Seguir o O MINHO

Braga

Segunda descarga poluente em oito dias no rio Este

em

Foto: DR

Em dia de arranque da Noite Branca, o rio Este, que atravessa Braga, ficou branco, devido a uma descarga de efluentes, a segunda no espaço de uma semana. O atentado ecológico terá ocorrido na zona em que o curso de água atravessa a Avenida Frei Bartolomeu dos Mártires, vulgarmente conhecida como via rápida.


LEIA MAIS: Noite Branca arrancou com milhares de pessoas nas ruas e muita animação

O alerta foi dado ao final da tarde desta sexta-feira por moradores da zona, que, da janela de casas, viram o leito do rio ficar, cada vez mais, esbranquiçado. Ao local compareceu a PSP, que tomou conta da ocorrência e um piquete da empresa municipal de tratamento de águas e resíduos, a AGERE.

Há oito dias, a 23 de agosto, uma outra descarga matou dezenas de peixes, tendo a água ficado com uma cor amarelada e mal cheirosa. Tal terá sido “um ato criminoso” – já participado ao Ministério Público – perpretado por desconhecidos, o da obstrução propositada, com sacos de areia, do coletor de saneamento de águas residuais existente junto à rua do Vilar na freguesia de Este S. Mamede, em Braga, o que provocou o retorno do efluente e o seu transbordo para a linha de água”.

Anúncio

Braga

Braga entre as 10 cidades europeias a quem os turistas não dão o devido valor

A cidade de Braga foi considerada uma das 10 mais subvalorizadas na Europa pela produtora WatchMojo, um dos maiores canais do YouTube com mais de 13 bilhões de visualizações e 22 milhões de subscritores. Para a empresa canadiana, Braga é a segunda cidade mais subvalorizada da Europa, muito por culpa de Porto e Lisboa estarem a tornar-se em destinos preferenciais na Europa. Imagens: Mojo

em

Foto: DR

A cidade de Braga foi considerada uma das 10 mais subvalorizadas na Europa pela produtora WatchMojo, um dos maiores canais do YouTube com mais de 13 bilhões de visualizações e 22 milhões de subscritores. Para a empresa canadiana, Braga é a segunda cidade mais subvalorizada da Europa, muito por culpa de Porto e Lisboa estarem a tornar-se em destinos preferenciais na Europa. Imagens: Mojo

Continuar a ler

Braga

Câmara de Braga vota repavimentação da maior via urbana da cidade (e apoio à APAV)

Assembleia Municipal

em

Foto: DR

A Câmara de Braga vota, hoje, em reunião do Executivo a proposta de adjudicação por 699 mil euros à construtora local ABB- Alexandre Barbosa Borges, da repavimentação da Avenida Padre Júlio Fragata, na freguesia de S. Vítor, a via urbana com mais intensidade de trafego médio diário anual do concelho.

A obra – diz a Divisão de Obras do Município – justifica-se pelo “atual elevado estado de degradação do pavimento, o que põe em causa os critérios de segurança da circulação”.

Os vereadores debatem e votam, também, uma medida que prevê o apoio anual de dez mil euros à delegação local da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. A iniciativa tem em conta, “a importância da promoção de serviços de apoio capazes de dar resposta, de uma forma próxima, qualificada e humanizada, às necessidades e expectativas dos cidadãos vítimas de infrações penais”.

Na mesma reunião, será ainda discutida uma proposta de rejeição das competências, nas áreas da saúde e da educação, que o Governo se propõe passar para os municípios e para as comunidades intermunicipais em 2021.

Continuar a ler

Braga

Vila Verde honrou Senhora do Alívio

Religião

em

Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Com máscara obrigatória e o devido distanciamento, as festas em honra da Senhora do Alívio, em Soutelo, Vila Verde, culminaram hoje com a eucaristia matinal, celebrada pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga.

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Em tempos de pandemia, a população acatou as regras da DGS e utilizou máscara, mesmo tratando-se de uma missa campal, celebrada nos jardins do santuário do Alívio.

Continuar a ler

Populares