Seguir o O MINHO

Futebol

“Quando somos muito bons somos os melhores dos melhores e hoje fomos”

Portugal conquistou a Liga das Nações

em

Foto: Imagens RTP

O Presidente da República disse, no domingo, que é “uma alegria” Portugal ser o primeiro vencedor da primeira Liga das Nações, em especial em casa, considerando que os lusos foram “os melhores dos melhores” ao vencerem a Holanda, por 1-0.


“É uma alegria, numa competição que arranca, o primeiro vencedor ser Portugal e em Portugal. Começamos assim o Dia de Portugal”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, considerando que a seleção portuguesa fez “um golo excecional”, mas também sofreu frente a uns “holandeses muito fortes”.

O chefe de Estado falava, em declarações à RTP, na zona VIP do Estádio do Dragão, onde Portugal defrontou a seleção holandesa.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou a “projeção no mundo” que uma vitória destas representa para Portugal, declarando-se “muito feliz” com o resultado do encontro.

“Costumo dizer que quando somos muito bons somos os melhores dos melhores e hoje fomos”, acrescentou.

O Presidente da República, que hoje viaja para Cabo Verde para a segunda parte das comemorações oficiais do Dia de Portugal, fez questão de partilhar com os cabo-verdianos a vitória de domingo, mas também a do Campeonato Europeu de futebol.

“Para Cabo Verde levamos a taça do Euro porque vários jogadores [da seleção] eram cabo-verdianos como também aqui um jogador vencedor é cabo-verdiano. Há uma parte da vitória de Portugal no Euro como também hoje [domingo] que é cabo-verdiana”, disse.

Um golo de Gonçalo Guedes permitiu à seleção portuguesa de futebol conquistar a primeira edição da Liga das Nações, com um triunfo por 1-0 na final com a Holanda, no Estádio do Dragão, no Porto.

O jogador do Valência, que substituiu no ‘onze’ João Félix em relação às meias-finais, resolveu o encontro aos 60 minutos, com um remate à entrada da área, após um passe de Bernardo Silva.

O conjunto das ‘quinas’ arrebatou o segundo título internacional da sua história, depois do campeonato da Europa de 2016, então numa final com a anfitriã França (1-0, após prolongamento), graças a um golo de Éder.

Anúncio

Futebol

Jorge Jesus assina contrato como treinador do Benfica por dois anos

Futebol

em

Foto: SL Benfica

O treinador de futebol Jorge Jesus assinou hoje contrato com o Benfica por dois anos, até ao final da temporada 2021/22, anunciou o clube ‘encarnado’, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que acabou de formalizar o acordo para a contratação do treinador Jorge Jesus, ao abrigo de um contrato de trabalho desportivo para vigorar nas próximas duas épocas desportivas”, indica o comunicado.

Jorge Jesus, de 66 anos, já tinha sido confirmando como novo técnico dos ‘encarnados’ em 17 de julho, dia em que rescindiu com o Flamengo, após conquistar seis troféus em pouco mais de um ano, incluindo a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro.

O técnico luso regressa a um cargo que ocupou entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente, três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

🔴📡 APRESENTAÇÃO OFICIAL JORGE JESUS

🔴📡 [DIRETO] Acompanha a apresentação de Jorge Jesus

Publicado por Sport Lisboa e Benfica em Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

No total dos seis anos, o treinador, nascido na Amadora, em 24 de julho de 1954, somou 321 encontros pelos ‘encarnados’, conseguindo 225 vitórias, 52 empates e 44 derrotas, com 674 golos marcados e 249 sofridos.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória SC, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e SC Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado, no estrangeiro, por Al-Hilal e Flamengo.

Jorge Jesus está a ser apresentado como novo treinador do Benfica, sucedendo a Nélson Verríssimo, o substituto temporário de Bruno Lage, numa cerimónia a decorrer no Benfica Campus, o centro de estágio das ‘águias’, no Seixal.

Continuar a ler

Futebol

Rio Ave oficializa contratação do técnico Mário Silva por duas épocas

Sucessor de Carlos Carvalhal

em

Foto: DR / Arquivo

O Rio Ave oficializou hoje a contratação do treinador Mário Silva, que assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas.

O técnico, de 43 anos, que estava nos espanhóis do Almería, regressa a Portugal para se estrear como treinador principal de uma equipa do principal escalão do futebol nacional, sendo o sucessor de Carlos Carvalhal no comando da formação vila-condense.

Depois de uma carreira como jogador, com passagens por Boavista, FC Porto, pelos franceses do Nantes, e pelos espanhóis do Recreativo de Huelva e Cádis, Mário Silva abraçou a carreira como treinador, em 2010, ao serviço do Boavista, passando pelas camadas jovens dos ‘axadrezados’ até uma curta passagem como técnico da equipa principal.

https://twitter.com/RioAve_FC/status/1290294824164143104

Seguiu-se uma ligação ao futebol de formação do FC Porto, onde teve como maior feito, a conquista do título europeu de sub-19, em 2019, antes de se mudar para Espanha, onde assumiu a coordenação da formação do Almería e, no último mês, orientou os trabalhos da equipa principal, até ser rendido por José Gomes (ex-Marítimo).

Agora nos Arcos, Mário Silva está já a preparar o arranque da época do Rio Ave, agendada para 14 de agosto, uma vez que a formação vila-condense tem um compromisso da segunda eliminatória de acesso à Liga Europa, em 17 de setembro.

Continuar a ler

Futebol

Jorge Jesus assinala lema do Benfica ‘De muitos, um’ no dia da sua apresentação

Futebol

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador Jorge Jesus assinalou hoje o regresso ao futebol do Benfica com uma imagem sua na rede social Instagram, acompanhada da frase do clube ‘De muitos, um’ [no original em latim, Et Pluribus Unum].

Na imagem, em tons de vermelho, Jorge Jesus surge em plano maior e também em mais pequeno, ao lado do emblema do clube, da águia, e com o estádio da Luz em fundo, numa mensagem em português e em inglês.

O treinador, de 66 anos, é apresentado hoje a partir das 17:00 no centro de estágios do Benfica, como o novo treinador, naquele que é um regresso ao clube e numa cerimónia em que estará acompanhado do presidente Luís Filipe Vieira.

Esta será a segunda passagem de Jesus pelo Benfica, depois de ter treinado a equipa de futebol entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

O técnico saiu da Luz em ‘rota de colisão’ em 2015/16, assinando pelo rival Sporting, no qual esteve três temporadas, ainda antes de treinar os sauditas do Al Hilal, e, com grande sucesso, o Flamengo.

Na equipa do Rio de Janeiro, Jesus conquistou seis troféus em pouco mais de um ano, entre os quais o campeonato brasileiro e a Taça Libertadores.

Continuar a ler

Populares