido registada qualquer anomalia relativa ao funcionamento” daquelas passagens.

Dizia ainda que o sistema, quando deteta anomalia no funcionamento previsto, “gera alarme relativo a uma desconformidade”, uma situação que não foi identificada relativamente àquelas PN.

Acrescentava que a IP não recebeu qualquer relato de maquinistas do operador ferroviário a reportar qualquer anomalia no funcionamento daquelas PN, “situação que integra os procedimentos de segurança”.

Populares