Seguir o O MINHO

Alto Minho

Pastor e mulher detidos em Valença com dez quilos de haxixe começam a ser julgados

Tráfico de droga

em

Foto: DR / Arquivo

O Tribunal de Viana do Castelo começou, ontem, quarta-feira, a julgar um casal, ele, um pastor, de 49 anos, ela, uma comerciante, de 48, detido em julho de 2019, em Valença, pela PJ de Braga na posse de dez quilos de haxixe, o suficiente para 50 mil doses individuais.  A droga era proveniente da vizinha Galiza, em Espanha.

A acusação de tráfico de drogas envolve, ainda, dois outros portugueses, um residente naquela cidade fronteiriça e outro a viver em Espanha, ambos acusados de cooperarem na introdução da droga no país.

Foto: PJ

No decurso de buscas a que foram sujeitos, após a detenção foi apreendido “mais produto estupefaciente, designadamente heroína”, bem como “uma balança e dinheiro”.

Posteriormente, a Polícia veio a identificar e deter os dois outros suspeitos do crime.

Na primeira sessão do julgamento, foi ouvido um dos inspetores da Brigada de Combate à Droga da PJ de Braga, o qual contou ao coletivo de juízes os detalhes da investigação que conduziu à detenção do casal.

Populares