Uber condenada a pagar 17 milhões de euros a 139 motoristas em Lyon

Foto: DR / Arquivo

A empresa Uber foi condenada a pagar 17 milhões de euros a 139 motoristas em Lyon, a terceira cidade francesa, confirmou sexta-feira a advogada destes à AFP, qualificando a decisão de “histórica”.

Stéphane Teyssier declarou, a confirmar uma notícia do diário regional Le Progrès, que “a Uber foi condenada a requalificar os contratos no montante de 17 a 20 milhões de euros”.

Os motoristas da Uber em Lyon recorreram às instâncias judiciais, que se pronunciaram “na base de uma jurisprudência bem estabelecida de janeiro de 2020, que considerou os motoristas Uber como assalariados”, adiantou a advogada, para quem “isto não é surpreendente, mas a aplicação lógica de jurisprudência”.

A Uber já anunciou que vai recorrer da sentença.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Número de trabalhadores da Twitter passou de 7.500 para 1.300 na gestão de Musk

Próximo Artigo

Casos de urgência hospitalar por todas as causas sobem 7% na semana passada

Artigos Relacionados
x