Seguir o O MINHO

Desporto

Pedro Carvalho: “Vou bater o Jay Jay de forma impressionante”

Lutador de Guimarães tem novo combate na sexta-feira

em

Foto: DR / Arquivo

O lutador Pedro Carvalho afirmou hoje que espera bater o neozelandês Jay Jay Wilson “mais tarde ou mais cedo”, num combate para o circuito de artes marciais mistas Bellator, na sexta-feira.

O atleta de Guimarães, 25 anos, já se encontra nos Estados Unidos para o evento que vai ocorrer na arena Mohegan Sun, em Uncasville, no estado de Connecticut, e mostrou-se convicto no triunfo por ser “mais completo e experiente” do que um oponente que “gosta de levar a luta para o chão”, até agora invicto nos seis combates disputados para o Bellator.

“Ele gosta de entrar com muita energia, rápido. Por isso, acaba sempre por criar muitas abertas. É isso que vou explorar no contra-ataque. Não tenho a menor dúvida de que, mais tarde ou mais cedo, vou encontrar o caminho para a vitória. Vim aqui para ganhar, seja por ‘knockout’, seja por submissão ou por decisão”, perspetivou.

O lutador de Guimarães vai regressar à arena onde, em 12 de novembro de 2020, viu interrompido um ciclo de seis vitórias consecutivas, no combate que poder-lhe-ia ter dado o título mundial da categoria ‘peso pena’, frente ao então campeão, o brasileiro Patrício Freire.

Para Pedro Carvalho, essa derrota, consumada por ‘knockout’, ao cabo de pouco mais de dois minutos, foi a “lição mais dura, mas mais importante” na carreira, porque lhe permitiu ver que “estava a fazer muita coisa mal” na preparação desse evento e a “desviar-se do caminho” que traçara.

“De repente, vejo-me com os holofotes todos virados para mim. Toda essa fama, em parte, desviou-me do objetivo real, que é provar que sou o melhor. Estava mais preocupado em promover a luta, em ‘fazer manchetes’ do que em ganhar. A confiança estava num nível tão alto, que eu já dava as coisas como dado adquirido”, confessou.

Apesar de reconhecer que foi “infantil” em “subestimar” Patrício Freire, o lutador considera que aprendeu a lição numa fase em que está a “subir” na carreira e mantém-se confiante quanto ao futuro, projetando a conquista do título do circuito Bellator no final de 2021 ou em 2022.

“Devido a esse combate, tenho as ferramentas todas para provar que sou o melhor do mundo. Vou bater o Jay Jay de forma impressionante. Vai ser o primeiro passo para a conquista do título que irá acontecer ou no final deste ano ou no início do próximo”, reiterou.

Número quatro do ranking da categoria ‘peso pena’, Pedro Carvalho vai enfrentar o lutador da Nova Zelândia, sétimo da hierquia, depois de o adversário inicialmente previsto, o alemão Daniel Weichel, número cinco, ter ficado de “fora da luta devido à covid-19”, revelou ainda o atleta luso.

Populares