Seguir o O MINHO

Alto Minho

PJ de Braga analisa carro do homem que mutilou genitais de rival em Ponte de Lima

Investigação prossegue apesar de homicida se ter suicidado

em

Foto: O MINHO

A polícia espanhola entregou o carro do homem que matou o namorado da ex-companheira, em Ponte de Lima, à Polícia Judiciária (PJ) de Braga, que esteve, esta quinta-feira, a fazer perícias.

A Brigada de Homicídios da PJ de Braga está a concluir a investigação que, como O MINHO noticiou, continuou pese embora o homicida, Carlos Sande Fidalgo, de Vigo, se tenha suicidado após cometer o crime.

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

O BMW 730 Preto, pertencente ao autor do crime, entregue pela Guardia Civil à PJ, tinha sido encontrado na ponte de Rande, de onde o empresário se atirou.

Homem assassinado em Ponte de Lima foi mutilado nos genitais. Suspeito a monte

Como O MINHO noticiou na altura, na madrugada de 19 de agosto, um homem com cerca de 50 anos foi assassinado, em Gondufe, Ponte de Lima, tendo sido mutilado nos genitais.

Havia ainda outra vítima, uma mulher de 40 anos, com ferimentos ligeiros.

Ponte de Lima: Mulher que viu companheiro ser mutilado nos genitais ouvida pela PJ

O casal foi encontrado dentro de casa. A mulher estava com as mãos amarradas e o homem caído no chão já sem vida.

Todos os envolvidos eram espanhóis.

“O homem foi mutilado nos genitais. É a vítima mortal. A mulher foi encontrada amarrada, com cabos elétricos, com as mãos atrás das costas. À chegada dos meios de socorro, a mulher indicou como suspeito o ex-marido, também de nacionalidade espanhola, residente em Vigo. O caso está a ser investigado pela PJ”, referiu na altura fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo.

No mesmo dia, o homicida foi encontrado sem vida pelas autoridades espanholas na ria de Vigo, depois de se ter atirado da ponte de Rande, em Pontevedra, na Galiza.

Suspeito de homicídio em Ponte de Lima atirou-se de uma ponte em Espanha

O corpo do homem foi encontrado por elementos da Guarda Civil e Salvamento Marítimo, após buscas realizadas com ajuda de um helicóptero. O carro do morto estaria estacionado junto à ponte.

A Polícia Judiciária continuou a investigar as circunstâncias crime, apesar de o suspeito se ter suicidado no mesmo dia.

Populares