Seguir o O MINHO

Braga

Trabalhadores da Câmara de Braga sujeitos a teste de álcool no sangue

em

Foto: DR/Arquivo

A Câmara de Braga debate, segunda-feira, em reunião do Executivo, o Regulamento Interno Sobre a Prevenção e Controlo do Consumo de Bebidas Alcoólicas que prevê a realização de testes a trabalhadores para determinação da Taxa de Álcool no Sangue, bem como a proibição de venda de álcool nas instalações.

O documento salienta que “estão abrangidos em especial os que exerçam as suas funções na via pública, uma vez que se trata de um local de trabalho que, pela sua natureza, coloca os trabalhadores, e também os cidadãos, especialmente sujeitos a riscos para a sua integridade física”.

Engloba, ainda, aqueles que, “no exercício das suas funções tenham de manusear maquinaria ou qualquer instrumento de trabalho, produto, substância ou matéria que implique particulares riscos para a segurança do trabalhador ou de terceiros, e os que tenham acabado de ser intervenientes em acidente de trabalho”.

Podem ainda ser sujeitos a testes para determinação da TAS os trabalhadores que se apresentem no seu local de trabalho “revelando sinais evidentes de etilização, colocando em causa o normal funcionamento dos serviços, a sua segurança ou a segurança de terceiros”. A taxa máxima permitida é de 0,5 gramas por litro de sangue.

O Regulamento foi elaborado após consulta à Comissão Nacional de Proteção de Dados e aos sindicatos do setor.

No anterior mandato camarário, do PS, um administrador da empresa municipal AGERE foi condenado em Tribunal por ter obrigado alguns trabalhadores a fazer o teste, sem o consentimento da Comissão de Proteção de Dados.

Anúncio

Braga

Mais de mil ‘sambaram’ no Carnaval brasileiro de Braga

O grupo “Minho de Janeiro”, organizador do primeiro bloco de Carnaval brasileiro organizado em Braga, juntou, ao longo da tarde e noite deste domingo, mais de mil participantes no jardim dos Chorões, junto ao Campo das Hortas, à entrada do centro histórico da cidade.

em

Foto: O MINHO

O grupo “Minho de Janeiro”, organizador do primeiro bloco de Carnaval brasileiro organizado em Braga, juntou, ao longo da tarde e noite deste domingo, mais de mil participantes no jardim dos Chorões, junto ao Campo das Hortas, à entrada do centro histórico da cidade.

Desde as 13:00, grupos de cidadãos de toda a região do Minho e do distrito do Porto foram compondo o espaço, que continha um palco por onde passaram vários artistas brasileiros.

Segundo Bruno Guttman, organizador, esta festa serviu para “matar saudades” do Carnaval brasileiro.

Continuar a ler

Braga

PSD Braga promove debate sobre a eutanásia

No Hotel Mercure

em

Foto: DR / Arquivo

A comissão política concelhia de Braga do PSD promove, na próxima quarta-feira, um debate sobre a morte medicamente assistida, foi hoje anunciado.

Em comunicado, aquela estrutura aponta o tema como “de interesse local e nacional”, para ser debatido em “fórum de ideias” e “motivar a discussão em torno das questões ralacionadas” com a eutanásia.

O debate, que terá início às 21:15, no Hotel Mercure e é aberto à comunidade, contará com a participação de Ricardo Baptista Leite, médico e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD e Paulo Baldaia, jornalista e comentador político.

Recorde-se que a Assembleia da República aprovou na generalidade, na passada quinta-feira, os cinco projetos para despenalização da morte medicamente assistida.

Continuar a ler

Braga

Emigrante de Vieira do Minho morre em incêndio no Luxemburgo

Óbito

em

Foto: DR

Bruno Mota, natural do concelho de Vieira do Minho, perdeu e vida na sequência de um incêndio durante a madrugada de sábado, que deflagrou num prédio na localidade de Sanem, no Luxemburgo.

A vítima mortal terá sido encurralado pelas chamas que deflagraram no primeiro andar do edifício, tendo dado alerta do incêndio às autoridades.

Bruno não conseguiu escapar de dentro do apartamento, acabando por ser encontrado pelos bombeiros já cadáver.

Segundo relata o Jornal de Luxemburgo, a vítima era uma figura bastante conhecida por entre a comunidade local, através da resturação.

Ainda não há data para as cerimónias fúnebres.

Continuar a ler

Populares