Seguir o O MINHO

Ave

Proteção Civil de Cabeceiras de Basto destruiu mais 180 ninhos de vespa asiática

Proteção civil

em

Foto DR

Entre os meses de junho e setembro, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) destruiu 180 ninhos de vespa velutina (vulgarmente conhecida como vespa asiática) no concelho de Cabeceiras de Basto, foi hoje revelado.

Do total dos vespeiros, 137 localizavam-se em espaço urbano, usualmente em edificações ou em zonas adjacentes às mesmas, e os restantes 43 noutros locais mais isolados como copas das árvores, rede de distribuição elétrica, entre outros. refere a autarquia, em comunicado enviado à imprensa.

Em termos operacionais, e de acordo com o Relatório Intercalar de Execução Operacional do SMPC, foi dada prioridade à eliminação de vespeiros construídos em edificações e nas imediações de apiários por constituírem uma ameaça direta para a segurança das populações..

A Câmara nota a instalação de uma rede de armadilhas na envolvência dos apiários permitiu detetar precocemente a presença de exemplares de vespa velutina e diminuir o seu potencial predatório sobre as restantes abelhas. Até meados do mês de setembro foram adquiridas pela Câmara Municipal 105 armadilhas que foram oferecidas a 72 apicultores concelhios, é dito no comunicado.

A destruição dos ninhos é feita com produtos e material próprio para combater a vespa velutina, designadamente equipamento de proteção individual, de acordo com as orientações do Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal.
Neste mês de outubro a destruição de ninhos continua sendo que a queda da folha, neste período, tem permitido visualizar cada vez mais ninhos, que os serviços de Proteção Civil se encarregarão de destruir.

Populares