Tribunal de Contas acusa anterior Governo de ter ignorado recomendações sobre abandono escolar

Foto: Lusa

Falhas no controlo das matrículas dos alunos ou situações de risco de abandono escolar não detetadas são alguns dos problemas apontados pelos auditores do Tribunal de Contas (TdC), que acusam o anterior Governo de não ter seguido as suas recomendações.

O TdC analisou, em 2020, os sistemas de recolha de dados e monitorização do abandono escolar precoce, tendo feito um conjunto de recomendações ao Ministério da Educação para melhorar as falhas, mas os auditores revelam agora que “não foi acolhida nenhuma das seis recomendações”.

O relatório da auditoria de seguimento, hoje divulgado na página ‘online’ do TdC, diz que “não foram tomadas medidas para suprir as várias insuficiências e deficiências que tinham sido identificadas pela auditoria”, assim como as medidas tomadas pela tutela “não produziram os efeitos esperados”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ministério Público arquivou 13 das 20 denúncias de abusos sexuais na igreja

Próximo Artigo

Colisão entre dois camiões e uma carrinha condiciona trânsito em Barcelos

Artigos Relacionados
x