Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

PSD de Viana culpa Tiago Brandão Rodrigues pela crise na Educação

“Era um excelente investigador, o que nos prova que em tudo o que o PS toca acaba por estragar”

em

Foto: DR / Arquivo

A distrital do PSD de Viana do Castelo culpa Tiago Brandão Rodrigues, ex-ministro da Educação, natural de Paredes de Coura, pela crise no setor, com “greves” e “protestos” que “continuam sem fim à vista”.

Num comunicado publicado na sua página de Facebook em que aparece a fotografia do ex-ministro com a palavra “culpado”, o PSD do Alto Minho considera que “Tiago Brandão Rodrigues é o rosto de um passado recente que envergonha qualquer país que tenha a educação como um pilar de um desenvolvimento global”.

“A sua falta de atuação, nos cerca de sete anos à frente do Ministério da Educação, levaram a este ponto de rotura com os professores, técnicos especializados, assistentes técnicos e assistentes operacionais”, refere a distrital liderada por Olegário Gonçalves.

Após deixar o Governo, Brandão Rodrigues assumiu o lugar na bancada parlamentar socialista, mas, do ponto de vista do PSD, “nem agora como deputado usa a sua suposta experiência para tentar mitigar o que se tem vivido na escola pública nos últimos tempos, nem a resolver um conjunto de situações que ajudou a criar pela sua inação enquanto Ministro da Educação”.

“Tiago Brandão Rodrigues é deputado pelo Alto Minho mas desapareceu”, acusa a distrital social-democrata, concluindo: “O mais grave é que Tiago Brandão Rodrigues era um excelente investigador, numa área tão crucial da saúde, o que nos prova que em tudo o que o PS toca acaba por estragar”.

Populares