Transportes Urbanos de Braga e IPCA assinam protocolo de colaboração

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) e o Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) assinaram, esta sexta-feira, um protocolo de cooperação, centrado na “partilha de conhecimento e na realização de projetos promotores de inovação”.

Na cerimónia, realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, elogiou a estratégia inovadora de aproximação e relacionamento da empresa municipal com as instituições de ensino superior instaladas na região.

Para o edil, o “excelente desempenho” dos TUB ao longo dos últimos anos é reflexo não apenas da aplicação de um novo paradigma de gestão, “assente no conhecimento, inovação, planeamento estruturado e visão estratégica”, como também dos inúmeros contributos dados por entidades externas, como é o caso das instituições de ensino superior.

Segundo Ricardo Rio, foi esta estratégia que conduziu ao crescimento do número de passageiros, à melhoria da prestação do serviço e do desempenho financeiro da empresa que tem partilhado experiências com alguns dos melhores sistemas de transportes da Europa, como é o caso de Estrasburgo, e que tem também servido de modelo para a criação de redes de transporte, como a que está a nascer em S. Tomé e Príncipe.

“Os TUB estão cientes das suas competências, da qualidade dos seus recursos, do conhecimento adquirido ao longo do tempo e do papel único que poderão ter no contexto distrital ao nível da gestão de um sistema de transportes de excelência”, sustentou o autarca, em resposta ao desafio lançado pelo presidente do IPCA em dar aos TUB uma dimensão intermunicipal.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal assegurou ainda que o IPCA será um parceiro cada vez mais relevante para a autarquia na concretização de projetos que irão marcar a diferente no concelho.

Já o presidente do IPCA, João Carvalho, agradeceu ao Município de Braga a oportunidade de colaborar com os TUB, entidade com a qual o instituto partilha os valores da transparência e qualidade na prestação do serviço público.

“O IPCA quer estar pelo menos nas quatro grandes cidades do distrito, mas é no concelho de Braga que queremos ter cada vez mais actividade”, afirmou aquele responsável.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Rui Rio debateu ‘Democracia, 25 de Abril e 25 de Novembro’ em Braga

Próximo Artigo

Avianense "renasceu" este sábado em Barcelos com nova fábrica e museu

Artigos Relacionados
x