PJ de Braga “em instalações verdadeiramente miseráveis”, diz secretária de Estado - O MINHO
Redes Sociais

PJ de Braga “em instalações verdadeiramente miseráveis”, diz secretária de Estado

A secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro. Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

Braga

PJ de Braga “em instalações verdadeiramente miseráveis”, diz secretária de Estado

A secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, afirmou esta quinta-feira que a PJ de Braga “está em instalações verdadeiramente miseráveis”, revelando que depois de gorada a hipótese pelo menos para já de terreno para construir um edifício de raiz, está em cima da mesa encontrar, na cidade de Braga, um edifício que possa ser adaptado à PJ.

Aquela governante, que falava esta quinta-feira, em Braga, na abertura do 5º Congresso de Investigação Criminal, “ter estado aqui recentemente em representação da ministra da Justiça, para poder constatar com os meus próprios olhos as condições em que trabalham, na Polícia Judiciária de Braga, estes homens e estas mulheres”, situação reportada por O MINHO a quem a secretária de Estado Adjunta concedeu então uma entrevista exclusiva.

Ainda segundo Helena Mesquita Ribeiro, “esperamos agora a colaboração do presidente da Câmara Municipal de Braga para tentar encontrar um terreno alternativo que sirva para um edifício de raiz ou de umas instalações que possam ser adaptadas à Polícia Judiciária”.

O diretor nacional da Policia Judiciária, Almeida Rodrigues. Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

No mesmo sentido pronunciou-se ainda o diretor nacional da Polícia Judiciária, Almeida Rodrigues, segundo o qual “depois de este ano lançarmos o projeto para o novo edifício da PJ de Portimão, logo a seguir vamos fazer todos os esforços para construir um edifício novo para a PJ de Braga, seguindo-se as orientações definidas pela secretária de Estado”.

Dezenas de congressistas reunidos em Braga debatem terrorismo. Fotos: Joaquim Gomes/O MINHO

O 5º Congresso de Investigação Criminal, este ano dedicado ao fenómeno do terrorismo, continuará durante esta sexta-feira, no Espaço VITA, em São Victor, Braga, organizado pela Associação Sindical dos Funcionários Investigação Criminal (ASFIC) da Polícia Judiciária numa estreita colaboração com a Escola de Direito da Universidade do Minho.

Mais Braga