PS aceita novo modelo de seis debates para as Europeias com quatro partidos nas televisões

Foto: Lusa

O PS aceitou hoje o novo modelo proposto pelas televisões que prevê a realização de seis debates com quatro partidos por ser o mais exequível, que garante “uma maior equidade” e que evita “disputas jurídicas e políticas”.

“O PS aceitou o novo modelo de debates proposto pela RTP/SIC/TVI, que acredita ser o mais exequível em termos de disponibilidade de datas e o que garante uma maior equidade entre todas as forças políticas, não dando lugar, assim, a disputas jurídicas e políticas que minariam o debate da campanha eleitoral para o Parlamento Europeu”, pode ler-se num comunicado enviado à Lusa.

Os socialistas aceitaram a “proposta para a realização de seis debates com quatro intervenientes na RTP/TVI/SIC, a que se juntará um debate na RTP com oito partidos e o mesmo modelo nas rádios.

“O que esteve em causa ao longo deste processo negocial foi sempre a definição de um modelo de debates que garantisse a maior equidade e exequibilidade dos mesmos”, acrescenta ainda.

Para o PS é importante que “a campanha privilegie, de igual modo, os contactos com a população e forças da sociedade civil, não descurando a importância dos debates televisivos”.

“Estes devem, pois, ter um enquadramento razoável, de modo a não prejudicarem as restantes dimensões da campanha”, acrescenta.

A AD afirmou hoje que o PS recusou o frente a frente para as eleições europeias, acusando os socialistas de usar os mesmos argumentos do Chega para “fugir ao debate” com o cabeça de lista da coligação, Sebastião Bugalho.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Pedro Nuno Santos, Galamba e Pedro Marques ouvidos sobre privatização da ANA

Próximo Artigo

Estado já não vai ter de pagar 23,5 milhões aos CTT

Artigos Relacionados
x